15 junho 2018

Do Cantinho da Shadow: POWER COUPLE - MAIS QUE UM JOGO


O casal Tatí e Nizo se despediu do Power Couple esta semana. Eles, juntamente com os casais Aritana e Paulo, Letícia e Marlon, pertencem a uma geração única e última.

O modelo de casamento que inspiram é o do amor, do respeito mútuo, da compreensão, da sintonia e afinidade, apesar dos dissabores e contrariedades inerentes ao dia-a-dia, até mesmo, num jogo que pressupõe estratégia e competição entre casais.

Eles são fruto do que receberam de seus pais, avós, professores, da convivência com os amigos... Frutos de uma geração embalada pelo rock´roll e que cultiva os valores, a ética, o trabalho, a luta pessoal pelo sucesso, a boa educação, a partilha, o respeito pelo próximo, que ultimamente vêm se perdendo.

Cresceram aprendendo a dar bom dia, a agradecer, a pedir “por favor”, a perdoar, a serem flexíveis e a ter deferência pelos mais velhos. No seu cotidiano e no convívio com outras pessoas sabem ser polidos e separar o “joio do trigo”. Entendem que apesar de não ser possível gostar e ser gostado por todos, afinal os amigos a gente escolhe por afinidade, manter a boa educação, a gentileza e o respeito pelo outro são fundamentais e necessários no relacionamento humano.

Talvez, e em razão disso, se surpreendam e se sintam incomodados quando alguém dividindo a mesma casa passe por eles com “cara de poucos amigos”, sem cumprimentar ou lhes dar um “olá”, ou, tenha a frieza de ficar de costas durante um descontraído churrasco em sinal de desprezo a todos e àquele que toca o violão para animar o ambiente. Mentes tacanhas invejam o talento que não têm e aquilo que não podem dar. Então desdenham. Fato!!!

E ser tacanho não faz parte daquela rica geração, que aprendeu a valorizar o mérito e a lutar para obter o sucesso.

Nizo, por exemplo, cresceu nos bastidores da televisão, acompanhando o pai, inegavelmente um dos grandes e maiores humoristas do país. Desde pequeno desenvolveu o seu talento e a paixão pela arte. Mesmo assim, teve que lutar para conquistar seu espaço e provar em quarenta de anos de carreira que o seu sucesso era/é mérito próprio, não do pai famoso. Ninguém se mantém tanto tempo na televisão, se tiver apenas a fama do outro para se apoiar. Ele, juntamente com a Tatí, sua parceira e mulher, atriz, que também deve ter pelejado para seguir a carreira, não precisaram participar de um BBB ou de esquemas de corrupção para ganhar dinheiro fácil. Não. Tudo o que conquistaram, foi a partir do seu trabalho e do exemplo de vida que receberam.

E... eles estudaram!!! São de uma geração de ouro que soube valorizar os estudos e a boa leitura. Tatí e Nizo são cultos, assim como, Letícia e Marlon, Aritana e Paulo. A forma de se expressarem, de argumentar, o poder de análise, demonstra um didatismo e erudição invejáveis. Ah... como isso incomoda a quem é pobre de espírito, parco de recursos e gosta de se dar bem na vida e de conseguir as coisas sem fazer o menor esforço!!!

Os três casais, aliás, trazem a bravura, o esforço, a cumplicidade e o investimento que um casamento duradouro deve ter; alicerçado no conhecimento mútuo e amor construído ao longo do tempo. Sem isso, ele (o casamento) não sobrevive. Para essa geração única, união não é sinônimo de “ficada” assim como o termo “ficante” não faz parte do seu vocabulário, mas, companheirismo e entrega.

Seu desempenho nas provas, em especial na dos casais, mostra a parceria, sintonia e afinidade que formam a identidade, conexão e compatibilidade de duas pessoas que decidiram caminhar juntas. Quando fazem suas apostas em dinheiro, o fazem analisando a possibilidade de sucesso em determinada prova, a partir do conhecimento que cada um tem do parceiro. Diferente daquele casal que aposta por apostar, na certeza de que o público o salvará desta DR e da próxima e da outra...

Por isso, há aqueles que não sabem o que seja menosprezar e depreciar o outro, como Nadja fazia/faz diante de um passivo D´Black; ou, subjugar, como Anderson faz com a Munik, ao tratar a companheira como alguém que está ali para servi-lo e atender todas suas necessidades; ou, gritar histericamente e se descabelar, como Tati faz com Marcelo quando as coisas não vão bem e ele, submisso e constrangido, ouve calado, até porque - quase sempre - não consegue identificar e acertar as preferências e os gostos de sua mulher. Que casais disfuncionais!!! Vivem em vicioso descompasso!!! Não é a toa que, prova sim e outra também, perdem os desafios, vão para a DR e acabam no perrengue.

Eles são cria de uma geração acomodada, egoísta, fútil, em busca das coisas fáceis e da fama, ainda que passageira. São emblemáticas as cenas deles sentados no sofá, debochando dos demais, criando apelidos pejorativos, enquanto os outros estão na cozinha, trabalhando, preparando o almoço ou a janta que todos irão comer. Nem um obrigado. Nem um elogio à comida que lhes é/era servida. Pelo contrário, sempre encararam isso ou qualquer tentativa de aproximação ou até mesmo um “bom dia” como falsidade. Verdade há quando dizem que somos como um espelho. Vemos refletido no outro aquilo que somos.

Casais como Tatí e Nizo, Aritana e Paulo, Letícia e Marlon, são uma edição limitada. A cada dia há menos casais como eles no mundo. A escolha e a preferência do público sinalizam isso.

O fato de Munik e Anderson, Tati e Marcelo, estarem no topo da preferência popular, diz tudo. Eles são grosseiros, mimados, mal-educados, prepotentes, arrogantes, intratáveis, desconhecem o que seja respeito ao próximo, desfazem do sucesso dos demais, se isolam por opção, não sabem partilhar, e mesmo assim há quem os aplauda. São incapazes até de compartir um café da manhã oferecido a eles e a mais dois casais. Longe das câmeras, Anderson chegou a destratar um motorista da Record, o que ilustra o tratamento dado a quem considera seu subalterno e o desprezo que sente por aqueles a quem julga não estarem à sua altura. O pior é haver quem apóie, desculpe ou amenize tais atitudes atribuindo isso a uma perseguição dos outros, que inexiste. Os perseguidores são eles!!!

“Na alegria e na tristeza até que a morte nos separe". São esses os votos de casamento proferidos pelos casais que prometem uma longa vida a dois. A realidade, porém, é que muitos casamentos chegam ao fim nos primeiros anos ou primeiros conflitos e dificuldades pela falta de tolerância, respeito e de amor ao próximo.

Nesse sentido, Thais e Douglas não deixam de ser uma grata surpresa. Em meio ao mimimi de uma geração mimada, preguiçosa e fútil, feita de relações tóxicas, eles ainda preservam algo da geração de ouro de Letícia e Marlon, Aritana e Paulo, Tatí e Nizo. A leveza, o carinho, a delicadeza, o respeito, a compreensão, a sociabilidade, a afinidade, o lúdico, dos quais as pessoas e os casais estão cada vez mais carentes.


Shadow / Mariasun Montañés
cantinhodashadow.blogspot.com.br
@Shadowtweetando





13 junho 2018

Power Couple: Nizo e Tatí são eliminados na 7ª DR com 20,37% dos votos


Fim de jogo para Nizo e Tatí! Com 20,37% dos votos, o casal foi eliminado do Power Couple Brasil, no programa desta terça-feira (12). Nizo e Tatí foram para a DR depois de alcançar o pior resultado da semana e enfrentaram Marlon e Letícia e Douglas e Thaís. Eles deixaram o reality show após a votação popular.

Fonte: R7

MasterChef Brasil 2018: Rui é eliminado do reality



Rui foi o eliminado do MasterChef Brasil ao preparar uma massa acompanhada da carne de Bode. O prato não agradou os jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin.

"Eu nunca comi bode ou cabrito. Não fazia ideia de como fazer, não tinha noção nenhuma. Então, para mim, foi a prova mais difícil que eu fiz até hoje. Na demonstração dos chefs, eu vi o charutinho e vi que a carne poderia ser moída e que tinha um gosto bem forte", explicou o cozinheiro amador.

Fonte: BAND

06 junho 2018

Power Couple: Vinicius D'black e Nadja Pessoa são eliminados na 6ª DR com 48,41% dos votos



Fim de jogo para Vinicius D’Black e Nadja! Com 48,41% dos votos, eles foram eliminados do Power Couple Brasil, no programa desta terça-feira (5). O casal foi para a DR depois de ficar em último lugar na Prova dos Casais e enfrentou Tati Minerato e Marcelo. Eles deixaram o reality show após a votação popular no Portal R7.

Fonte: R7

MasterChef Brasil 2018: Ana Luiza eliminada do reality



Logo após voltar da repescagem, Ana Luiza deixou o MasterChef Brasil ao preparar um ravióli de camarão que não agradou aos jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin. Apesar de ter pegado uma das receitas mais fáceis, a participante acredita que se autosabotou durante o jogo.

"Eu fiquei contente porque era uma massa que eu já tinha feito. Só que cozinhar aqui não é igual quando a gente faz a massa em casa, que a gente demora três horas para fazer e consegue fazer com calma, com tempo para ver todos os problemas e ajustar. É totalmente diferente", disse ela ao Portal da Band.


Fonte: Band



30 maio 2018

Power Couple: Repescagem - dois casais retornam ao jogo.

O Power Couple Brasil desta terça (29) foi cheio de emoções! Depois da eliminação de Créu e Lílian, com 19,99% dos votos, contra Letícia e Marlon e Tati Minerato e Marcelo, Gugu anunciou que haveria uma repescagem.

Na primeira parte, Thaís e Douglas provaram que sabem tudo um sobre o outro e venceram a prova. Separados em cabines diferentes, os casais precisavam responder às perguntas feitas por Gugu com exatidão. Thaís e Douglas erraram apenas uma.

Na segunda etapa, Nadja e D'Black venceram por meio da votação do público. Com 60,52% dos votos, o casal recebeu a notícia no palco do programa e prometeu fortes emoções para os próximos dias.



Power Couple: Lílian e Créu são eliminados na 5ª DR com 19,99% dos votos


Com 19,99% dos votos, o casal foi eliminado do Power Couple. Créu e Lilian foram para a DR com o pior resultado da semana e enfrentaram Marlon e Letícia e Tati e Marcelo.

MasterChef Brasil 2018: Repescagem


O cirurgião-dentista Hugo Merchan conquistou o segundo avental da noite e voltou para o MasterChef Brasil após vencer uma série de duelos, representando a Espanha. Segundo o participante, a dinâmica de duelos já era algo que ele e outros competidores já esperavam.


Paladar é uma das coisas mais importantes para um cozinheiro – seja ele amador ou profissional – e Ana Luiza Amaral demostrou durante a repescagem do MasterChef Brasil que está aprovada neste quesito. A participante acertou a maioria dos ingredientes, em formato de cubinhos, e voltou para a competição.

23 maio 2018

Power Couple: Munik e Anderson vencem a 4ª DR com 58,47% dos votos





Fim de jogo para Vinicius D’Black e Nadja! Com 41,53% dos votos, eles foram eliminados do Power Couple Brasil, no programa desta terça-feira (22). O casal foi para a DR depois de terminar a semana em penúltimo lugar no ranking e enfrentou Munik e Anderson. Eles deixaram o reality show após a votação popular no Portal R7.
Fonte: R7



MasterChef Brasil 2018: Hugo eliminado do reality




Receber críticas duras em uma prova em equipe pode acabar influenciando no desempenho dos competidores na cozinha do MasterChef Brasil. Hugo, responsável pela sobremesa servida no Theatro Municipal, sentiu isso na pele e não conseguiu se recuperar a tempo da prova de eliminação.

"Foi um baque descobrir que a sobremesa não estava boa. Até porque a gente, como grupo, tinha provado e todo mundo tinha gostado. Eu estava satisfeito. Foi algo que, realmente, não deu para a gente dedicar tanto tempo de prova porque as outras praças também estavam atrasadas ", disse o cirurgião dentista ao Portal da Band.


Fonte: Band