19 setembro 2019

A Fazenda 11 | Prova do Fazendeiro (01)

A primeira Prova do Fazendeiro desta 11ª temporada do reality foi em dupla.

Diego Grossi e Tati Dias ganharam a prova, mas apenas um dos participantes teria que sair com o chapéu.

A dupla vencedora teve um minuto para decidir quem seria o fazendeiro, e em poucos segundos foi decidido que Tati receberia a imunidade e o chapéu da semana. Diego explicou que a decisão já havia sido tomada por eles anteriormente, já que Tati acreditava que seria alvo do grupo inimigo na formação da primeira roça. O apresentador do programa, Marcos Mion, informou então que ele ganharia um carro 0 KM.


18 setembro 2019

Bruna Jones: O que me incomodou na estreia de A Fazenda 11


Texto recebido em 18/09/2019

Então que começou mais uma temporada de “A Fazenda” na Record e eu não sei vocês, mas eu sou bem trouxa de ainda acreditar nas promessas que o Carelli, e agora o Mion fazem. Provavelmente o problema é comigo mesma, a maioria de vocês não devem saber, mas eu publico desde 2015 uma fanfic do “Big Brother Brasil”, é como se fosse aquilo que a gente acompanha na televisão, sabe? São 95 episódios, os meus leitores vão eliminando os personagens nos paredões, tem as provas e tudo mais... Hoje eu estou escrevendo a décima segunda temporada e logo quando eu estava finalizando a segunda temporada, eu já havia percebido a necessidade de inovar... Se eu ficasse me prendendo no mesmo molde de funcionalidade do roteiro e ficasse dependendo somente da mudança de elenco, provavelmente eu não teria chego até aonde cheguei neste momento.

E assim... Eu escrevo e penso nos plot twists do meu roteiro sozinha, claro que conto com os meus leitores para saber onde estou acertando, o que eu posso melhorar, eles participam eliminando e tal, mas em teoria, estou sozinha! Não tenho uma mega equipe junto comigo, não tenho produtor, não tenho diretor, não tenho verba, não tenho nada além de mim mesma e meus leitores, então, eu penso da seguinte forma: Se eu “sozinha” sou capaz de inventar maneiras de não cair na mesmice e na falta de surpresa para os meus leitores, o que a Record está esperando para tirar “A Fazenda” do mesmo formato dos últimos anos?

Todo ano tanto o apresentador quanto o diretor prometem uma estréia surpreendente e arrasadora! Pois bem, esse ano a estréia aconteceu EXATAMENTE como nos dois últimos anos, com os participantes vendados no meio do confinamento, tendo que ir de encontro um do outro, pra mim, essa é a PIOR entrada de elenco na sede possível. Cadê o Carelli que fez o pessoal da sétima temporada dormir no mato antes de entrarem na sede? Ou da temporada que cada um saia de um carro ou estava montado em um cavalo, ou precisava pegar carona? Sem contar que, nas primeiras temporadas, tinha todo um vídeo de 1 minuto mais ou menos, com o artista explicando quem ele era e os principais trabalhos de sua carreira, hoje em dia não tem mais isso, sendo que hoje nós PRECISAMOS desses vídeos para saber quem são essas pessoas, ou vai me dizer você leitor, que você sabe quem é e de onde veio Netto Rodrigues, Thayse Teixeira e a galera da MTV?

Falando sobre o elenco, outra coisa que vem me desgastando em “A Fazenda” é a reciclagem de participantes, Drika Marinho e Hariany Almeida vão passar SEIS MESES confinadas na minha televisão, é isso mesmo? Diego Grossi em seu terceiro reality de confinamento, antigamente a gente tinha a cota de panicat, hoje em dia tem cota para “De Férias com o Ex” e “Power Couple Brasil” também... E sinceramente? Eu não quero ver as mesmas pessoas o tempo todo na minha televisão, quero ver gente nova... Meu, é uma “A Fazenda” por ano, não tenho tempo pra perder com figurinha repetida não, ainda mais quando se existe Sabrina Boing Boing, André Bankoff, David Cardoso Jr, Harry Louis, Lola Melnick, Marcelo Augusto, Max Fivelinha, Jacaré e tantos outros que poderiam ficar confinados... Até mesmo, se fosse fazer reciclagem, chama a galera da “Casa dos Artistas” que aconteceu quase duas décadas atrás, que eles seriam ótimos personagens, principalmente para esse público que não assistiu e acha que gente que não faz nada em reality é um ícone.

Mas eu sei que isso do elenco não é culpa só da Record, é do público também. Muita gente fica pedindo por essas pessoas mais recentes, é só ver o desespero dos fãs da Ana Paula (BBB18) e da Amanda (BBB15) em inventar o tanto que inventaram que elas estariam no elenco, aliás, esses fãs estão de parabéns pelo empenho... Eu queria ser empenhada desta forma pra mim mesma, um dia eu chegarei lá. E eu entendo que é mais confortável assistir essas pessoas que estão em evidencia no momento, já me falaram varias vezes que preferem ver essa reciclagem no reality por eles serem famosos do que desconhecidos... Mas, eu gostaria de lembrar que, se a gente não der oportunidades dos “desconhecidos” (Que né? Pra quem tem 15 anos hoje, Rodrigo Phavanello é desconhecido, mas para nós que temos o dobro da idade, ele seria um nome de primeiro escalão desse elenco), não teríamos tantos ícones como temos hoje em dia. Lu Schievano, Heloisa Faissol, Denise Rocha, Andressa Urach, Joana Machado e tantas outras pessoas não eram tão conhecidas e olha ai, a gente não vive sem mencionar elas hoje em dia, então, eu faço um apelo: Vamos dar oportunidades aos nomes inéditos na próxima temporada!

Outra coisa que me irrita relacionada ao elenco e pelo fato de ser uma pessoa que costuma especular e adiantar alguns nomes para os meus leitores, é o fato do Mion e o Carelli mentir dizendo que eles vão confinar as pessoas mais pedidas no programa. Eu não sei vocês, mas ano passado eu não vi ninguém pedindo por Felipe Sertanejo, Luane Dias, João Zoli ou Vida Vlatt, ou neste ano por Netto Rodrigues ou Guilherme Leão, muitos desses a gente nem sabia que existia, como poderíamos pedir por eles? E isso gera uma expectativa no público de que um dias eles vão ter Inês Brasil no elenco, por exemplo, e quando você avisa que fulano não vai participar ou que ele não foi convidado, as pessoas te atacam loucamente ou mentem loucamente anunciando que o fulano vai, sendo que ele nem foi convidado e tudo isso pelo fato da emissora “enganar” dizendo que o público manda... E não manda é nada!

Hoje o Mion ficou anunciando que algo inédito aconteceria no programa, algo que nunca vimos em nenhuma temporada, para no final ser apenas o fato do grupo perdedor de uma atividade ter que dormir na baia. Tudo bem, oito pessoas nunca dormiram na baia, mas, seis pessoas já dormiram no celeiro, sendo mandadas para lá na estréia da quinta temporada, e vamos lá, celeiro e baia são coisas diferentes? São! Mas a ideia é a mesma, só que na temporada atual foi mal utilizada, só dormir na baia não é nada, lá na quinta temporada, um dos participantes nem iria conhecer a sede, já seria o primeiro eliminado do celeiro pra porta da rua... Isso é um plot twist interessante, agora, só desconforto? Quem liga pra isso? Existem tantas maneiras de fazer um programa de estréia interessante, qual é o problema dessa gente em apostar em mais do mesmo? Quer ver?

  1. Selecione 20 participantes, soltem eles nas ruas de Itapecerica da Serra, apenas com um mapa e cinco reais no bolso, os 16 que conseguirem chegar primeiro na sede, se tornam participantes oficiais, os outros 4 vão para a baia participar de uma votação do público no qual 2 se tornam participantes e 2 são eliminados.
  2. Coloque 18 participantes em uma espécie de quarto branco, com a regra de que eles só vão poder sair dali quando um participante desistir do programa.
  3. Logo de cara, uma roça twist... Fazer uma prova com cronometro, o vencedor se torna o fazendeiro, o perdedor vai para uma roça competir contra um nome inédito.

Isso tudo eu pensei em cinco minutos, só as variações desses três itens são imensas, ou seja, dá para fazer uma estréia com muito mais além de gente vendada, separação de equipe sem graça e falsas promessas de surpresas e atividades inéditas. Não fazem por preguiça, só isso explica! E acreditem... Se eles quisessem confinar 50 pessoas e fazer uma dinâmica na qual 30 seriam eliminadas, eles conseguiriam. Dinheiro pro cachê é o de menos, tem MUITA gente que iria DE GRAÇA só pelos 15 minutos de fama e eu estou sendo simpática, já que até já ouvi falar de gente querendo PAGAR para participar, então...

Isso me faz chegar em outro ponto de desgaste que queria comentar, o fato de ser apenas 16 participantes. Eu não consigo engolir isso já faz alguns anos, a única temporada capaz de gerar conteúdo de 100 dias com um elenco tão pequeno assim, foi a sexta temporada, de resto, NENHUMA OUTRA foi. O porre da temporada passada, arrastando quase um mês, com meia dúzia de gente chata naquela casa, meu senhor, o que fizemos para merecer aquilo? Pra mim, o elenco deveria ser formado por pelo menos 20 pessoas, ai nas últimas semanas vai eliminando dois por semana e está tudo certo, melhor do que ter que aguentar uma casa parada, pronta para virar foco de dengue.

Fora esses pontos que mencionei, a divulgação do programa não é mais a mesma. O grande barato das primeiras temporadas era ver os vídeos em que a gente tentava descobrir quem era o participante que estava ali, hoje em dia, mal teve qualquer material de divulgação na televisão e na internet, os colunistas já não se importam mais em falar sobre o programa e a própria emissora peca em divulgar o material da atração, até este momento que estou escrevendo essa matéria, não saiu fotos de divulgação do elenco no site oficial, aquelas fotos que eles tiram para quando aparece o nome deles na tela e em provas especiais, sabem? Ano passado já fizeram um material porco, esse ano pelo visto, vai ser mais porco ainda...

A impressão que eu tenho é que o Carelli hoje apenas olha no twitter alguns nomes que são mais mencionados, seleciona eles só para o Mion ter o prazer de dizer “Somos o assunto mais comentado do twitter”, pega mais uma meia dúzia de gente e joga naquela casa, ai espera que o próprio twitter faça o trabalho de marketing e divulgação aqui fora, enquanto que o elenco faça o roteiro e conteúdo SOZINHO dentro da casa. A Ana Paula Renault criticou os participantes de reality por não transparecer a verdade e parte disso eu culpo o próprio sistema do programa, se nada nele muda, se nada é novidade, se não tem aquela dose de adrenalina e incerteza na veia dos competidores, eles só precisam estudar as temporadas passadas, ver o que deu certo e vender o mesmo produto para a gente e nós compramos como se fosse um “ícone” aquela pessoa.

Agora... Se a produção deixar a criatividade fluir um pouco, parar de acreditar que eles só precisam sentar a bunda deles na cadeira e esperar que os participantes e o público faça o trabalho deles, com certeza isso influenciaria diretamente no comportamento dos confinados e na diversão que nós teríamos ao assistir. É uma pena, mas julgando a estréia dessa temporada, vocês poderiam ter me colocado pra assistir a estréia de 2018 ou a de 2017 e eu não saberia a diferença entre elas. Parece que estamos sempre presos em um único roteiro ruim!

Era pra ser uma matéria sobre a estréia, mas acabou se tornando um grande textão/desabafão, provavelmente tem muita gente que discorda de mim, tem gente que vai concordar, espero que também tenha aqueles que vão ver tudo isso com uma nova perspectiva, enfim... Qualquer discussão que esse texto gerar, é bem vindo, desde que venha com educação! Conversar e mostrar pontos de vista diferentes é saudável e é assim que a gente evolui. Espero que vocês tenham gostado... E para aqueles que querem saber mais sobre os roteiros que eu escrevo, a décima segunda temporada do meu reality começou no domingo, então está bem fresquinho, corre lá no meu blog e divirtam-se! Muito obrigada para aqueles que tiveram um tempinho disponível para vir até aqui e até a próxima!


Bruna Jones - @odiariodebrunaj

As opiniões emitidas nesta coluna são de responsabilidade exclusiva
do autor das mesmas e não expressam necessariamente
as da administração e colaboradores do Votalhada.



Conheça os peões de A Fazenda 11




Andréa Nóbrega
Atriz e empresária, Andréa foi a primeira confirmada em A Fazenda 11. Ela se destacou para o grande público como socialite e estrelou o programa Mulheres Ricas da Tv Bandeirantes. A loira foi casada com Carlos Alberto de Nóbrega (apresentador da A Praça É Nossa) entre 1996 e 2016. Atualmente, aos 50 anos, Andréa apresenta o programa Jantar Com As Estrelas da TV Brasil.

















Aricia Silva
Modelo e ex-panicat, Aricia Silva tem 26 anos e já foi capa de diversas revistas adultas. A catarinense foi musa da escola de samba Unidos de Vila Isabel, no Rio de Janeiro e atualmente estava programa esportivo Sofá da Pan, exibido no canal do Youtube da Jovem Pan.


















Bifão
Conhecida pelo público após sua participação no reality show De Férias com Ex, da MTV Brasil. Durante o programa, a modelo disse ter sido prejudicada pela edição após cogitar votar em sua amiga de confinamento, Tati Dias, para uma eliminação surpresa.
















Diego Grossi
O carioca é um veterano em reality shows: ele participou do BBB14 e terminou na oitava colocação no programa. Apesar de ficar bastante tempo no confinamento, sua maior conquista foi encontrar sua esposa no programa: Franciele. Os dois participaram do reality Power Couple 3, mas foram expulsos do programa após Diego ameaçar a integridade física de outro participante.

















Drika Marinho
A carioca participou da 4ª edição do reality show Power Couple no início deste ano, mas separou-se de André Marinho, com quem foi casada por dez anos, após descobrir uma traição do cantor. Drika é mãe de Lucas e Luna, fruto de seu ex-relacionamento.



















Guilherme Leão
Segundo confirmado em A Fazenda 11, Guilherme Leão, mais conhecido como "Segurança Gato do Metrô". Ele ficou conhecido em 2014 por seu porte físico e deixou a carreira de metroviário para atuar como modelo. Aos 28 anos de idade, ele entra como um dos candidatos ao posto de galã do programa.

















Hariany Almeida
A goiana foi expulsa do BBB19 na reta final após descumprir uma das regras de convivência e agredir Paula Von Sperling, a vencedora da edição. Mesmo após o incidente, a goiana de Senador Canedo segue com grande número de seguidores no Instagram: 5,3 milhões.



















Lucas Viana
Modelo e influenciador digital, Lucas Viana ficou conhecido em 2018 quando foi o primeiro participante a ser expulso no reality de namoro Are You The One? Brasil. O modelo foi retirado após se descontrolar em uma discussão com o colega Jonas Paiva. O mineiro também ficou conhecido ao se tornar Mister Brasil 2015, e agora aposta na carreira de ator.


















Netto Rodrigues
Mais conhecido como DJ Netto, o goiano de 25 anos é formado em medicina veterinária, mas encontrou a paixão na carreira de DJ de música eletrônica.
















Phellipe Haagensen
O ator carioca de 35 anos ficou conhecido do público pelo papel de Bené no premiado longa Cidade de Deus. Irmão do ator Jonathan Haagensen, ele também se arrisca como músico em um grupo de hip-hop chamado Melanina Carioca.

















Rodrigo Phavanello
O cantor iniciou sua carreira na banda Dominó, na qual permaneceu por sete anos. Em seguida, começou a investir na carreira de ator, bancando os primeiros cursos da carreira com o cachê de duas aparições na G Magazine. Como ator, Phavanello estreou em 2005 em Alma Gêmea, da Rede Globo. Em 2009, entrou para a escalação de atores da RecordTV e atuou em Balacobaco e A Terra Prometida.

















Sabrina de Paiva
A vencedora do concurso Miss São Paulo de 2016 é outra confirmada em A Fazenda 11. Dona de uma beleza impecável, Sabrina pretende mostrar que pode surpreender no reality show e deve manter um discurso de representatividade, bem frequente em suas redes sociais.




















Tati Dias
Chef de cozinha, Tati Dias ficou conhecida pelo público após participar da terceira temporada de De Férias com o Ex, da MTV. A loira reclamou das críticas que recebeu após sua passagem pelo programa, comentando que foi julgada por fazer sexo abertamente na casa.

















Thayse Teixeira
A influenciadora digital é uma das surpresas do elenco de A Fazenda 11. Conhecida como a "Rainha do Cariri", a cearense é bem alegre, mas não nega um barraco. Em suas redes sociais, ela faz comentários bem humorados e debochados sobre o cotidiano.

















Túlio Maravilha
O ex-jogador de futebol é um homem sem papas na língua. Em busca do seu milésimo gol, ele atuou mais de 30 anos como jogador profissional, mas fez um a pausa para seguir carreira política entre 2009 e 2011.
















Viny Vieira
O ator e humorista começou sua carreira aos 14 anos, quando foi locutor na Jovem Pan. Em seguida, ficou conhecido pelo público por seu personagem GluGlu, uma sátira do apresentador Gugu Liberato. Vieira também criou personagens inspirados em Netinho de Paula, Luciano Huck e Galvão Bueno. Antes. de entrar no confinamento era repórter do programa Fofocalizando.





















O Votalhada faz um resumo de várias enquetes divulgadas em sites e blogs que comentam Realities. Apresenta o resultado em tabelas claras e faz as médias aritmética (simples) e ponderada (proporcional) dos resultados. Durante as votações, geralmente as pesquisas são publicadas a cada 3 horas.

12 setembro 2019

Dancing Brasil 5 | Vinicius D’black é o grande vencedor do reality


Vinicius D’black e Carol obtiveram 38,21% dos votos do público e por isso foram consagrados campeões do #DancingBrasil! 🎵🎵🎵🎵


08 setembro 2019

Bake Off Brasil 5 | Natália foi eliminada do reality

No ‘Bake Off Brasil‘ deste sábado, 07 de setembro, a prova criativa desafiou os confeiteiros com um “Bolo de Tricô“. Ao mostrar a referência da semana, a jurada e chef confeiteira Beca Milano ressaltou: “é preciso ter muita precisão com o bico de confeitar. Quanto mais fino o bico, mais realista fica o trabalho“.

Além de tudo, uma inusitada troca de bancadas com o colega ao lado desafiou os competidores ainda mais. “Isso aqui é uma prova criativa e na vida a gente tem que improvisar. Vocês trocarem de bancada significa que também estão trocando de ingredientes“, afirmou o jurado e padeiro Olivier Anquier.

Na prova técnica, um único doce trouxe três variações de chocolate. Para dar dicas aos participantes sobre o preparo da “Trilogia de Chocolate“, o chocolatier e presidente da Cacau Show Alê Costa chegou à tenda. “Chocolate é um produto que requer conhecimento no tempo e na temperatura“, disse Alê antes de uma rápida aula a todos. No doce, eles tiveram que preparar três mousses à base de: LaNut branco, LaCreme ao leite e Bendito Cacao 65%.

Ao final do episódio, o público descobriu que Natália foi a eliminada neste episódio deste sábado 07/09.

05 setembro 2019

Dancing Brasil 5 | Victor Sarro eliminado do reality


VICTOR & BRUNA obtiveram 28,26% dos votos do público e por isso foram ELIMINADOS do #DancingBrasil! 🎵🎵🎵🎵


01 setembro 2019

Bake Off Brasil 5 | Deza foi eliminada do reality

Equilíbrio foi a palavra de ordem no ‘Bake Off Brasil’ deste sábado, 31 de agosto. “Nesta prova técnica vocês vão ter que ter um equilíbrio danado. E não é só emocional”, disse a apresentadora Nadja Haddad. A missão dos confeiteiros era compor uma Torre de Biscoitos de seis andares, com recheio de ganache e sustentação de hastes de chocolate meio amargo.

“Está claro que a parte mais delicada desta torre é a montagem. Então mantenham a calma, respirem fundo, porque isso vai ser fundamental para ela ficar assim”, destacou a jurada e chef confeiteira Beca Milano. “Prova fácil, só tem dois preparos: um é o biscoito, e o segundo é a temperagem de chocolate. Agora, o equilíbrio e a harmonia vão depender dos seus biscoitos”, completou o jurado e padeiro Olivier Anquier.

Já a prova criativa do dia era ‘de tirar o chapéu’. Ao apresentar o bolo referência, Nadja deu as instruções aos competidores: “vocês vão ter que esculpir um bolo, obviamente em formato de chapéu. Não precisa ser de caubói, podem abusar da criatividade. Tem que ter pelo menos um recheio e a aba tem que ser comestível e com movimento”. Ao que a chef Beca ressaltou: “vocês podem fazer a aba de caramelo, isomalte, chocolate, pastilhagem, isopor comestível ou biscoito”. E Olivier finalizou: “já sei que todo mundo vai querer imitar (o bolo referência). Saiam do óbvio, essa é a minha dica”.

Ao final do episódio, o público descobriu que Deza saiu do Bake Off Brasil neste sábado 31/08.

29 agosto 2019

Dancing Brasil 5 | Ricardo Vianna eliminado do reality


RICARDO & DANI fizeram 36,6 pontos, foram para a ZONA DE RISCO e, por terem menos votos do público para permanência no programa, foram ELIMINADOS do #DancingBrasil! 🎵🎵🎵🎵


26 agosto 2019

Bruna Jones: Cinco Maneiras de Inovar no BBB20


Texto recebido em 26/08/2019

Então que no ano que vem a Globo vai produzir a vigésima temporada do “Big Brother Brasil” e mesmo que as últimas temporadas do programa não tenham empolgado tanto quanto as primeiras edições, precisamos combinar que é um marco e tanto na televisão brasileira. Desde 2002 a emissora consegue manter pelo menos uma edição por ano, se tornando a maior franquia de reality do Brasil. Mas, se tem uma coisa que a edição deste ano provou, é que não dá pra jogar qualquer pessoa lá dentro e esperar que sozinhos eles rendam alguma coisa, é necessário também ter toda uma equipe preparada por trás, para instigar esses jovens que buscam a glamorosa vida de influenciadores digitais e djs, não é mesmo?

Pensando nisso, eu separei algumas ideias que estou entregando de graça ao Boninho para ele usar e abusar na próxima temporada. E olha que eu pensei nisso tudo sozinha, agora eu fico imaginando como que esse senhor viu o BBB19 despencando e tendo uma equipe inteira em suas mãos, não fez nada para a temporada se sobressair de alguma maneira. Ai o trauma... Enfim, vamos para as minhas ideias? Vem comigo!

  • BBB: ALL STARS
19 temporadas em mãos, nós temos cerca de 300 ex-BBBs por ai, implorando vaga em “A Fazenda”, lançando carreira musical mesmo sem saber cantar, dirigindo carro de aplicativo, que já torrou toda a grana que ganhou, enfim... O que não falta é gente, certo? Não é possível que não tenha 20 pessoas interessantes ali para o Boninho trazer de volta. Podia pegar uma dupla de cada temporada e pronto, aproveita a reciclagem que o Carelli anda fazendo na Record trazendo ex-BBBs da década passada (a única reciclagem que realmente está sendo boa naquela emissora) e ganha mais essa disputa, Globo. Claro que não vão conseguir trazer uma Grazi, uma Sabrina Sato... Mas dá pra ter uma Iris Stefanelli, uma Solange Ianuou e por ai vai...

  • BBB: HERÓIS VS. VILÕES
Lá nos Estados Unidos existiu uma edição comemorativa de “Survivor” que trouxe ex-participantes novamente ao jogo, “mas Bruna, você já falou do All Stars”, sim, falei. Mas a ideia aqui apesar de ser quase a mesma, também é diferente. Foram 20 participantes icônicos, que foram separados entre mocinhos e vilões, tem tema melhor do que esse para um “BBB”? Não tem! Desde a primeira temporada que o povo brasileiro assiste e julga como se fosse uma novela, transformando pessoas como o Jean (BBB3) e Alberto (BBB7) em vilões, enquanto que Dhomini (BBB3) e Alemão (BBB7) são vistos como os bonzinhos e Sabrina (BBB3) e Iris (BBB7) as mocinhas indefesas, não é mesmo? Com esse tema o Boninho poderia inclusive trazer essas velhas rivalidades novamente aos olhos do público e seria bem interessante ver quem eles colocaram como os 10 vilões, imagina 10 vilões icônicos juntos? Meu sonho...

  • BBB: FÃNS VS. FAVORITOS
Tudo bem, já sabemos que a Globo está fazendo seleção de elenco e tudo mais, então é bem difícil acreditar que a temporada será só com ex-participantes, eles não iriam fazer milhões de pessoas de palhaços, não é mesmo? Eu acredito que não... Então, pensando nisso... A ideia aqui é parecida com o “BBB13”, a gente pegaria metade de um elenco inédito e a outra metade confinaria pessoas que o público realmente gostou de assistir (Eu disse, que o público gostou de assistir e não queridinhos da direção, hein?). E além disso, faria uma temporada dividida por equipes, parecido com o que acontece na Record, ao favoritos de um lado, os novatos de outro e no meio do programa, a equipe com o maior número de pessoas ganharia alguma coisa bacana, vergonha na cara por exemplo, talvez?

  • PUBLICO ESCOLHE OS RETORNANTES
Como eu disse no ponto anterior, seria interessante ver os favoritos mesmo do público retornando ao confinamento e não os queridinhos do Boninho, que né? Se for assim, a gente terá a Natália em toda edição com retornantes... Pensando nisso, tenho uma ideia bem bacana e parecida com o que a Globo fez no “BBB13”, lá em 2013 eles fizeram paredões virtuais para testar a popularidade de algumas pessoas, claramente aquilo não deu em absolutamente em nada na hora de selecionar o elenco, mas agora, para se redimirem, eles poderiam por exemplo, contratar 25 ex-participantes e abrir uma votação online, na qual os 10 mais votados (sendo cinco mulheres e cinco homens) retornam ao confinamento na temporada atual, olha que bacana? Do jeito que o povo adora uma votação, aposto que teriam números impressionantes no final da dinâmica.

  • FAZER OS PARTICIPANTES SE COMPROMETEREM MAIS
Nem só de ex-BBB vive essa lista, para a temporada 20, eles também poderiam mexer um pouco na dinâmica do jogo, poderiam fazer mais paredões como aconteceu na eliminação da Tereza (BBB19), sabe? Que a casa precisava decidir quem seria o eliminado. Isso com certeza daria uma movimentada maior e tiraria aqueles participantes que só querem fazer cena de sofrido para noveleira comprar. Eles seriam obrigados a ter que pensar em estratégias, fazer alianças e seria o fim do odioso “estou jogando com o coração, não tenho nada contra ninguém, falta de afinidade”. Claro que eu sou uma pessoa consciente e sei que a Globo não cortaria os poderes de voto do público, então, o que poderiam fazer para compensar isso? Votação aberta para decidir vantagens no jogo, quem ganharia imunidade, quem disputaria certas provas, quem teria mais conforto em algum momento, coisas desse tipo.

Bacana as ideias? Gostariam de ver alguma delas na televisão? Marquem o Boninho nessa matéria então! Quer que essa matéria tenha uma parte dois? Então é só pedir por aqui mesmo nos comentários ou então lá nas minhas redes @odiariodebrunaj (Twitter/Instagram) ou nas redes do Votalhada, que eu volto correndo com mais ideias para vocês!

Bruna Jones - @odiariodebrunaj

As opiniões emitidas nesta coluna são de responsabilidade exclusiva
do autor das mesmas e não expressam necessariamente
as da administração e colaboradores do Votalhada.



25 agosto 2019

MasterChef | Rodrigo Massoni é o grande vencedor do reality, por Lédson Guimarães



Texto recebido em 26/08/2019

E chegamos à grande final do MasterChef 2019, que consagrou o paulista Rodrigo Massoni campeão e na qual, felizmente, pudemos acompanhar um embate protagonizado por uma dupla de competidores de alto nível. O caminho para eles até aqui não foi fácil, ambos participaram de uma edição caprichosa na escolha dos desafios culinários e tiveram de enfrentar os picos gastronômicos esporádicos de adversários, digamos assim, arroz com feijão.

À frente de muitos classificados, a mãezona Lorena Dayse chegou chegando na cozinha do programa e rapidamente despontou como forte candidata às finais. Ligeira nas panelas e nas respostas, dona de todo o coentro, a piauiense arretada sempre buscou imprimir a própria personalidade forte e o orgulho natal nos pratos através de receitas afetivas.

Do outro lado, de poucas palavras, poucos sorrisos, poucas lágrimas (e pouco equilíbrio com o sal), mas de imenso coração expressado no ato de cozinhar, Rodrigo Massoni saiu sorrateiramente dos cantos da cozinha para mostrar que não estava ali para fazer amizades e nem para se envolver com picuinhas de jogo, com toda a calma do mundo o foco era por em prática os estudos e o talento. Ele estava em casa agora; antes, o enclausuramento de um escritório sufocava a verdadeira vocação do engenheiro ambiental: produzir satisfação, com um gesto de amor, através do paladar.

Sabores, texturas, temperaturas, técnicas, produção visual e controle emocional, requisitos essenciais nas avaliações do jurados, tudo isso nós vimos em abundância na trajetória dos finalistas da décima edição do MasterChef Brasil. A bagagem que trouxeram aliada ao empenho fervoroso permitiram-lhes alcançar mais depressa que seus colegas o título referido pelo chefs como “semiprofissionais”. A soma de vitórias individuais e em equipe deixa mais claro: Lorena, 11 e Rodrigo, 9.

A prova conclusiva dessa disputa foi simples como tradicionalmente ocorre nas finais do MasterChef Brasil. Lorena e Rodrigo precisaram criar um menu autoral completo para servirem a Fogaça, Carosella e Jacquin dentro de uma hora para cada uma das três etapas do processo.

Nada fugiu do habitual, exceto pela ausência marcante do coentro. Os finalistas estavam confortáveis com suas escolhas para o cardápio e Rodrigo não fugiu da calmaria extrema que lhe é característica, nem mesmo diante do alvoroço da torcida por Lorena vinda do mezanino.

De modo geral, a piauiense apresentou um conceito criativo interessantíssimo remetente a fatos históricos e geográficos de seu estado de origem sob composição única e refinada, no menu que denominou “Uma viagem pelo Piauí”. O maior destaque fora o prato de entrada, um ravióli de vinho branco recheado com caranguejo e emulsão de bacuri. O ravióli feito com gelatina transparente surpreendeu a todos e assustou Paola, que imaginou que a gelatina teria gosto forte e atrapalharia o sabor do conjunto.

Rodrigo compôs o menu apelidado de última hora de “Meu mundo” e teve como entrada um tortellini de camarão com caldo asiático; barriga de porco com feijão manteiguinha Santarém, para o prato principal, e sorvete de coco com gengibre e limão para a sobremesa.

Lorena complementou seu cardápio com um carneiro ao leite de coco com baião de dois de feijão verde para o prato principal e um crumble de mel com pólen, sorvete de coco e abacaxi na cachaça com chantilly de mel para a sobremesa. Tudo e todas as escassas críticas negativas pareciam apontar para a vitória da nordestina.

As avaliações dos jurados também não fugiram da cartilha costumeira das finais do programa, como que para formalizar uma cerimônia de competição equilibrada, bonita e emotiva, quando magicamente os participantes parecem acertar a mão nas três receitas, independente de qual seja o tempo estipulado, e a sobremesa fica encarregada de apitar o desempate. Outro ponto negativo das análises finais das temporadas mais recentes tem sido a crítica minimalista, rasa. Entendemos muito pouco quais foram os fatores determinantes para definir as escolhas de melhor prato.

No entanto, nada disso estragou o espetáculo e a sensação de uma final justa e merecida, fosse para quem fosse a vitória. Meus parabéns aos dois finalistas e sucesso em suas carreiras! Agora ficamos no aguardo do MasterChef: A Revanche, que promete trazer em outubro alguns dos mais queridos ex-cozinheiros para uma nova batalha gastronômica.

Meus agradecimentos a quem ficou comigo até aqui e à equipe do Votalhada, especialmente, ao Luís, que confiou e cedeu esse espaço para minhas impressões. Abraços a todos!