14 abril 2019

O que faltou dizer de Alan e Paula, por Luis Lima


Texto recebido em 13/04/2019

Primeiramente, quero agradecer ao Votalhada o convite para escrever textos sobre os participantes do BBB-19. Para mim foi um grande prazer fazer análises sobre os candidatos, mesma que a imparcialidade não seja 100%, e jamais será, seja quem for escrever, ainda que relate só fatos sem fazer juízo de valor, porque até relatar fatos pode inserir camufladamente um juízo de valor ou ser interpretados de acordo com o que se vê e sente. Como somos juízes desse jogo, fica quase impossível tal meta. E também agradecer aos leitores que fizeram seus comentários elogiando ou criticando os meus textos. Porque nunca a verdade e a razão pertencerão a uma só pessoa, já que não há perfeição na percepção, no sentimento, no juízo e conclusão do ser humano imperfeito. (A redundância foi proposital, pedagógica).

Dito isso, vamos falar dos finalistas que não deixam de ser vencedores deste BBB: Alan e Paula. Dois personagens carismáticos, mas tão diferentes ao mesmo tempo. Poderia defini-los como a razão contida e a emoção sem noção. Um o oposto do outro, nesse sentido. Comentar sobre suas caminhadas no jogo, aí que a coisa se torna mais diversa mesmo, ou seja, o mudo e a falastrona. O bicho coala e a hiena ululante. Parecidos apenas na loirice. Um, simboliza o Respeito, a outra, o Deboche. E o Deboche venceu, cativou a maioria. O Respeito virou chatice. Enfim!

O que dizer sobre Alan?

O grande Irmão, não no sentido original, mas no sentido de um grande “fraternizador”. Um homem-anjo jamais visto em todos os BBBs. Alan foi isso, o verdadeiro Ser Humano que tem mais um adjetivo, solidário: Ser Humano Solidário.

Alan entrou no BBB junto com Paula e saiu junto com ela de mãos dadas, abraçados. Eis que nunca esperávamos que os dois tivessem o mesmo destino de saírem como entraram. Coincidência ou destino? Eis o mistério da vida! Tímido como Danrley no início do programa, Alan protagonizou um romance com Hana. Logo quem? Com uma pessoa totalmente diferente dele, a saber, o silêncio + grito = love story: O silêncio se relacionando com o grito ou a paciência em sintonia com a impaciência. ´

É assim que começa a trajetória de Alan no BBB. O primeiro casal da casa e o primeiro a se separar por um paredão. Alan, sozinho, foi acolhido pelo grupo Gaiola. Essa sintonia era natural, já que Alan tem uma relação tão carinhosa com os animais abandonados que consequentemente também não poderia deixar de ter uma relação amorosa com os que sofrem discriminação social: o negro, o homo e o pobre. E ele, um animal abandonado no BBB. Mas o que mais se aproximou dele foi Rodrigo que viu no Alan um homem de verdade, sem preconceitos, doce, sem deixar de ser viril, tendo uma empatia com os “diferentes” dele. Essa é a palavra-chave para a gente gostar de alguém: empatia.

Alan sempre era o bode expiatório das escolhas: “vou votar em você, Alan”; “desculpe, vou excluir você, Alan”; “Alan, não leva mal, mas vou te pôr no ‘tá com nada’; e assim Alan era o alvo até mesmo do grupo Gaiola, isto é, dos dois grupos. Por isso que Carol e Paula disseram que ele era o apêndice do grupo Gaiola, quer dizer, era a ponta a ser cortada, se fosse possível. Mas houve um momento na Roda do Amor que Alan recebeu o afago de Gabi e Rodrigo. Gabi para Alan: “acho que nunca tive contato com ninguém que entendesse a minha dor, sobre a minha doação, em 32 anos de vida”. De Rodrigo para Alan: “Pouquíssimas pessoas eu permito que cuidem de mim, e você cuida de mim... obrigado. (Veio o choro dos dois)”. Para mim, a Roda do Amor foi o ponto crucial deste BBB, num mundo tão carregado de egos hostis e boçais, cada um querendo impor suas opiniões como verdades absolutas, sem diálogo, sem discussão racional.

Alan foi o menino do Rio, calor que provoca arrepio, dragão tatuado no braço, calção corpo aberto no espaço, coração, de eterno flerte, adoro ver-te; menino vadio, tensão flutuante do Rio, eu canto pra Deus proteger-te... O Alan é isso, a natureza humana in natura. Um homem tardio que não percebe a malícia humana rápida, porque confia no ser humano gratuitamente. Pois, como diz Sartre: “o amor é gratuito”. O Alan chegou à final pelo desejo dos deuses do olimpo, pelo olhar cândido da alma, pela fortuna dos poucos e, principalmente, porque o Universo conspirou a favor. Empresário e administrador em Criciúma, Alan nos deu uma lição de como ser humanamente humano. Feliz Vida, rapaz de 26 anos.

O que dizer de Paula?

Falar de Paula é um exercício de ética relativista. É um desafio à imaginação e à razão humana, ou seja, imagem e pensamento tentando se conciliar. Porque não é fácil defende-la do seu non sense, das suas falas insanas carregadas de pré-conceitos ou conceitos malformados, não diria nem preconceitos no sentido pejorativo, ou seja, de intransigência na forma de pensar e conceber o mundo. Paula é uma pedra bruta a ser polida. Porque não acredito que ela seja má. Acredito que ela seja mal informada, alienada; mesmo que se exija de uma advogada certas posturas do politicamente correto.

Comecemos pelo começo. Paula e Alan entraram juntos. Conheceu a grande amiga que nunca teve aqui fora, a não ser a porca Pipa. Talvez a porca tenha sido seu escape da solidão. Mas como entender a psicologia de Paula? Ela nos dá algumas pistas: alegre, debochada no falar, sarcástica, irônica, mas também amável quando quer ser e até acolhedora. O seu choro me revelou uma Paula muito melhor do que seu sorriso sarcástico, cínico e debochado. Isso deve ter conquistado um público que assim se espelha nela.

Sua única relação verdadeira, talvez, tenha sido com Hari com quem se identificou à primeira vista, quer dizer, paixão ao primeiro olhar, contato etc. Hari e Paula formaram uma dupla do barulho. Se tivesse que nominar Paula com um nome de um filme, seria A Pestinha. Sapeca, moleca, divertida, engraçada eram suas qualidades, suas virtudes humanas. Porém, a falta de informação sobre as religiões afros, quer dizer, por informações distorcidas da umbanda ou candomblé, Paula cometeu racismo religioso, mesmo que inconscientemente. Natural numa sociedade de uma cristandade ignorante. Porque a gente erra e peca muitas vezes por ignorância, por falsas concepções que a gente inocula e cultua no pensamento. E aí que Paula sapeca se transformou numa Paula “racista”. Porque as vezes comentemos racismo sem saber que cometemos.  Deixo em suspenso isso, até que a Justiça se expresse.

Paula, sem dúvida nenhuma, foi a que mais provocou os adversários na casa e seu ponto forte foi questionar o jogo do Gaiola, do Rodrigo e do Danrley. Bateu de frente com adversários e deu a cara à tapa. Não teve medo, porque medo não faz parte da sua existência humana. Contudo, a falta de medo pode nos levar a situações embaraçosas, perigosas. O medo é freio; é prudência. Dançava, curtia, falava mal, falava bem, dela mesma e dos outros. Parecia ter consciência das suas mierdas, tanto que se autocriticava, dizendo morrer pela boca. Sentiu-se algumas vezes sozinha, acuada no jogo, tendo só Hari e depois Carol como parceiras no jogo. Mas quando percebeu que não sairia dos paredões, seu índice de confiança aumentou e assim conseguiu dar voo no jogo.

Queria uma final com as duas amigas. O que não aconteceu porque os deuses da conspiração não foram a favor de seu desejo. Uma metáfora que faço para tentar clarear o jogo. Chorou quando Hari foi expulsa, pois foi ela quem a pôs na final e, entretanto, gritou de alegria quando ficou na final com Alan, ao derrotar a parceira Carol. São sentimentos que vão do inferno ao céu e vice-versa. Ganhou dois carros da FIAT, cozinha da Cônsul, fora sapatos, óculos e, por fim, o prêmio maior.

Lendo agora suas últimas entrevistas, Paula disse que vai se retratar com os ofendidos e disse que não tinha a intenção de magoá-los, pois as palavras proferidas na casa sobre cabelos, religiões e olhares foram de uma pessoa que não tinha conhecimento profundo sobre esses temas do politicamente correto. Vai depor na terça-feira, junto com a advogada, sua irmã, e irá esclarecer tudo. Espero que Paula reveja seus conceitos, porque numa sociedade marcadamente racista como o Brasil, que não se assume racista, a carne negra é morta, assassinada, presa e humilhada todos os dias no Brasil. Brincar com a etnia negra, fazer humor preconceituoso ou dizer que há racismo inverso é de uma irracionalidade e ofensa gritantes à história. É desconhecer todo processo de estruturação cultural do racismo no Brasil, nas relações humanas, no olhar desconfiado do branco quando olha para um negro pobre, nos elevadores dos prédios, na pergunta a uma médica negra sobre em que apartamento ela trabalha como doméstica etc.

Paula não é nenhum monstro, é apenas uma moça politicamente alienada e que acredita que militância é algo negativo. Pelo contrário, por causa da militância emancipacionista, muitas coisas ruins no mundo foram abolidas ou criticadas como escravidão, discriminação social, exclusão, machismo, homofobia, transfobia, feminicídio etc. Que seja feliz com seu um milhão e meio, mas que recrie seu sarcasmo como graça e não como deboche. Boa Sorte, Paula.




88 comentários:

  1. Pra mim Alan é o Campeão por tudo que ele fez na casa com paciência e tranquilidade soube jogar nos momentos certos só tenho que parabenizar valeu Alan quanto a Paula sem comentários dessa racista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lima, você demonstra muita lucidez e imparcialidade quando afirma que "Paula pode rever seus conceitos". Quem sabe a experiencia no BBB a ajude nesse sentido. Nunca é tarde para as pessoas se reposicionarem na vida. Que o diga Hana e Alan (os dois "brancos" da Gaiola). A Hana confessou ser "ex-racista" e posters antigos dela revelam o seu deboche explícito para com a raça negra. Alan também tem alguns posters, tb antigos, com preconceito explicito em tres vertentes: gordofobia, machismo e racismo. Essas postagens dele foram apagadas no dia 09/04, mas ja haviam sido printadas (hehehe) e estão na mídia. Eu mesma já forneci o caminho para consulta dessas postagens. Quem não acredita, é só pesquisar. Então, esses "anjos" merecem perdão e a Paula não? Acho que ela não é racista, pelo menos nunca o foi explicitamente no BBB. Os perseguidores se baseiam em frases sem noção, em piadas (uma) sobre negros. Mas, quem nunca contou uma piada sobre negros, idosos, loucos, louras... que atire a primeira pedra. Em contrapartida, ela ja namorou negros e provavelmente não parou apenas em "selinhos". Como assim? Racistas não costumam ter contatos tão intimos com negros. A propaganda nazista, que ajudou Hitler a alcançar o poder,se baseou na máxima: "A Mentira repetida à exaustão assume forum de Verdade". Tenhamos respeito pelo próximo e cuidado com as nossas palavras. Deixemos para o poder judiciário averiguar a veracidade das acusações
      Lima, parabéns pelo texto.

      Excluir
    2. Para mim também, uma boa e bela planta que não feriu ninguém.

      Excluir
    3. Obrigado pela leitura e não sabia desses lapsos de Alan e Hana. Analisei os dois pelo que vi no jogo. Se for verdade isso mesmo, não for fake news, com certeza houve uma reviravolta em seus valores morais.

      Excluir
    4. Não. Planta nunca deveria ganhar reality.

      Excluir
    5. Luiz, acrescentando ao que Márcia relatou, "o militantismo único e engessado do #bbb19 resultou em propaganda do politicamente correto deu errado", e o que dizer da declaração da militante Gabriela ao ser eliminada: "Paula não merece ser campeã porque “Ela já ganhou uma Touro, já ganhou outro carro, tem dinheiro, tem piscina em casa, loirinha do olho azul e não tem problema nenhum com a vida”.??

      Excluir
    6. É um ponto de vista. Mas temos que ver o contexto desta fala, porque pedaços de fala pode, amputar o sentido principal. E numa época de fake news e montagens ou edições de fala, temos w ter um pé atrás.

      Excluir
    7. A fala foi exatamente esta Luis. Eu fiquei vexada pela Gabriela. Ela achar que está de boa falar isso, talvez os mocinhos estejam mais para vilões, ou nem isso, para apenas invejosos (e digo inveja de outro ser humano, independente da cor da pele, pois foi o que pareceu). E mais, a Paula tem sofrido ameaças pela sua integridade física pelos militantes dos negros e LGBTQ (depois de tanto execrarem a Paula eles estão fomentando o ódio e isso é simplesmente inadmissível e perigoso). Acho ainda importante falar, que Rodrigo disse que ficou decepcionado com Paula e Hary, mais só prestou queixa e hostilizou junto com seu grupo (como estudantes do Fundamental) Paula, inclusive na própria festa organizada pela produção (não é a toa que o Thiago Leifert não segue Rodrigo, Gabriela, Danrley....). Por último, já que os gaiolas querem fazer justiça, que entrem com queixa crime contra Maycon que falou sobre o medo da religião, Diego que falou sobre gay (mais os corajosos só prestaram queixa-crime contra a mulher, estão de parabéns!!) e Rizia que faça seu BO contra Rodrigo, por forçar beijo de língua sem que ela quisesse ou autorizasse e ainda, em mais uma de suas frases inocentes, dizer a ela que se fosse o Galego (Allan, sim o Rodrigo, assim como Gabriela, podem se referir a outro usando a cor de pele, afinal eles são os Santos da Gaiola). Obviamente essa é a minha opinião (que isso fique muito claro), e estou muito longe de ser um exemplo a ser seguido (estou escrevendo apenas por amor ao debate), mais posso lhe dizer que amo o ser humano, desgosto de alguns seres humanos, e não vejo ninguém nesse mundo como sendo perfeito, melhor ou pior do que eu, pode ser branco, preto, rosa ou até fluorescente. Eu desejo de coração luz para os gaiolas, porque gente feliz não enche o saco, e que eles não façam ao outro o que não gostariam que fizessem com eles (pois é o que está acontecendo). Abs #paz

      Excluir
    8. Esse bordão/cliche de politicamente correto tá tão sem graça já. Tão fora de moda quando usado para se discutir as diferenças e etc...Não tem que ter o politicamente correto tem que se ter o correto acima de tudo . fazer a coisa certa sempre. E o que é a coisa certa. O respeito amplo, geral e irrestrito. Igualdade, liberdade e fraternidade.
      Igualdade:
      fato de não se apresentar diferença de qualidade ou valor, ou de, numa comparação, mostrarem-se as mesmas proporções, dimensões, naturezas, aparências, intensidades; uniformidade; paridade; estabilidade.
      Liberdade :
      "Significa o direito de agir segundo o seu livre arbítrio, de acordo com a própria vontade, desde que não prejudique outra pessoa, é a sensação de estar livre e não depender de ninguém. Liberdade é também um conjunto de idéias liberais e dos direitos de cada cidadão."
      Fraternidade :
      "Laço de parentesco entre irmãos, irmandade, união e afeto de irmão para irmão".
      Disse Jesus:
      "Estive prêso e não foste me ver,
      estive doente e não foste me ver, estive sem roupa e não foste vestir-me, estive com fome e não me deu de comer e estive com sede , não me deste de beber e estive só e não foste me amparar". Para bom entendor meia palavra basta" .

      Excluir
    9. Discordo de ti Focus, o politicamente correto não é clichê, é um movimento de combate a todos os tipos de preconceitos, resgate do respeito humano e, principalmente, combate à corrupção. Quem critica, são os reacionários, conservadores, tentando desconstruir uma militância política que visa desconstruir uma sociedade agressiva. O que vc defende não vai de contra o politicamente correto, ao contrário, só soma a ele.

      Excluir
    10. Tinkerbell, duvido que o movimento Lgbt ou negro tenha este tipo de comportamento ameaçador. Conheço varias pessoas assim que jamais teriam este comportamento. Se é q ela recebeu ameaça e se recebeu q vá a policia, comprove e abra inquérito. Qto à Gabi, é um critério dela achar que um pobre mereça mais ganhar um premio do que alguém com posses. Mas como te disse, só falo aquilo que vejo e não o que me dizem.

      Excluir
    11. Luis Lima ! não tô falando do "politicamente correto" falado dos que lutam mas do cliche dos anti-politicamente correto. E de uma forma geral a questão não deve ser politico deve ser de consciencia total de todos. pelo meu texto completo voce vai ver o que eu to querendo demonstrar.

      Excluir
    12. Então Luís, não me alongando no assunto, já que temos pontos de vista diametralmente opostos, eu também não compro o que me dizem, eu vi a fala da Gabriela, e tenho alguns contatos de minha total confiança que ouviram os absurdos que foram falados na festa dos Gaiolas tão somente em relação a Paula, achei tão absurdo, mais sabe que não me espantei?! Enfim, respeito seu posicionamento e gostaria que respeitasse as opiniões contrárias à sua. Não existe verdade absoluta, e sim maneiras de ver o mundo. Ter uma posição contrária à sua ou a dia Gaiolas não me faz melhor nem pior do que vc ou qualquer outro. Acima de tudo somos seres humanos, e assim devemos ser respeitados. Até o próximo BBB.

      Excluir
    13. Se contrapor a uma opinião não é desrespitar, Tinker, mas mostrar o outro lado da moeda. A opinião não é a verdade, apenas um ponto vista, vista de algum ponto. Verdades absolutas existen: o homem é um ser mortal. Flores dão frutos. O que não existe verdade absoluta são posicionamentos políticos e ideológicos porque esses pela sua natureza trazem consigo contradições e o imprevisto.

      Excluir
    14. Vrdd Luis! Há um abismo gigantesco entre opinião e constatação .

      Excluir
  2. Pra mim Paula mereceu ganhar . Foi uma jogadora transparente dentro da casa e para nós telespectadores. Na minha opinião não cometeu nenhum ato racista , acho que hj em dia há um exagero nesse termo. Tudo que se faz hj em dia que não seja o tal do politicamente correto, é preconceito.
    Paula merecedora, fez com que essa edição cheia de participantes fracos e medrosos, fosse em alguns momentos divertidas e boas de se assistir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vitoria de uma boa vilã no jogo, embora Thiago tenha dito que não havia vilões.

      Excluir
    2. Concordo contigo em tuuudo ,Marcia. Os militantes e politicamente corretos são os piores ao julgarem os seus semelhantes.Nao se aceitam e julgam os que não se enquadram 'nos seus contextos'...Não vivem a vida!!Que pena desses militantes!!!Paula é verdadeira!!👏🏻👏🏻👏🏻

      Excluir
    3. Djanira, discordo de vc. Ao contrário, os politicamente incorretos são os mais ofensivos, sem empatia com a dor do outro, se lixando se vai agredir o outro... a nossa cultura racista é impiedosa com as crianças e adolescentes negros nas escolas etc. Para uma pessoa ser verdadeira não precisa ser ofensiva.

      Excluir
    4. Essa definição de.politicamente correto que me enoja...se for assim ..prefiro ser politicamente correto.

      Excluir
    5. Todo mundo visa ser correto, justo, amável, fraterno, respeitoso etc. Como pode ser contra e se enojar do politicamente correto, se esse comportamento é o que nos leva a ser virtuosos? O politicamente correto evitaria tanta coisa ruim na sociedade como preconceito, racismo, corrupção, etc. Pensem nisso.

      Excluir
    6. Márcia..estou com vc! A dupla de amigas foi ótimo de asistir, divertidas e carismáticas.Tbm não vi racismo.Infelizmente essa Militância que estragou o brilho do BBB19.Em frente!👏👏

      Excluir
  3. Parabens Luis Lima. Obs.: Paula ganhou 3 carros 2 Cromus e 1 Toro = +ou- total de R$. 300 mil reais a soma dos tres.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Merecido!!
      Ela lutou e muito para ganhar tudo isso!

      Excluir
    2. Paula deu sorte de Hariany ter sido expulsa por culpa dela mesmo pois Hariany seria a vencedora do BBB19 sem duvidas nenhumA. Paula levou praticamente 40% dos votos de um julgado planta pela massa dos internautas e se fosse Hariany Paula seria segundo lugar fácil. Hariany tem 1 milhão de seguidores a mais que Paula. Hariany 2.500 milhoes e Paula 1.500 milhões. Diferença muito grande. Essa é a prova que Paula não foi nem de longe uma unaminidade aqui fora. Ana Clara do BBB18 quando acabou o BBB18 ela já tinha 5 milhoes de seguidores. Sorte de Paula também de Elana não ter ido para final senão Paula seria terceiro lugar. Elana tem mais seguidores que Paula.

      Excluir
    3. Foco nos fake, número de seguidores não decide nada, se fosse assim, Ana Paula teria ganhado a fazenda 10 e Hariany teria vencido o paredão quádruplo, no qual Carol foi a mais votada. E acho q vc tem q atualizar esse ranking, pq Paula nesse momento está com mais seguidores que a Elana.

      Excluir
    4. Eu sei disso mas ajuda um pouco somado com outros detalhes tipo Paula ter levado do chamado planta pela massa dos internautas 40% de votos na cacunda. Se fosse Hariany ela levara muito mais. Daria sem sombras de duvidas Hariany campeã.

      Excluir
    5. A planta recebeu 38 e uns quebrados porcento dos votos pq tinha a torcida da gaiola o ajudando, mais o fãs revoltados da Hari. E devemos colocar na balança que a torcida da Paula tava a uma semana votando sem descanso, desdo paredão da Gabi (no sábado) até a final (na sexta), e mesmo assim ela venceu com o dobro de votos que o Alan (61,09). Vc fala que se fosse com a Hariany ele ganhava com mais porcentagem, mas esquece que essa mesma Hariany perder para essa mesmas planta no paredão quádruplo. Os seus argumentos não tem sentido.

      Excluir
    6. Dobro de votos seria 78% sua matemática tá igual as opiniões dos fãs da Paula.

      Excluir
    7. Tem sim, meus argumentos sempre corresponderam aos faltos. Aquele paredão quadruplo "alguma coisa estranha" aconteceu para salvar a Carol.

      Excluir
    8. Está igual sua matemática que de 38,91% aumentou para 40% né bb? Apenas arredondei como vc.😉

      Seus argumentos sempre correspondem aos fatos q vc cria na sua cabecinha, não aos fatos reais.

      Excluir
    9. arredondar 1% é bem diferente de arredondar 15% a mais..vc não acha???

      Excluir
    10. Cada um arredonda como lhe convém. 😉

      Mas vc já prestou atenção que sempre q uma coisa não saí como vc quer vc dar uma desculpa? A Paula venceu, fala q só venceu pq Hariany não disputou a votação. Carol vence a gaiola no paredão quádruplo, foi pq houve alguma coisa estranha. Aceitar não é mais fácil do que sempre inventar uma desculpa?

      Excluir
  4. Uma historinha...
    Quando eu era criança e morava em Recife, no bairro de São José, tínhamos como vizinhos uma familia que seguia a religião Afro. Aliás, dali saia o famoso "Maracatu de Dona Santa". Se por um lado gostávamos muito desse maracatu, dançáva-mos adoidado, por outro lado tínhamos muito medo dos rituais praticados durante o ano. Por uma fresta (casas geminadas) víamos galinhas, bodes novos e outros pequenos animais serem sacrificados à luz de velas e cantorias... Eu,  criança...Pavor! Pesadelos! Isso não era preconceito e sim MEDO do desconhecido. Os adultos não podiam me ajudar porque também tinham medo. Atualmente, entendo e aceito todas as religiões, porém só  estudos e pesquisas me levaram à outra percepçao do mundo como um todo e sua diversidade, e me fez mudar em relação a isso. Nem todos tiveram ou tem a mesma oportunidade ou sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo, mas algumas religiões afros foram distorcidas e sincretizadas no Brasil.

      Excluir
    2. Paula disse dentro da casa:

      Lá no Forum:
      "Eu esperava que vinha um neguinho de favela aí vem um loirinho de olhos azuis...fiquei chocada"
      Marcia o racismo da Paula não é só isso que vc quiz demonstrar ai. Dá para perceber o racismo dela ou não???

      Excluir
    3. Focus, é a mentalidade racista.

      Excluir
    4. Só venceu o BBB19 porque foi protegida pelas edições dos programas. Se tivesse passado esses momentos de racismo e preconceito dela que não foram poucos ela tinha vazado da casa.

      Excluir
  5. Gostei bastante do seu texto. Também vi no Alan o bom carater, gentileza,ele sorri com os olhos. Para o jogo não gostei muito, acho que por sua natureza ele tentou se esconder, mas deu certo. Pontos para ele.
    Quanto a Paula, quando ouvi aquela frase dela convidando o ator pra sair, nem vou dizer as palavras, fiquei chocada e pensei: essa moça é louca, totalmente sem noção.Quando começaram a chamar de racista, resolvi olhar para ela. Assisto o BBB para me divertir, mas principalmente para observar o comportamento das pessoas.A Paula fala demais, sem filtro, isso não resta dúvida. Quanto ao racismo, "cabelo ruim, negra linda, café preto",me perdoem os puristas mas não é motivo para o tanto que essa moça foi execrada aqui fora. Quanto ao preconceito religioso, confesso que até hoje mesmo já tendo pesquisado muito sobre isso, ainda tenho um certo receio (medo do desconhecido, do sobrenatural). Acho que Paula faz parte de uma geração de pessoas alienadas, que dão mais valor ao Instagram,moda, festas, fofocas e por ai vai. Mesmo tendo curso superior, não tem cultura. Uma realidade infeliz no nosso País.
    Apesar de suas falas infelizes não vi discriminação no convívio, sua protagonista foi a Rízia, e ao entrar na casa viu em Danrley e Hariany, pessoas como ela. A única pessoa que não gostou, mas não a vi tratando mal foi Rodrigo(não fui com cara dele também), mas isso é normal, na vida real, não temos empatia com todos que vemos. Acho que em momentos cruciais ela foi gentil com os colegas, com Gabi, Carol, Elana.
    Se esse BBB tivesse sido jogado pelos participantes, talvez ela não tivesse tanto destaque, mas como diz o ditado: Em terra de cego quem tem um olho é rei, ela foi a dona do programa, por sua incontestável entrega ao jogo. E que garra a garota tem.
    Quanto ao seu deboche, posso estar enganada, mas ao contrário do Alan, ela muita vezes sorria, mas os olhos não acompanhavam, acho que o sorriso de deboche é uma defesa. Tipo nem vem que você não me afeta. Uma das cenas mais marcantes e tristes da Paula, apesar do sorriso, foi quando ela viu Hariany abraçada com Alan e Carol, aquilo tenho certeza que foi sofrido.
    Mas tudo são só suposições, só quem sabe de si é você e muitas vezes nem sabe.
    Não gostei de ver o quanto ela tem sido massacrada aqui fora, suas ações na casa mostraram que não discriminou os negros, foi tachada de coisas horríveis como ser chamada de nazista, menos bem menos.
    Como podemos como seres humanos racionais termos tanto ódio, e em nome de uma causa fazermos pior do que fizeram quem acusamos. Isso foi o pior que vi nesse BBB, não dentro da casa, mas aqui fora. Inclusive pelos que lá pregavam o amor e aqui fora desconstruíram tudo o que tentaram construir na casa. Uma pena, porque banaliza a causa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu desconhecido. Quanto às expressões as quais Rodrigo e Gabi se manifestaram, acredito que foi apenas um ato pedagógico, de esclarecimento e não no sentido de intimidar ninguém ou querer ser dono da verdade, mas de dissociar certos termos negativos da palavra negro. Mas é possível num outro período esse impasse se desfazer quando o racismo for extinto da sociedade brasileira.

      Excluir
    2. Vi que meu texto saiu sem nome.
      Não estou no meu PC,e não sei como fazer para aparecer.
      Sou Lugirão, já comentei anteriormente neste espaço e mesmo quando não comento, sempre leio.
      O texto que começa com:Gostei bastante do seu texto. Também vi no Alan o bom carater, gentileza,ele sorri com os olhos. Para o jogo não gostei muito, acho que por sua natureza ele tentou se esconder, mas deu certo. Pontos para ele.

      Desculpe por ter ido como desconhecido.

      Excluir
    3. Sempre pensei (e defendi) que aquele sorriso permanente estampado no rosto da Paula não era deboche e sim mecanismo de defesa. Chega a ser um "tic nervoso". Nas diferentes situações, principalmente nas adversas, estava lá o sorriso contido ou o riso escancarado. O paredão com a Carol ilustra bem isso. Ela estava com medo, achava que ia sair. O Tiago falando e ela sorrindo amarelo... Quando veio o resultado, aí sim, riu de verdade. Essa menina foi (e tem sido) muito injustiçada. Não é santa, obviamente. Nem muito menos demônio.

      Excluir
    4. Unknow, que lindo! Você viu a Paula no meio do jogo. Realmente aquele momento dela vendo os três abraçados e felizes se vendo vencedores foi o ponto onde a alma dela brotou... se sentiu totalmente excluída e por essa razão foi para o quarto, curar sua tristeza. Isto tudo precedeu a exclusão da Hariane. E que triste de ver, uma menina correndo de braços abertos para abraçar a outra, tomar um empurrão daqueles... aí ela se sentiu sem capacidade de formar uma amizade verdadeira. Doloroso. Enfim ela ganhou apesar de tudo, contra tudo e todos!!!

      Excluir
    5. Unknown, apenas traduzi o termo em inglês. Não foi nada de chacota ou coisa parecida. Poderia ter escrito unknown tbm. Não se preocupe com isso, Lugirão.

      Excluir
    6. Márcia Lima, Vanny forever, observei muito a Paula e suas reações e ações, depois que começaram os ataques aqui fora contra ela. Por isso que deixei de torcer para Gabi e passei a torcer por ela.Mas o BBB acabou e para mim quando acaba, sigo em frente, esperando o próximo, Espero de coração que seja menos tóxico.

      Excluir
    7. Lugião, que belo comentário, assino em baixo.

      Excluir
  6. Se ela não tivesse cometido ato racista não teria sida denunciada na polícia e espero que ela tenha um bom argumento em seu depoimento mesmo que venha se retratar perante o grupo da gaiola terá que pagar pelas injúrias que falou dentro do programa e espero que seja feita justiça pelo ocorrido e fico triste de ver que ainda tem preconceito neste país e mesmo com os comerciais que fala de respeito ainda prevalece .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece até que nesse país todos que são denunciados são culpados. Uma coisa é denunciar,outra é provar. Veremos...
      Aliås, tem o outro lado da moeda: muitos não são denunciados mas são culpados. E?

      Excluir
    2. Acho que a Justiça vai se pronunciar e dizer, de acordo com a lei do racismo, crime inafiançável, se houve ou não injúria ou racismo religioso. Mas acho que Paula se retratando, se corrigindo, tudo terá um bom desfecho.

      Excluir
    3. Marcia Lima, por isso que coloquei entre aspas Paula "racista". As vezes a gente lê o texto e não percebe esses detalhes. Inclusive, fiz suspensão para aguardar a Justiça. Como fizeram com o índio, o povo condenando aqui fora que ele era um estuprador, qdo já foram arquivados 3 processos, sendo retirado do BBB por antecipação e eu aqui fui um dos poucos que defendi sua presunção de inocência. Já Paula, temos falas, vídeos que precisam ser analisados no devidos contextos de fala.

      Excluir
  7. Pessoal, fortuna aqui no texto em itálico significa sorte.

    ResponderExcluir
  8. Senti falta de comentários sobre a Roda do Amor.

    ResponderExcluir
  9. Unkown gostei do seu texto bem balanceado e muito acertado. Parabéns.

    ResponderExcluir
  10. Adorei seu texto Luis Lima, vc conseguiu expressar muito bem as características de ambos. Dessa vez não tivemos vilões . A Paula "pecou" pelo excesso e se deu bem, apesar de ser formada em Direito, como vc bem disse, tem instrução mas é alienada e não podemos crucificá-la, pois a maioria dos universitários são ! Quanto ao Alan, de início não era meu preferido, o via apenas como um surfista, pois torcia pelo Danrlei, mas com a saída do Danrlei e do Rodrigo, passei a observar melhor os finalistas, a Carol seria a última opção, a Hariane não passou de uma "planta" que ficou o tempo todo à sombra da Paula ,já o Alan cresceu aos meus olhos quando soube que ele sempre resgatou animais de rua, aí não tive dúvidas de que ele seria o meu candidato! Merecia ganhar, não só pelo belo exemplo de ser humano que é, mas por sua dedicação à causa animal com aqual me identifico.

    ResponderExcluir
  11. Que saudade vai ser do BBB e antes de falar eu vou dar os parabéns para essa coluna do Luis Lima, adoro!!! O reality terminou e a justiça foi feita e a Paula von Sperling mereceu ser a vencedora, ganhou mais prêmios e o 1,5 milhão. Excelente porque a vitória da Paula marcou a 9a. Vencedora da história do BBB entre as mulheres. As mulheres do BBB 19 dominaram bem mais do que os homens nas provas do líder e anjo. A Paula ganhou três vezes prova de resistência. Desde o BBB 15 que não ganha homem, na sequência de quatro anos dando vitória do sexo feminino. BBB 16 • Munik Nunes / BBB 17 • Emilly Araújo / BBB 18 • Gleici Damasceno / BBB 19 • Paula von Sperling. No BBB 20 quem vai vencer homem ou mulher? Aguardaremos. Nota 10 Luiz Lima e também a credibilidade show do Votalhada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A hegemonia masculina acabando. São 10 homens vencedores para 9 mulheres vencedoras.

      Excluir
  12. A loirinha dos olhos azuis, venceu a inveja, a hipocrisia o preconceito e a falsidade. Parabéns Paula querida, voce não foi vilã, foi a protagonista do BBB.

    ResponderExcluir
  13. Mas a vilã pode ser a protagonista. O que teria alguém inveja de Paula? Dos olhos azuis? Por ser loirinha? Não entendi. Discurso de inveja é tão chavão. Eu não teria inveja da subjetividade de Paula.

    ResponderExcluir
  14. Eu acho tão engraçado, qdo as pessoas justificam o que a "Paulinha" dizia, como sendo alguém de inocência ímpar..Alguém que nada sabia..Oh coitada...ela é advogada, mas não sabe de nada...Oh tadinha, ela é advogada, mas sequer sabe respeitar as diferenças...Oh meu Deus, ela é ótima jogadora, não importa se agride este, ou aquele; ela é advogada, mas faz tudo sem pensar...Era tudo sem maldade, poxa..Ela vive na roça..não sabe de nada..É advogada, mas vive no mundo da fantasia!!!rssss
    Enquanto os do outro grupo...Uau!! São chatos! São hipócritas! São medonhos...
    Só rindo!!
    Mas enfim,o pior cego, é aquele que não quer ver...
    Agora, mudando de alhos, pra bugalhos...
    Luis Lima, estava ansiosa pelo seu último post, desta edição.
    E não me decepcionei. Consciente, respeitoso e com uma visão de jogo, mundo e pessoas...que poucos têm..
    Continue assim..Espalhando Amor! Não importa, se és apenas uma gota no oceano! Não importa, o quão és apontado!
    Se és vítima de discriminação...Não importa!
    Segue em frente, em tua missão!
    Beijos no teu coração....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, sei q sou minoria aqui e não recebo tantos afagos como outros. Mas não abro mão das minhas convicções em nome de um pensamento massificado, senso comum e nem poderia pela minha formação intelectual. Bjo fraterno .

      Excluir
    2. Uau,V&A!Resumiu tudo o que eu queria ter dito, mas talvez eu não consiga me expressar tão bem!
      Colocações perfeitas, inclusive no que se refere a essa gotinha humana, incrível e ética chamada Luis Lima, e olha que essa gota tem feito muita falta nos oceanos pelo mundo afora! Grande abraço!

      Excluir
    3. Valeu Edna. Obrigado pela parte q me toca.

      Excluir
    4. Por nada Luis Lima!Sei reconhecer quando um ser humano tem luz e vc é um caso explícito disso! Um grande beijo no seu coração! Esperemos uma edição menos "falsality" no próximo ano!

      Excluir
  15. O garotão gente boa, que adorava negros, homossexuais, praticamente um santo tinha seus esqueletos escondidos no armário, e bastaria dar um Google para verificar que ele não era esse cara legalzão. Vejamos: https://www.google.com/amp/s/noticiasdatv.uol.com.br/mobile/noticia/bbb/internautas-resgatam-tuites-de-cunho-preconceituoso-de-participante-do-bbb19-24247.amp

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me desculpe, mas esta foto do tweet não parece ser do Alan. Parece mais fake news.

      Excluir
    2. 2011 e 2012 Alan deveria ter 18 anos. Se escreveu isso em final de adolescência, amadureceu bastante aos 26 anos. O que me importa foi seu comportamento dentro do jogo. Hana também já confessou q fou racista e hoje é uma defensora ferrenha do movimento negro no Brasil.

      Excluir
    3. Acho até compreensível ele ter dito essas coisas, influenciado por uma cultura catarinense classista e hedonista. Sabemos muito bem o perfil moral e político do sul do país em sua maioria.

      Excluir
    4. Quem postou isso não conhece Alan.

      Excluir
    5. Entendo seu ponto de vista mais discordo dele. Esse tweet é dele, e para mim inexiste qualquer problema nisso, todos falam m... uma vez na vida, por infantilidade, desconhecimento, medo ou raiva. Só não o considero, nem a nenhum dos gaiolas, pessoas ilibadas e ou superiores aos demais. Ah, só para lembrar (acho que está em alguma resposta acima), quem falou negra linda e foi repreendida pela Gabriela foi a Elana, a Rízia estava de saco cheio da Gabriela por não poder dizer que estava se sentindo gorda, não acho certo colocar tudo na conta da Paula (como já falei acima, Hary, Maycon - maus tratos animais, zoofilia, intolerância religiosa - e Diego também falaram coisas que podem ser vistas como incorretas pelos gaiolas), porém não foram atacados. Enfim, mais um BBB que acaba. Foi um prazer debater com vc e com todos e espero que o próximo BBB seja eletrizante, não essa luta de classes que foi esse. De problemas sérios, cada um de nós já tem o suficiente por dia. Como costumo falar no twitter "Boninho, aprende a escalar com Carelli", rs... Abs Luis. #Paz

      Excluir
    6. Na minha modesta opinião de observador essa Edição foi infinitamente muito mais bem selecionada de todos os tempos. Essa seleção de confinados teve mais conteúdo, mais contexto, e mais quesitos para nos oferecer. E isso a seleção completa deste BBB19. Todos os escolhidos foram fortes cada um com seus jeitos e trejeitos. Cada um com seus principios e propósitos. Todos muuitos fortes até comentei no inicio que os que fosse elilminados seriam por pequenos detalhes. Acho que dessa vez exclusivamente quem estragou entre aspas falando foram o publico que votou porque votaram errado em muitas vezes. E até os comentários nas redes sociais em geral foram extremamente contraditórios na maioria das vezes.

      Excluir
  16. Sem dúvidas o Alan tem qualidades assim como outros participantes, porém se a Hana não fosse eliminada eles ficariam grudados na cama como outros casais em outras edições. Quanto ao racismo, homofobia, etc está claro que os exemplos devem serem dados começando pelas autoridades e lideranças. Poupar aos autoridades e criminalizar os menos favorecidos é o mesmo crime que causa revolta na população como tem acontecido de fato.

    ResponderExcluir
  17. Pessoal, aqui termino minha jornada BBB-19, agradecendo a todos que leram, gostando ou não das minhas análises, mas sempre tentando fazer o bom debate com quem pensa diferente, respeitando o direito de opinião, mesmo que não concordem com algumas, mas tentando restabelecer o consenso dentro desta diversidade de pontos de vista. Um abraço, a todos e FELIZ PÁSCOA. Um abraço especial em Focos, Edna, a potiguar Eva dentre outros...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por me citar,Luis Lima!
      Foi muito bom acompanhar seus textos por aqui, já é o terceiro ano consecutivo que leio todos os comentaristas dos 4 principais blogs que comentam realities e elegi vc como meu favorito esse ano, por sua coerência e respeito, tanto com os comentaristas, quanto com os participantes do BBB. Percebo que mesmo quando vc não aceita as atitudes de um participante, ainda assim continua agindo com ética e coloca seu ponto de vista de forma a elucidar uma questão que talvez passe desapercebida por quem defende com unhas e dentes um candidato, faça ele o que fizer, as pessoas os defenderão, não acho isso saudável!
      Vc conquistou minha admiração e respeito!
      Continuarei no meu mundo real, defendendo os negros que merecem defesa, os que tem empatia e solidariedade pelo próximo (tipo:os da gaiola) defenderei também os brancos (tipo:Alan) um menino de luz, um gentleman!
      Te desejo uma Páscoa cheia de amor, mais luz na sua alma, mais flores no seu caminho e ainda mais mansidão no seu coração!
      Seja abençoado sempre! Grande abraço!
      Meu desejo de Páscoa:que todos nós passemos a nos enxergar como iguais que somos! Pode parecer utopia... Mas não desisto de sonhar!
      Até mais!

      Excluir
    2. Um abraço especial aos q babaram meu ovo
      encerrando como começou...

      Excluir
  18. Texto perfeito. Amei a parte do Alan. Ele é um amorzinho mesmo. Inclusive adorei ele ter sido o único da Gaiola que chegou na final, pois era sempre preterido pelo seu grupo. Todas as decisões negativas colocavam na conta dele, pois sabiam que ele era pacífico demais para reclamar. Isso é bem o retrato da sociedade. Quando se é tolerante demais, as pessoas sempre se aproveitam disso e pisam em você.

    ResponderExcluir
  19. Luís..Ótimo Texto!Boa Sorte para Paula que ela seja muito feliz.Abraço

    ResponderExcluir
  20. Pior BBB de todos os tempos já foi tarde .

    ResponderExcluir
  21. Já tô torcendo Pro Power Couple começar e torcer pro Casal Eliézer e Kamilla Salgado que concerteza será um reality com mais emoção do que foi este BBB de péssima audiência com o pior final de todos os tempos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elieser e Kamilla vão???
      Que ótimo. Sopu fã de Kamilla Salgado e gosto do Elieser. Fernanda Keulla foi madrinha de casamento deles (são muitos amigos na vida real). Vou torcer por eles.
      Quando vai começar???

      Excluir
    2. Neste BBB da Kamilla, Elieser e Fernanda Keulla eu sempre dizia nas redes sociais:
      "Kamilla Salgado...doce como o mel de Jataí."

      Excluir

ATENÇÃO:

O Votalhada é um blog para AMIGOS do Votalhada. Pode criticar, pode não concordar mas educação é fundamental. Não perca seu tempo.

#SemPolítica #SemOfensas #SemMAIÚSCULAS #SemBabacas

Pessoal, qualquer comentário com conotação política, que cite nome de qualquer candidato ou termos que lembrem candidatos, governo atual ou passados, NÃO SERÃO MAIS LIBERADOS.

LEMBRE, depois de postar fica gravado para sempre. Mesmo que você exclua, a mensagem enviada pelo sistema para o moderador (com o texto postado) não desaparece.

LEIA AS REGRAS:
http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html



Atenção a todos os usuários que não configuraram suas contas do Google ou Blogger e que aparecem como Unknown ou Desconhecido: Os comentários efetuados com esse nick não serão publicados.

Grato.