16 agosto 2013

IMPRESSÕES de Frank Killer: Formadores de Opinião


Formadores de Opinião

Na Fazenda agora pode cuspir na cara à vontade! Isso não é agressão e, muito menos agressão seria lançar baldes de agua gelada em cima das pessoas por provocação. Fico imaginando que queimar roupas e sapatos dos outros em fogueiras seria um divertimento sadio e inocente. Diante das regras ridículas de proibições que causam punição isso é até paradoxal. Enfim isso é formação de opinião. Ou seria "nonsense"?

Formadores de Opinião, na maioria, usam e abusam da prerrogativa de ter um veículo de comunicação para disseminar seus pontos de vista para conduzir as massas em direção aos seus próprios interesses pessoais e de grupos, partidos políticos, e até de religiões. Sou visceralmente contra!

Sou contra e por essa razão colaboro com o Votalhada, para mostrar a opinião dos nossos visitantes e dar meus pitacos, porque esse é o objetivo deste blog enquanto for esta a vontade do dono do mesmo. Se o blog passar a ter um posicionamento parcial e favorável ou desfavorável a qualquer concursante em particular, voltar-me para cuidar do meu próprio blog e deixar de lado minha colaboração aqui são as únicas coisas que posso fazer. Enquanto isso participo do blog com entusiasmo e honestidade e enquanto o blog queira isto.

Penso que formadores de opinião somos todos nós (leitores, visitantes e nós próprios) como um conjunto, não individualmente. Quanto mais formos numerosos melhor. Essa é a minha tese. Se você não deseja isso, procure pensar melhor. Irá descobrir que, uma vez que a nossa cultura é pluralista, um pensamento único ou de um grupo, não é nem um pouco desejável e que a pluralidade de opiniões é a que constrói uma sociedade mais rica e pujante.

Chega de elitismo! Chega de possuidores da verdade! Chega de salvadores da pátria ou de nossas almas. Chega de demagogos, de trustes e de espertalhões que vivem sugando a sociedade e a população, parasitas que são da nação. O advento da internet agora possibilita que cada um introduza seus pontos de vista para todos em sites blogs, nas redes sociais, microblogs e até em comentários de posts. Exercitemos a livre manifestação de nossas opiniões, mas sem depreciações e desdouros. Façamos valer a força de opiniões diversificadas, coletiva e pluralista, abrangente e universais.

Descartemos os espertalhões que só querem seu proveito próprio ou o triunfo de suas idéias em frases bem construídas e elegantes, mas vazias de conteúdo ou egoístas. Não temos a pretensão de formar opiniões, a não ser que haja opiniões plurais realmente públicas (do povo como um todo). Mas para isso é preciso que tenhamos o cuidado de não influenciar quem quer que seja e que estejam e estejamos conscientes de que não perseguimos qualquer benefício particular, egoístico ou material.

Se você está em um ponto em que já não acredita nisso ou em nós, acredite nas palavras. Elas são sinceras e são verdades, embora não acredite. Não pense em "entrelinhas" porque elas não existem. As entrelinhas seriam o que você pensa de nós, mas o que você pensa de nós não é o que está explícito nessas minhas palavras. Espero ter sido claro. Se você acha que há alguma coisa nas entrelinhas ignore, porque a mensagem não está nelas. Você pode desconfiar. É livre, mas não pode ser burro e você só pode contestar o que está nas palavras e não no que pensa que está nas entrelinhas.

Quem usa entrelinhas é burro. Se você não quer dizer algo explicitamente tem o recurso das parábolas, do simbolismo e o subjetivismo da figuração. isso não seria usar entrelinhas e até Jesus usava parábolas, e o maior símbolo da cristandade (a cruz) está aí para todos se lembrarem disso e do que Ele fez ou disse.


"Unknown15 de agosto de 2013 16:46
Como assim Frank? vc não tem candidato? tem sim viu! só que para descobri é difícil, mas a gente consegue e é melhor não questionar porque vc, como um bom cronista, nega!!! rs!"

LOL! Só mesmo rindo, Unknown!!! Musa eu tenho, mas isso é um segredo que guardo a sete chaves e já disse que em todo RS eu tenho pelo menos uma e, às vezes, tenho várias. Isso não é crime e preciso delas para escrever coisas que julgo interessantes para vocês. Pelo menos tento. Só funciono a poder de musas. LOL.

"Magia dos Brindes 15 de agosto de 2013 15:56
Frank,
Desde o início desta edição, já gostei e desgostei de vários participantes. O jogo é dinâmico e as impressões deixadas pelos peões, ídem. Só o fanatismo descarta qualquer possibilidade de mudança de opinião. Sobre o Sururu, achei a premeditação do grupo avestruz uma demonstração de mau caratismo. Denise oscila o tempo todo, não precisa de um gatilho pra descompensar, achei covardia. Yudi é um dos participantes que nunca teve a minha simpatia, ora por cuspir no prato em que comeu, ora por ser egocêntrico e não ter outro assunto que não a sua trajetória de " sucesso ". Pra mim é só um moleque, porém a decepção foi Mateus. Desapeguei geral. Um abraço e parabéns pelo blog, que é sensacional."

Oi Maga (ou seria mago?). Tintins digestivos! Cuspir no prato não seria nada diante do que vimos, mas entendi sua colocação quanto ao Yudi. Pior é cuspir na cara das pessoas (e tantas vezes), literalmente (ou na cabeça, tanto faz), como foram os casos do Mateus e da Andressa. Isso é o fim da picada! Para uma noite congelante e com saliva quentinha, até que não é uma má idéia. LOL. Salute!

"Polar 15 de agosto de 2013 16:37
...fico pensando se algum dia o blog fará texto e campanha nas entre linhas, para alguém não favorito. Vou citar um exemplo bem whatever: Gominho..."

Oi Polar. Se você quiser fazer "texto e campanha" para alguém não favorito, esteja à vontade. Iremos respeitar a sua preferência. Está confundindo a nossa missão. Não estamos aqui para promover, fazer campanha, e muito menos depreciar nenhum concursante, muito menos, também, para quem não é favorito.

Perdão, mas se você deseja que façamos promoção para quem não merece, você deseja, no mínimo, que afundemos no conceito de nossos visitantes. Pense bem no que disse em suas poucas linhas. Veria nas suas entrelinhas uma intenção maldosa de prejudicar ou que promovamos quem você quer se eu tivesse o hábito de fazer isso (ler entrelinhas - sic). Da mesma forma em que (nós do blog) não preferimos ninguém, não rejeitamos ninguém. Todos são igualmente analisados com isenção. Quando apontamos falhas ou enaltecemos atos ou falas, são porque eles existiram. Quando apontamos a inexistência deles é porque não existem. Simples assim. Se você não gosta nada podemos fazer a respeito. Desenvolva argumentos contrários em oposição. Esforce-se nisso e não deprecie a ninguém, muito menos o nosso blog.

Somos porta-vozes de nossos leitores e visitantes e isso inclui você. Dizemos para vocês leitores e visitantes o que querem ou esperam ouvir (ou ver e ler). Fazer o contrário seria, penso, enxotá-los daqui. Seria fazer uma burrice sem tamanho. Quem administra um blog para os que não o acompanham seria pregar no deserto, não concorda? Ninguém é idiota a esse ponto. Se quiséssemos apenas você como leitor, acredito que espantaríamos todos os demais. Sinceramente penso isso ou, o que daria no mesmo, você nos faz pensar isso.

Quanto a ter a impressão de "que sempre o blog toma partido dos preferidos do público" acho estranha a posição, uma vez que seria mais censurável tomar o partido dos rejeitados do público. Aí acredito que você nos aplaudiria, mas não queremos exclusivamente o seu aplauso ou de uma minoria. Se você não compreende uma lógica tão linear não é nosso problema, desculpe-nos mas note que inclusive alcançamos você como um dos nossos visitantes. Medite com mais profundidade sobre isso.

Essa questão de tomar o partido de alguém não é nossa preocupação ou finalidade. Nossa preocupação é ter um posicionamento independente e equidistante de qualquer concursante de RS ou de suas torcidas e torcedores. Como indivíduos temos preferências, lógico, mas como comentaristas ou como entidade ou veículo direcionado ao relacionamento com o público não temos, ao contrário de muitos outros blogs que cobrem o assunto, talvez a maioria.

Se você não consegue entender esta posição, não é problema nosso. Por isso é que é tão difícil descobrirem para quem torcemos individualmente e acho que isso não deveria ser a preocupação de ninguém, porque, em bloco, não torcemos para alguém específico, mas individualmente podemos e provavelmente torcemos por pessoas diferentes e, se você quer saber, nem sabemos para quem cada um de nós (do blog) torce ou se torce para alguém, pois não temos contatos pessoais nesse nível ou para isso.

As minhas preferências pessoais não são conhecidas por nenhum dos meus companheiros de blog e nem pelo Admin e não conheço também as deles.  Livre arbítrio, meu caro, é um dom precioso. Mas saber usá-lo é uma arte. Um filósofo clássico falou que deve à filosofia a capacidade de saber cumprir as leis pelo entendimento dos seus próprios fundamentos, ao contrário dos que as cumprem obrigados e por coerção dessas mesmas leis.

Se você não sabe ter ou não tem opinião própria sobre alguém ou qualquer assunto ou se essa opinião não é a opinião da maioria, não é culpa nossa, e não deve querer que sejamos ou pensemos como você. Também não achamos legal que você siga a nossa opinião apenas por considerá-la mais autorizada ou por ser igual à da maioria ou diferente dela. Você tem seu livre arbítrio e não deve querer interferir no livre arbítrio de outrem apenas por seguir um direcionamento diferente do seu. Aí já não seria formar opinião, mas criar determinismo e anular o livre arbítrio. Dica: leia sobre o assunto e me compreenderá. Pesquise determinismo e livre arbítrio.

Em resumo o nosso blog destina-se a divulgar a opinião dos nossos visitantes e de suas opiniões, preferências ou rejeições (como as suas). Inclusive vamos além e mostramos as preferências de outros visitantes de outros sites e blogs. Se essa maioria estiver errada é ela quem iremos divulgar. Não há outra solução tendo em vista a nossa filosofia. Se a maioria pensar como você, é isso que iremos divulgar. Querer que tenhamos uma opinião particular, ou expressar uma preferência individual ou diferente da que temos ou seguir a política que você deseja, seria uma contradição ou um contra-senso nesse raciocínio.

Se nossos textos transparecem isso (mostrar o que pensam) é sinal de que estamos atingindo nossos objetivos. Concordar com a maioria não é mentir, é ser pragmático. Se espera um blog que tenha opinião e preferências próprias a respeito de alguém, ainda mais que seja um rejeitado pela maioria, deve procurar outro e não querer que sejamos como tantos que existem por aí. Desejo-lhe boa sorte para encontrar um que corresponda aos seus anseios e que pense como você ou prefira quem você prefere.

A nossa única opinião ou preferência é não ter opiniões ou preferências. Se isso não o agrada, paciência, mas não é você e nem ninguém quem vai mudar isso ou fazer com que sigamos a sua opinião ou preferência. Se quer saber minhas preferências ou opiniões pessoais faça contato particular, via email por exemplo, mas não queira isso publicamente, porque não é conveniente. Compreenda que existe diferença entre o que é particular e público e isso existe também no campo das opiniões. Sua opinião particular pode ser expressa publicamente com palavreado diferente sem mudar a essência. Você tentou mas não conseguiu e só deixou transparecer que sua intenção foi diferente do que disse.

Essa preocupação em querer saber para quem torcemos ou por minha torcida pessoal é preocupação de quem não tem o que fazer ou quem não tem personalidade para fazer sua própria opinião. Nunca pretendi ser "formador de opinião" como tantos por aí. A minha pretensão é que cada um tenha sua própria opinião e não dependa de outros para isso. Se isso é ser formador de opinião, então tudo bem, mas a coisa para aí e não segue nem um passo adiante!.

É preciso acabar com essa cultura de cordeirinhos seguindo um pastor pretensamente mais sapiente e que tenhamos ombridade para construir nossa própria opinião fazendo uso de nosso livre-arbítrio e sem depender da vontade ou das intenções de supostos líderes e dos assim chamados "formadores de opinião". Se você quer saber, Yudi se declarou "formador de opinião", siga-o se quiser.

Basta dar um microfone para alguém ou um canal de comunicação e ele logo se intitula formador de opinião, e o pior é que ele, Yudi, disse isso bêbado. Para, né?


Nota: Apresentaremos no próximo post as estatísticas costumeiras que tem sido uma praxe desse comentarista que vos fala. Não farei qualquer análise a respeito e deixá-las-ei para o próprio leitor. Divirtam-se pois e boa sorte. Deixei de apresentá-las aqui nesse post, porque já está muito comprido. LOL.


5 comentários:

  1. oque dis da subida da denise pro 1 lugar e a decida dela pro 3 lugar de rejeiçao deixando o casalsinho mais lindu do mundo, sqn rsrsrs pra mim e muito fake!! mas estao no 1 e 2 lugar de rejeiçao ea andressa subiu pro 3 pq sera???

    ResponderExcluir
  2. Perfeito!!! Por isso gosto dos seus textos. Vc não se deixa influenciar.... Qdo tem que criticar, ou enaltecer, faz. Mesmo sabendo que virão pedradas. Abraços

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde!
    Ler seus posts já se tornou um hábito diário, tipo assim, como se fosse uma obrigação. São palavras sábias, esclarecedoras, que me auxiliam a crescer mental e espiritualmente.
    Por que desisti de acompanhar esta edição de A Fazenda 6? Porque nada do que vi e ouvi é diferente do que se vê e se ouve diariamente através dos meios de comunicação diários, e até mesmo ao nosso redor. É uma pena! Tantas maravilhas para se mostrar a vida no campo e o que nos passam está muito longe do que realmente é.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde!
    Eu acredito muito nas enquetes de preferencia e rejeição deste blog,no site da Uol voce pode estar votando direto e por isso a barbara esta sustentada no primeiro lugar e mesmo assim a denise ta conseguindo passar por varias vezes para o primeiro lugar.

    ResponderExcluir
  5. Moleques, é essa juventude decadente que nao sabe beber, fazem sexo em publico, agridem mulheres para se divertir nas horas vagas incendeiam mendigos e quando contrariados quebram tudo a sua volta. Lamentavel saber que tem quem torça por esse grupinho de rebeldes sem causa

    ResponderExcluir

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html