21 fevereiro 2020

Pyong é o 5º Anjo do BBB20 e indica os escolhidos para o Monstro



Após várias rodadas, Pyong é o novo Anjo do BBB20. Ele joga água em Manu e se torna o último participante na prova. Todos os confinados correm para cumprimentar o hipnólogo, com exceção de Felipe, que apenas assiste da bancada da cozinha da Xepa.

Pyong excolhe Babu e Felipe Prior para o castigo do monstro.




Fonte: Gshow

20 fevereiro 2020

Rafa é a 5ª Líder do BBB20 | Comente





O Votalhada faz um resumo de várias enquetes divulgadas em sites e blogs que comentam Realities. Apresenta o resultado em tabelas claras e faz as médias aritmética (simples) e ponderada (proporcional) dos resultados. Durante as votações, geralmente as pesquisas são publicadas a cada 3 horas.

Agata-Triste | Casa sem espanto


Texto recebido em 20/02/2020

A saída da Lucas Gallina deixou uma espaço estratosférico de descontração, alegria, conforto, ente as meninas pois mesmo não sem perceptível a vista d'olhos, já percebe-se uma cratera vulcânica de novas movimentações, para o bom entendedor.

Todas elas, com raras exceções se soltaram, rebolaram com vontade sem nada de repressão. Poderia o badboy estar causando este mal estar ente algumas, neste mês inteiro que passou!?

Gabi anda na corda bamba com seu love, love, love. Confiante demais, mas sob constante ameaça, preocupante, de uma certa vampira predadora... e não é VH!

A sensualíssima Ivy, desmorona em segundos, com tudo que a natureza generosamente lhe deu, ao abrir seus lindos lábios. Não tem lábia, coitada!!! C &% #*%@$ à parte nada mais da pra aproveitar. Tão oco quanto ela, é o queridinho Danielzinho, que vive de pingente na Marcelina. Abriu a corrente, lá se foi o pingente ralo abaixo...e fim da história.

Mari, Giselli, Flyslane, Munu estão numa vibe uníssona. Aparecem de quando em quando cada uma com seu espetáculo particular, dissonante. Thelma depois que deu aquele xixi em Lucas, e da crise de fome na madrugada ganhou momentos de fama e até dançou bundinha na festa pancadão.

Prior montado num porco selvagem não se valeu do mau exemplo dos últimos a deixar a casa, diga-se, todos atletas e jogadores, e persiste em permanecer no jogo do rebelde sem causa e vai acabar indo para o mesmo matadouro. Estava se saindo bem, entrando num clima amigável até a porca piar e ele enfurecer. Babu tenta , discretamente, timidamente alertá- lo... muito sutilmente mas esse não escuta nada, está cego, surdo, e não para de rodopiar pelo quarto. Só vê sua irracionalidade. Melancólica e derradeira decisão...

Se ouve falar em Quarto Branco. Algo desta potentosa grandeza precisa acontecer com esta casa, apavorar mais um pouco seus participantes, que não seja com festas, lojas, comilanças, desfiles, jogos. Espantar, assombrar, ameaçar nossos amigos, pra fazer valer este esforço feito aqui fora por todos nos.



O que faltou dizer de Lucas, por Rogério Luís Trevisan


Texto recebido em 20/02/2020

Assinando embaixo de tudo que minha querida amiga Hanne, já descreveu sobre o elemento Lucas GALINHA. em mais um de seus textos brilhantes e sempre rico de detalhes, quero pedir aqui que ela me permita usar um gancho de seu texto, e por ser otimista, já antecipo  mais algumas "poucas palavras" (rsrsrsrs) ligadas ao seu texto.

Lucas, é daquele tipo de fofo, galã, bonitão, alto e sensual que as mulheres amam, dão moral, elogiam e querem por num potinho,... (moda do momento)
Eu estou de pleno acordo que não só o Lucas, como muitos ali da a mesma vontade de  colocar num potinho,... e mandar pra um laboratório de exames fecais.

Me desculpem a grosseria, mas infelizmente não consigo outra comparação melhor que essa a uma laia de "gente" que usa o termo "comer" uma pessoa, achando bonito e o garanhão por isso, pior ainda se fazer de vítima depois fingindo demência.
Militâncias a parte, esse termo "comer alguém", é grosseiro, falta de respeito a vítima e a quem vê e ouve essa baixaria, ...fico imaginando a família a par de um verme desses falando um monte de lixo dos seus filhos, sem o poder de comunicá-los.
Jamais seria do meu caráter deixar um ogro desse no jogo, somente pra ver fogo no parquinho que mais parece a casa da mãe Joana.

Saiu quem tinha que sair, pq infelizmente o público só pode eliminar um.

Babu

Alguém já conseguiu definir o jogo dele?
Combinou com PX de votar em Pyong, em seguida esse vira seu "filho", diz que não é influenciável, mas escuta Pyong e vota naquele que dizia ser seu parceiro de assuntos esportivos, que um dia antes lhe concede a chance de ganhar uma moto. Até outro dia, criticava o Prior por tê-lo acordado do seu sono de urso, de repente vira parceiro dele e inimigo mortal de seu "filho", e mesmo vendo sair os ratos de esgoto em fila, após as informações externas resolve se aliar aos remanescentes, ou seja, um jogo no mínimo estúpido e imbecil.

Victor Hugo

Uma planta girassol, saltitante, rebolativo que só sabe girar sua cabeça pra esquerda ou pra direita buscando seu astro rei Sol, vulgo conhecido como GuiVERME. Sua paixão platônica por esse narcisista miserável, que se acha o centro do universo, talvez tenha sido seu maior destaque até aqui,... hora vejam vcs!
O Sol talvez seja apenas um narciso que se transformou em cravo e brigou com o girassol que se transformou em rosa.
A Rosa mesmo brigado com o Cravo, consegue desviar o alvo que seu amado tinha sobre sua cabeça, mas não consegue evitar a berlinda por uma estratégia furada e um anjo jogado no lixo. Mesmo assim conseguiu serenidade só por não ter sido alvo direto de seu amado.

Esse coitado girassol de óculos, tenta o tempo todo chamar atenção da casa e do público, forçando conversas cientificamente lógicas e corretas baseadas no ramo da psicologia, cansativo e muito chato, mas como todo psicólogo que entra no BBB, acaba mais precisando desse serviço do que oferecendo, haja visto para quem se lembra da Thaís do BBB 6 e do psiquiatra Marcelo do BBB 8, entre outros, inclusive a Teresa do BBB 19.
Ele não consegue se destacar como previa ou queria, pois seu conhecimento sobre tudo do BBB, ninguém se interessou em saber dentro da casa, virou plantinha, por não saber se impor e nem "tretar" qdo se deve, que é a língua que o público muito venera dentro de um BBB.

Lucas

É ÓÓÓbviuuu (a palavra mais querida desse embuste que me torrava a paciência) que Lucas GALINHA não sairia com máxima rejeição desse paredão, disputando com um girassol, que só sabe virar a cabeça pra esquerda e pra direita e um urso resmungão, que só pensa em dormir, só pensa em brigar por causa de comida e pensa que é cantor, qdo mal sabe sequer falar,... alguém consegue entender alguma coisa que esse urso fala? ... Eu não!
Principalmente qdo fala com aquela bocarra cheia de comida e qdo a vuvuzela da Flayminga, bebe uma piscina de cachaça e começa a berrar feito uma mula empacada, enquanto o urso babão tenta balbuciar alguma frase.

E aqui cabe o que o apresentador Paulo Vieira, disse assim que acabou o programa.
"_ O mais engraçado é que os que ficam no jogo, ficam achando que são fortes,... não entendem que, o que saiu é que era odiado!"

Se uma mãe não se orgulhar de um filho e querer dar força enquanto lhe jogam pedras, quem é que vai dar? Mas como minha amiga Hanne, disse, ali não era a hora nem lugar de dizer isso, pareceu mais uma afronta ao público que tanto o criticou e cobrou respeito e educação, ficou ainda mais feio, pois vimos ali que realmente sua educação ou a falta dela veio de berço, como ele mesmo tanto enfatizava.

Para lacrar a noite, conhecemos a futura corna e vítima de violência doméstica, sua namorada lhe declarando apoio e muito amor... Alô Datena,... na tela me dá "ibagens", por favor, mais um caso de namorada imbecil que escolhe homem pela capa e sai escolhida a ser mais uma vítima, a empregada que se casa pra fazer comida e cuidar das roupas e da organização da casa a MANDO de um marido imbecil, ignorante e cafajeste. Segundo o próprio Lucas, disse que queria se casar pra ser cuidado pela esposa, que além de ter que cozinhar pra ele, pq o ogro não sabe nem fazer miojo, teria até que arrumar a cama e cuidar de suas roupas.

Esse livro de linda capa, se abre no BBB, e já em seu primeiro capítulo frustra a todas as mulheres embebecidas de ilusão e romance, princesas do castelo cor-de-rosa esperando por seu príncipe encantado, as Fionas da vida vendo seu príncipe se transformando em ogro assim que este começa a abrir a boquinha de boneca Anabelle.
Sai tanta M****,... mas tanta, que por um momento achei que sua boca tinha trocado de lugar com seu órgão excretor, até pela semelhança!
Tipo assssiimmmm:
Eu não "como" fulana pq não estou com fome!
Vou pegar beltrana pra acabar com o relacionamento dela e queimá-la com o público!
Vou dar 0 estalecas e que morram de fome, pq isso é um jogo!
Entre tantas outras pérolas a pior de todas:
Eu vou ficar e ser o campeão pq faço o público dar risadas!!

Espero do fundo de minh´alma, que suas estalecas sirvam agora pra comprar uma nova cara de pau. Pq essa já foi lambida e escarrada pelo público de tal maneira, que se eu fosse vc, mudaria de país lá pra fruta que te partiu.

É muito triste e lamentável que a produção escolha participantes dessa laia pra representar a nossa ala masculina, tenho certeza que existem muito mais exímios representantes do que esses embustes, tenho vergonha alheia por vc, impossível defender escrotos dessa estirpe, por mais que o feminismo dentro da casa seja apelativo e exagerado.

Desde sua chamada, já não gostei,... se via em seu olhar e modo de falar com sotaque exagerado de Bozena, Pato Branco, que seria arrogante, narcisista, playboy metido criado a pão-de-ló!
Esse livro sim, eu julguei pela capa pq senti um conteúdo podre e maledicente, sem nada a nos ensinar que prestasse, e me provou isso assim que colou com seu amigo retardado Prior, no primeiro líder para conspirar votos ao "japa", como vcs sempre gostavam de chamá-lo por provocação e preconceito aos asiáticos como muitos assim são, e inclusive se juntavam no quarto do líder (PX),  para fazer chacota e deboche  no seu jeito de se vestir, andar ou gesticular. O famoso bullying, que nenhuma polícia apareceu pra investigar o crime. (Aliás,diga-se de passagem  tbém crime de assédio por Prior e Guiverme, que cometeram sobre o Pyong, desacordado e bêbado que ainda estamos esperando satisfações).

Pena que suas 1850 estalecas, não sirva nem pra lhe comprar caráter, até pq caráter  não se compra, ou se tem ou não se tem, e se sua educação veio do berço, seus pais devem ter trazido esse berço do inferno com um filhote de diabo loiro incluso de brinde.

Adeus Bozena, Adeus Pato Branco,... Adeus estalecas desnecessárias, faça um bom proveito delas, no Pic-Pay, gaste com sabedoria e moderação, já que os milhões de REAIS, ficaram no lúdico., por queeee???:
Deu o ÓÓÓbvvviuuu,... Lucas GALINHA,... #ELIMINADO

Bjo e abraço a todos.
Até a próxima.



19 fevereiro 2020

Festa do Líder Guilherme - BBB20 | Comente!



Líder da semana, Guilherme é o anfitrião de uma festa, onde, inclusive, além de curtir com os brothers, pode se despedir em grande estilo de seu reinado.

Este espaço está criado para que você participe. Deixe seus comentários sobre essa noite!





O que faltou dizer de Lucas Gallina, por Hanne Brandenburg


Texto recebido em 19/02/2020

Um jovem bonito, loiro de olhos azuis, que agrada por sua aparência, quem o vê pela primeira vez.
Quem for da minha geração vai lembrar que um rapaz bonito como o Lucas era apelidado de “pão”, o famoso “gato” de hoje em dia. Fiz esse lembrete para poder justificar que, de nada vale uma boa casca, se o miolo está mofado e que poderá contaminar todo o resto. No caso específico do Lucas, sua a beleza física, foi totalmente prejudicada diante de sua pobreza de caráter, como ser humano. 

No texto que escrevi a respeito do Hadson, lembro de ter feito uma observação sobre o comportamento de cada pessoa ter sua origem em sua educação familiar e formação para o mundo. Características de personalidade, a meu ver, são natas, ninguém consegue mudar, porém o caráter, esse sim diz muito de como fomos educados por nossos pais. Pois bem, ao recebê-lo, logo após sua eliminação, por motivos vergonhosos para muitas pessoas, a mãe do Lucas o abraçou dizendo que era seu orgulho, aprovando totalmente suas atitudes como participante do BBB20. Claro que o momento era pra resgatar a saudade, que toda mãe sente por um filho que estava confinado, mas poderia ter ficado calada e não demonstrar, de forma tão explícita, a origem das atitudes reprováveis dele. Com essa recepção e aprovação de sua mãe,    ele criou coragem para dizer no Mais Você que, se tivesse continuado na casa, daria 0 estalecas de novo. Em contradição, querendo limpar um pouco a barra junto ao público, vem com um discurso que no BBB ninguém passa fome, que não se deve desperdiçar comida, porque tem gente passando fome nas ruas. Infelizmente temos que admitir existir esse tipo de pessoa em nossa sociedade e os programas como o BBB, servem para termos esse choque de realidade. 

Voltando para a característica que mencionei no início, sua beleza física, fez com que fosse admirado e desejado por algumas mulheres da casa, que só não viram seus intentos satisfeitos por não terem recebido reciprocidade da parte dele. Não que o motivo fosse respeito por sua namorada, essa máscara ele deixou cair a partir do momento que aceitou compactuar e por em prática, junto com seu comparsa Petrix, um plano para desestabilizar as moçoilas comprometidas da casa, sem a menor possibilidade de serem desmascarados, não fosse a chegada do casal Ivy e Daniel, da Casa de Vidro, que jogou um balde de água fria em todos os projetos escusos dos “machos escrotos”, como passaram a ser chamados pela Marcela, (uma das que mais investiu prá cima dos fortões Petrix, Lucas e Guilherme). Com as revelações bombásticas que os homens maravilhosos, cavalheiros adoráveis até então para elas, não passavam de cafajestes, com planos sórdidos para desestabilizá-las e totalmente reprovados pelo público, o clima na casa virou de tal forma pro Lucas, juntamente com seus “amiguinhos”, que a eliminação sumária, em sequência seria inevitável.  

Com as eliminações do Petrix e do Hadson, restou ao Lucas seguir seu jogo de convivência zero, tendo apenas o Felipe Prior, uma pessoa fácil de ser manipulada, uma faísca que nem precisa de muito para pegar fogo, que lhe dava palco e ouvidos para compactuar com ele toda sua raiva e desprezo pela situação tão imprevisível que o jogo tomou. Em muitas de suas babaquices chegou a dizer que ele e o Prior eram os únicos que tinham perfis para ganhar o BBB20, ou seja, entrou se baseando em edições anteriores, ou até na mudança de comportamento do público que vota para decidir os rumos do programa e que o apoiaria, caso fosse o vilão da trama, armando todo tipo de treta, como forma de “alegrar” a casa. Perdeu, playboy! Diante da constatação com a virada do jogo prá cima dele, permaneceu, durante todo o tempo que ainda teve na casa, isolado e excluído do grupo maior, com algumas exceções de mulheres como a Bianca, uma das principais vítimas do plano escuso, que sempre defendeu ouvir os dois lados e aceitou suas justificativas para o fato, e a Flayslane que nunca escondeu sua paixão por ele.  Em nenhum momento sequer pensou em mudar suas estratégias, e assim, cavou sua própria sepultura, assinando seu atestado para ser o eliminado na fila, com a “brilhante” ideia de não contribuir para a comida coletiva da xepa. Conseguiu apoio de parte do público que gosta desse tipo de participante, o que possa afirmar que, quase deu certo, tendo quem defendesse sua permanência na casa e o Vitor Hugo fosse o eliminado, ainda bem que não era maioria, e o que ocasionou a não existência da rejeição a ele, como muitos desejavam (e eu me incluo). 

No fim, prevaleceu o melhor, em minha opinião, para que não tenhamos mais que assistir em um programa que procuramos entretenimento, jogo na sua mais fiel essência, e sermos obrigados a ver exemplos de seres humanos que não gostaríamos de conviver em nosso dia-a-dia ou termos como amigos.

Para finalizar, quero deixar claro que, por ter gostado das eliminações do Petrix, Hadson, e Lucas na sequência, defendo o favoritismo ou “poder” das mulheres com bandeiras de feministas, dentro da casa, não, apenas que participantes com atitudes como eles, nunca serão meus favoritos e nem torcerei que sejam campeões. Não consigo entender a falta de percepção da produção que seleciona o grupo, para insistir em personalidades fortes, para abalarem as estruturas do jogo, sem senso crítico que não teriam a menor chance de irem muito longe, ao declararem em entrevistas estarem confiantes em estratégias do tipo, que até podem enganar seus adversários na casa, mas ao público, principalmente que assiste 24h no pay per view, não conseguiriam.

Jogo que segue! Resta ainda o Prior e o Babu que se não entenderam o que o Tiago disse em seu discurso de eliminação do Lucas, que nada adianta irem com tanta velocidade, errando mais do que acertando, e darem com a cara no muro, serão os próximos da fila e farão da porta de eliminação a serventia da casa.

Um abraço a todos!!



18 fevereiro 2020

Preferências do público até o 4º Paredão | BBB20


As três enquetes de preferência realizadas pelo Votalhada nesta semana foram zeradas após o resultado deste 4º Paredão. Veja logo mais abaixo os prints dos resultados antes de excluir o participante que saiu do programa, Lucas.














Lucas eliminado do BBB20 com 62,62% dos votos



Lucas foi eliminado do BBB20 com 62,62% dos votos. Ele perdeu a disputa para Babu e Victor Hugo na votação pelo GShow.com e deu adeus ao confinamento nesta semana. 

Pesquisa FINAL (21:00) - BBB20: Quem você quer eliminar? Babu, Lucas ou Victor Hugo?






TODAS AS PESQUISAS














O Votalhada faz um resumo de várias enquetes divulgadas em sites e blogs que comentam Realities. Apresenta o resultado em tabelas claras e faz as médias aritmética (simples) e ponderada (proporcional) dos resultados. Durante as votações, geralmente as pesquisas são publicadas a cada 3 horas.

BBB é uma salada de percepções, sensações, sentimentos e opiniões, por Luís Lima


Texto recebido de Luís Lima em 18/02/2020

BBB é uma salada de percepções, sensações, sentimentos e opiniões.

Nesses últimos quase 20 anos, acompanhei o BBB em todas as suas fases. Das ligações telefônicas (do fixo ao celular) até a era da internet mais globalizada; a era da virtualização, dos blogueiros, dos influencers. Do tempo em que o sofá poderia reverter as enquetes virtuais sobre o paredão, como por exemplo, a vovó Naná que, nos 45 minutos do segundo tempo, fez um golaço e o público comprou a estorinha da vovó com a netinha Ana Carolina e a deixou ficar no programa.
Pois bem, os tempos são outros, a geração é outra. A geração X,Y e Z ou milleniumm, a geração dos computadores, da internet, trouxe um novo modo de comportamento e pensamento social que destoa em vários pontos daquela geração rebelde que lutou pela redemocratização do Brasil, que era mais ideológica, em contraposição a esta agora que é "a-ideológica", é mais virtual. A forma de sentir, observar e pensar o mundo, a vida, tomou novas cores sociais, digamos, as cores da diversidade social.
Há, como em todos os tempos de grandes mudanças tecnológicas, os prós e os contra.  E todo bônus traz um ônus. É a tecnologia que pode ser usada tanto para o bem como para o mal. E assim a humanidade se depara com essa dualidade da vida: o bem e o mal. O BBB também, com seu maniqueísmo próprio.

O BBB é a outra face da moeda chamada Realidade. Ele expõe muitos personagens que vieram do mundo real para se expressar no mundo virtual, da televisão, da internet, agora ambos interligados. E cada participante é o que é no BBB, como é aqui fora. Dizer, como fez Petrix ou Hadson, que estavam num jogo e por isso o comportamento destoou do daqui de fora é reproduzir uma hipocrisia social tal qual: "ah, foi a bebida"; "ah, ali é uma panela de pressão". Será? Não seria uma desculpa esfarrapada para se livrar do julgamento ácido popular? Os preconceitos se manifestam, se não houver a vigília da língua, melhor, do pensamento.
Bem, o BBB-20 é um caleidoscópio de pessoas tão diferenciadas no seu modo de ser e pensar que nós espectadores nos identificamos com alguns que parecem estar de acordo com a nossa praia, como também repudiando aqueles que contrariam a nossa visão de mundo, nossas crenças e valores morais, logo fora da nossa bolha.
Esse confronto não identitário entre A e Não-A se dá abertamente nos comentários que vemos ou lemos. Pois, cada comportamento BBB, uma identificação peculiar com algum de nós, a saber, há os que não acham que Petrix, Prior, Hadson e Lucas não fizeram nada demais e há os que pensam diferente e acreditam que o que eles fizeram foi de uma amoralidade e/ou imoralidade que ferem a Ética dos bons princípios, das grandes virtudes. Deveras, os vícios machistas são repugnantes frente à Ética, à Lei, à Justiça e à Religião. Logo, a reação negativa daqueles que defendem o "politicamente correto" é instantânea. Isso é bom. Não podemos mais ponderar falas, ações, pensamentos que tem como núcleo a ofensa ao outro, à dignidade alheia. Passar pano é a máxima da vez dos incautos.

A salada de legumes tão diferenciadas de BBBs faz com que as Redes Sociais entrem em polvorosa com seus julgamentos plausíveis ou cruéis a cada comportamento expresso lá na casa. É um julgamento, na maioria das vezes, perverso. Mas é o preço que pagam os participantes se cometerem algum deslize moral.
A salada de frutas aqui fora também é diversificada em julgamentos, comentários e decisões. Muitas vezes acho que são mais cruéis e amorais aqui fora do que lá dentro. Mas essa diversidade é o espelho de uma sociedade plural que tem suas nuances sui generis.
Uma vez disse aqui que o Espelho da Vida não reluz tanto, que pena, que pena! Isso é a chave de compreensão para entendermos o espelho que nós escolhemos para nos refletir, seja no BBB, seja na Política, Religião etc. Quando olhamos para alguém, buscamos nesse alguém algo que se parece conosco. Por isso, o outro é o espelho no qual queremos nos ver. E o espelho social tem várias imagens, ícones; muitas vezes imagens distorcidas e ícones falsos. Portanto, aquele que escolhemos para nos representar tem uma similaridade com aquilo que somos e pensamos. Eis o princípio da Identidade: A=A. Eu me identifico com este ou aquele ou aquilo. E é o processo de identificação que faz a gente escolher o ícone BBB como vencedor.
Assim sendo, cada um de nós é uma singularidade no meio de uma pluralidade (social), o indivíduo no coletivo. E a singularidade que se tornar mais plural, fará o vencedor do BBB. BBB para vencer tem que ter a maioria máxima ou mínima. E a soma das singularidades que formar a maior pluralidade é que vai fazer um BBB ser o Campeão.
Para finalizar essa reflexão tão esquizofrênica, apesar de cada um de nós ser um tipo de fruta, o importante é que podemos estar na mesma salada diversa. Estamos na mesma Nave Mãe, a Vida. Desta forma, nós temos a esperança da União Humana, de construir a Unidade na Diversidade, ser Parte do Todo, sem ser excluído por sermos tão diferentes e ao mesmo tempo tão iguais nessa dialética da vida social. Que tenhamos, ao menos, um final saudável, sem ser necessariamente Feliz. Beijos!  

Luís Lima - Luiz_113@hotmail.com

As opiniões emitidas nesta coluna são de responsabilidade exclusiva
do autor das mesmas e não expressam necessariamente
as da administração e colaboradores do Votalhada.