12 junho 2016

'Ganhar para perder'
Novo reality acompanha treinadores físicos perdendo peso

Dez treinadores engordam para depois emagrecer junto de seus clientes

O reality show Ganhar para perder, que estreia amanhã, às 21h30, no canal A&E (exibição toda segunda-feira), levantará mais um debate sobre saúde do corpo. O primeiro episódio chega ao Brasil em meio à polêmica envolvendo programas relacionados a perda de peso, que foram alvo de denúncias de ex-participantes nas últimas semanas. A franquia The biggest loser (que no Brasil foi exibida sob o nome de O grande perdedor pelo SBT), por exemplo, foi acusada de usar métodos nada saudáveis para garantir o emagrecimento dos candidatos.

Em Ganhar para perder, o reality desafia 10 treinadores físicos a ganhar peso, para juntos com os clientes emagrecerem, tudo, claro, televisionado. O grande objetivo é sentir na pele a dificuldade durante o processo, que tem a ver com mudanças de hábitos alimentares e até sociais. “Antes do programa, eu costumava conversar com os meus clientes em ordens diferentes. Depois do reality, eu começo primeiro com a emoção da pessoa, depois para a questão nutricional e por fim sobre exercícios físicos”, afirma o personal trainer JJ Peterson, que é bastante conhecido nas redes sociais por seus treinos de crossfit (ele possui mais de 10 mil seguidores), e é o personagem do primeiro episódio da atração, ao lado do cliente Ray.

Ele é um dos 10 profissionais convidados a participar do programa criado pelo personal Drew Manning, que, ao perceber uma dificuldade dos clientes em eliminar os quilos, engordou 34kg para entender a luta do emagrecimento. Antes de virar uma atração televisiva, a história deu origem a um livro homônimo lançado em 2014. Ao fim de cada episódio, a atração revela se as metas das duplas —  formadas por um personal e um participante que precisa emagrecer —  foram cumpridas.

Peterson aceitou o convite de engordar 27kg pelo desafio mesmo deixando a esposa, a nutricionista Erika Peterson, assustada com a ideia. Durante os quatro meses sob supervisão médica, não teve nenhum dia em que o personal não pensou em abandonar o projeto. “Foi muito mais difícil do que eu pensei. Achei que seria fácil. Todos os dias eu pensei em desistir. Mas eu precisava continuar por causa dele (Ray)”, conta, em entrevista ao Correio.

Antes do programa, Peterson calculava todas as calorias consumidas, fazia uma dieta balanceada e praticava atividade física diariamente. Para engordar para o reality show, tudo isso foi abandonado. “Eu nunca gostei de fast food, que é algo que vai contra o que eu acredito, eu amo meu corpo. Ao comer tudo isso, eu me sentia destruído”, lembra o personal. Mesmo assim, manteve a dieta para engordar por conta da expectativa criada pelas outras pessoas: “sabíamos (ele e os outros profissionais) que deveríamos fazer isso juntos”.

Durante o processo, Peterson diz que se sentiu muito mal. Ele já não se reconhecia no espelho. “A pior parte foi a questão emocional. Minhas emoções estavam loucas. Eu estava me tornando uma pessoa que eu não gostava”, explica. Após engordar teve que começar a outra parte do processo. “Eu não imaginava como era (a dificuldade em perder peso). Agora eu tenho outra perspectiva, criei uma empatia com os meus clientes. Não é só pelo corpo, é uma questão de amor”, completa.

 Antes e depois de engordarem






0 comentários:

Postar um comentário

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html