24 abril 2017

Frank Killer: Atributos VII


Atributos VII


O único meio eficaz de aproximar o método opinativo coletivo com a verdade é através de um processo metódico de análises de atributos e você irá verificar que se aproxima na maioria dos casos e, só difere em casos em que certas características são superdimensionadas ou sub dimensionadas pelo público, mas que não anula o resultado justo.

Por exemplo, a convivência é supervalorizada no início de um RS, mas isso é porque no início reina um oba oba de boa camaradagem e que o público de modo geral deseja e torce para que permaneça, mas logo logo se verifica que era uma atmosfera falsa e de que se trata de uma competição, o que nos leva a concluir que quem se manteve arredio no início estava com a razão, na maioria dos casos.

23 abril 2017

Frank Killer: Atributos VI


Atributos VI


Não se pode ser benevolente ou draconiano e exigente em relação a uma pessoa e não ser assim com as demais. Os mesmos quesitos que se julga em uma pessoa não pode deixar de se julgar em outras. Da mesma forma não se pode estabelecer critérios particulares tendenciosamente e escolher somente quesitos que se vê em uma única pessoa, sejam eles negativos ou positivos e, muito em especial os negativos.

Ao julgar um quesito de atributo tem-se que levar em conta atenuantes e agravantes, intenção maldosa ou sem dolo, oportunidade e oportunismo, fatores desencadeantes, etc, tal como um Juiz julga um crime. Também leva-se em conta a frequência ou a raridade. Não se pode concentrar as apreciações negativas ou as positivas em uma única pessoa. Isso é tendenciosismo ou parcialidade.

22 abril 2017

Frank Killer: Atributos V


Atributos V


A avaliação independente de cada atributo impede que alguém forme uma opinião ou juízo a partir de um único atributo. A razão para isso é que superdimensiona uma qualidade ou defeito e estraga uma avaliação com uma visão unilateral. O que alguém valoriza mais ou menos desvaloriza não é o que as demais pessoas valorizam ou não na maioria dos casos.

Mesmo não concordando, tem-se que levar em conta o que outros julgadores estão achando, quando não nos sentimos capazes de avaliar um quesito ou não se consegue ver. Muitas vezes nos tornamos cegos porque estamos superdimensionando um detalhe que é apenas detalhe e, não um item que não vemos como importante e é, por uma série de razões.

21 abril 2017

Frank Killer: Atributos IV


Atributos IV


Alguns quesitos como honestidade e carisma pertencem a grupos de quesitos diferentes, mas nada impede que sejam avaliados separadamente de seus grupos ou classes e que as respectivas classes sejam avaliadas também. O mecanismo que determina isso é variável.

Ás vezes é um quesito que pode ser avaliado para todos os elementos de um grupo ou é um quesito apresentado por apenas um ou dois deles. A Emilly desponta em alguns quesitos que somente ela tem, assim como o Marcos, sejam eles negativos ou positivos.

Como você está avaliando uma gama muito grande de quesitos, a pontuação muito negativa em um dos quesitos não pesa muito na avaliação geral. Por outro lado, a avaliação de quesitos em que todos apresentam uma graduação relativa, também não pesa muito para ninguém. Por isso o resultado geral se apresenta justo.

Opinião | Hanne Brandenburg:
Auto-Confiança exacerbada x Falta de Amor-Próprio

Texto recebido de Hanne em 21/04/2017

Auto-Confiança exacerbada
x
Falta de Amor-Próprio


No apagar das luzes do teatro BBB17, eis que o personagem Marcos Harter concede sua primeira entrevista à jornalista Laís Gomes e divulga em sua página oficial no facebook.

Ao ler suas declarações, fui tomada por mais um sentimento de impacto, que achava não mais ser possível existir diante dos fatos ocorridos que geraram sua expulsão do programa, que por si só, bastavam para que eu não me assustasse com mais nada que surgisse após aquele desfecho do seu relacionamento com a jovem que ele assumiu ser sua protegida no reality. Estava enganada.

Se for verdade que os opostos se atraem, eis ai uma situação que pode justificar esse dito popular: enquanto a Emilly gostava de gritar que se amava muito, Marcos demonstrou claramente na referida entrevista que não se ama de jeito nenhum, ao dizer para a jornalista que, mesmo depois de tudo o que já sabemos, esperou pelo abraço dela que, infelizmente não veio, em sua saída como a grande campeã, e que ele acha possível sim, uma reconciliação entre os dois, só dependendo da conversa que terão, que ele espera seja em breve, só não dizendo se acredita que ela vá realmente querer essa conversa com ele.

Quando digo que fui tomada por um impacto ao ler essa parte da entrevista, é porque no lugar dele, eu jamais iria querer sequer ter qualquer contato com uma pessoa que tivesse demonstrado tanta ingratidão, não reconhecendo o quanto foi beneficiada com a sua proteção, e ainda ser responsável por uma consequência desastrosa, que poderá levá-lo à prisão, que a meu ver, enterrará, por algum tempo, sua brilhante carreira de médico cirurgião plástico, já consolidada, que ele tanto enaltecia, como algo de que tanto se orgulhava,  e que ele acha ser injusto se acontecer, pois sua conduta como profissional, em nada tem a ver com o seu comportamento enquanto esteve confinado.

Diante do exposto, deixo algumas perguntas no ar, para que sejam respondidas por cada um que ler esse meu texto, de acordo com suas convicções: quem está certo, ou quem está errado, o Marcos ou eu? Qual seria sua reação se estivesse na situação?

Um abraço a todos!

Hanne Brandenburg - hannelorenb@gmail.com
@hanne15115

As opiniões emitidas nesta coluna são de responsabilidade exclusiva
do autor das mesmas e não expressam necessariamente
as da administração e colaboradores do Votalhada.



1ª Eliminação Power Couple Brasil: Carol e Mateus


Carol Narizinho e Mateus Boeira
1º Casal eliminado do Power Couple Brasil

Depois desta eliminação a enquete do Votalhada sobre os seus preferidos para vencer o Power Couple Brasil foi zerada e o casal que saiu retirado da enquete.
Veja abaixo o print das preferências até o programa de hoje.
Entre os 11 participantes, Carol e Mateus estavam em 5º lugar na preferência dos votantes, na frente de Marcelly e Frank que estavam em 9º lugar e permaneceram no programa,
A 1ª colocação desta semana ficou para o casal Andressa e Nasser.




20 abril 2017

Frank Killer: Atributos III


Atributos III


Creio que você pode atingir um nível satisfatório em análises de pessoas através de seus atributos, não especificamente e não somente de concursantes de RSs, como também em sua vida de relacionamentos na vida normal com pessoas que não estão em julgamento, aplicando uma metodologia de análise.

É claro que as pessoas não precisam saber que você as está julgando com o emprego de métodos e alguns cuidados devem ser tomados para que isso não redunde em colecionar inimigos. Não se trata de falsidade, mas ninguém gosta de ser julgado, ainda mais com métodos sistemáticos e por alguém que faça isso em caráter permanente e obsessivo. Como falei, julgar pessoas é o que fazemos cotidianamente com todo mundo e, nessa circunstância, todos seríamos falsos.

19 abril 2017

Frank Killer: Atributos II


Atributos II


Para avaliar atributos, a primeira coisa que alguém tem que fazer é não se precipitar, porque não é possível avaliar atributos com apenas olhadas superficiais e durante pouco tempo. Uma atitude ou um ato apenas ou dois não são suficientes para detectar um atributo. Para isso é preciso estar qualificado para julgar, avaliar e emitir juízos.

É claro que o vulgo não tem essas qualificações no geral e nem sequer segue métodos de bem avaliar atributos pessoais no caso de um RS com vistas a fazer um bom e preciso julgamento, eficaz e justo, mas deveria ter. Imagine um país de juristas e com vasto saber jurídico! Seria legal, né? Só que não! Um país não poderia ser integrado somente por juízes, por uma série de razões, as quais não cabe aqui discorrermos.

Power Couple Brasil estréia sua 2ª temporada


Será que marido e esposa, em uma relação estável, conhecem todas as habilidades um do outro? Até que ponto o homem é capaz de apostar em sua companheira para, por exemplo, trocar um pneu? E será que ele se lembra da última vez em que ela pintou o cabelo? O jogo de casais Power Couple Brasil ajuda a responder a essas perguntas em uma emocionante e divertida competição. Neste ano, a temporada vai ser apresentada todas as terças e quintas.

Confinados em uma mansão em São Paulo, 11 casais famosos terão de enfrentar provas de resistência, habilidade e raciocínio em busca de um prêmio que pode chegar a R$ 1 milhão, a atração é um verdadeiro desafio para saber quanto o marido ou a esposa aposta em seu companheiro e o conhece na hora do jogo.

Além destes desafios, há a questão da convivência com pessoas de estilos e personalidades diferentes. Na fase dos Desafios, o homem e depois a esposa vão apostar no companheiro, confiando em sua capacidade de cumprir a prova ou não. O casal que souber apostar acumula o maior valor e ganha vantagens na competição. O casal que se der mal corre o risco de ser eliminado. A prova que envolve os casais, por sua vez, terá um peso diferenciado em comparação à edição de 2016.

No fim, apenas dois casais ficarão para a final que será exibida ao vivo. Neste momento, o público escolherá o casal vencedor do Power Couple Brasil que vai levar para casa todo o valor acumulado ao longo da temporada. 

Fonte: R7.com




Opinião | Acioli: Quanto vale a moral?

Texto recebido de Acioli em 19/04/2017

Quanto vale a moral?

Anda circulando pela net que o Ministério Público do Rio de Janeiro formalizou uma denúncia contra a manipulação dos resultados das votações de 2 paredões do BBB17.

O que eliminou Marinalva com 77% e o paredão do bem que elegeu Emilly com 58%.

Não sei se é verdade porque a notícia só aparece em mídias não oficiais, algumas sensacionalistas inclusive.

Mas faço votos que seja. Mesmo que isso signifique tirar o programa da grade de vez.

Que investiguem e façam justiça com a vontade da maioria da audiência.
Já basta o brasileiro não conseguir eleger presidente por causa de urnas eletrônicas manipuladas.

Engolir manipulação também em um game que premia aquele que possui mais atributos de valor, aí já é demais!

Chega da audiência ter que engolir a vontade da produção.
Já que é assim, muda logo o núcleo, transforma em novela e vai escrevendo a obra aberta de acordo com a inclinação popular. Acho que seria mais justo.

Mas, se for verdade, e conseguirem provar a manipulação, Emilly terá que retornar o dinheiro do premio, que será entregue à Vivian.

Já imaginou a cena? A ironia das ironias? A campeã "real" abrindo mão do premio em favor da campeã moral?

Será que vai ter uma "Edição Extraordinária Especial" de adequação ao resultado imposto pela Justiça?
Bem, seria o justo, né? Hahahaha.

E se isso realmente acontecer, então eu até volto atrás sobre a má impressão que essa edição deixou.

Só não volto atrás no apelido. Continuará sendo, para sempre, o BBBengôdo.

Acioli - aciolicontato@gmail.com

As opiniões emitidas nesta coluna são de responsabilidade exclusiva
do autor das mesmas e não expressam necessariamente
as da administração e colaboradores do Votalhada.