01 outubro 2014

Impressões de Frank Killer: Oscar x Roy

 
Oscar x Roy

Demorou mas, finalmente a produção aprendeu que deixar os grupos se formarem naturalmente leva o público a tomar partido pelos grupos formados. Isso é muito mais prático do que criar situações artificiais ou arbitrárias com esse fim. Resta saber se eles vão respeitar as tendências de preferências do público. Será que haverá competência para tanto?

Alguns concursantes deverão ser eliminados por preconceitos raciais ou sociais. Felipeh já mostrou algo a respeito e Diego soltou a seguinte pérola para Pepê e Neném esta madrugada: "Vocês são mais brancos do que muitos brancos!" LOL. Ele refere-se a preconceito com uma frase preconceituosa!

Do jeito que a coisa está indo, quem durar 3 meses, não vai ficar somente feito zumbi (pt.wikipedia.org/wiki/Zumbi), com os nervos em frangalhos, despersonalizado, quase sem saber direito quem é e quase destituído de livre arbítrio por causa da profusão de regulamentos e pela falta de nexo dos mesmos. Sairá também em quase completo estado de confusão mental.

Ao fim de 3 meses de "cativeiro" eles sentem-se vivendo num mundo paralelo, onde uma eliminação parece uma morte para eles e 3 meses parecem 3 anos. Alguns se entregam ou entregam a alma como se fosse uma espécie de experimento junto ao "deus audiência" (A voz de Deus) para verificar como se sairiam, presumidamente como acham que se daria, junto ao Deus real aqui fora após a vida.


Confusões

O casting escalado para essa edição se caracteriza pela confusão mental a respeito de jogo e de relacionamentos. Robson é adepto de jogar de modo impessoal. Mas existem certos jogos nos quais é impossível jogar sem uma certa dose de atritos pessoais. RS é um deles. Se você decide jogar em um RS, o jogo deve ser compulsoriamente baseado nas regras de votação, provas e obrigações a que são submetidos e mesmo assim é difícil não entrar em conflitos pessoais. Essa é a única forma de jogar sem entrar muito em confrontos pessoais. Na verdade quem joga são o público e a produção, sendo esta indevidamente.
Afirmo que se o Robson conseguir seu intento, será um dos maiores campeões já surgidos em RSs brasileiros. Nunca vi nenhum campeão conseguir isso e é por isso que muitas celebridades não aceitam participar de Realities desse tipo. A culpa é de quem? Lógico que dos realizadores! A falta de discernimento nessa questão não é somente dos concursantes, mas dos realizadores também.

Quem tenta jogar em RS sem atritos pessoais constrói um sólido muro, não para ficar em cima dele, mas para ficar escondido no rodapé. Ou seja, de nada adianta. O muro estará lá do mesmo jeito! Melhor é assumir que não está jogando e não jogar mesmo. É mais honesto.

Oscar confunde preferência de pessoas com preferência de situações em relação à visão de RSs pelo público. Uma coisa é o público gostar de ver barracos em um Reality e outra bem diferente é gostar de quem é barraqueiro.

Roy confunde inércia com caráter. Uma coisa é ter caráter e outra bem diferente é não ter atitudes ou ter atitudes erradas. Dizer para as pessoas o que elas querem ouvir e para o vento o que ele pensa, nem sempre redunda em paz e harmonia.

Qualquer um dos dois que voltar dessa roça vai se achar O Rei da Cocada Preta e vou me deliciar vendo isso. Agora está tudo pronto para Pepê e Neném preencherem a vaga que vai abrir na equipe Coelho ou Avestruz ou substituir alguém da equipe Ovelha, deixando-o sem sua equipe e ficar no lugar delas ou ir para a equipe desfalcada. LOL!


Preenchimento de Vaga

O que vc prefere?

1 - Pepê e Neném irem para a equipe desfalcada,
2 - Substituírem alguém do grupo Ovelha e este(a) ficar sem equipe,
3 - Substituírem esse alguém e ele(a) ir para a equipe desfalcada,
4 - Quem for substituído ficar sem equipe e ir para a roça ou
5 - Ser o novo fazendeiro?
6 - Nenhuma opção acima.

É importante lembrar que uma equipe ficará com um elemento a mais ou, duas ficarão com seis e uma com 4 pessoas, perfazendo um total de 16 concursantes divididos em 3 grupos, depois da eliminaçãp desta semana.

Semana 02 (26/09 a 02/10)

Fazendeiro: Diego (Excluiu da Prova da Chave o representante da equipe Coelho - Robson).
Decisão da Produção: Fazendeiro Diego (Excluir uma equipe da Prova da Chave).
Imune: Diego (Fazendeiro).
Voto de Minerva: Diego (Fazendeiro).
Prova da Chave: Léo (Colocou Roy na roça).
Celeiro: Equipe Avestruz, vencida na Prova da Chave.
Poder da Chave: Colocar alguém do celeiro na roça.
Obs.: Público (do twitter) vetou (a abertura do envelope para) imunizar alguém (78%).

Indicação do Fazendeiro Diego: Oscar.
Votação

Robson: 9 (Brunninha, Babi, DH, Marlos, Débora, Andréia, Pepê/Neném, Roy, Helô).
Pepê/Neném: 4 (Bruna, Léo, Lorena, Felipeh).
Bruna: 1 (Oscar).
Felipeh: 1 (Robson).
Roy: 1 (Cristina).

Pré-roça: Oscar x Robson x Roy.

Vencedor da Prova do Fazendeiro: Robson.

Roça: Oscar x Roy.

Equipes:
(C)oelho: Robson, Débora, Helô, Babi e Oscar.
(O)velha: Diego, Léo, Lorena, Felipeh, Bruna e Cristina.
(A)vestruz: Marlos, Roy, DH, Andréia e Brunninha.
Sem Equipe: Pepê/Neném.

Resta Um:
(Semana 01) Sobrou Roy(A) - Andréia(A) salvou DH(A).

Votos de:
Oscar: Diego(01), Bruna(02).
Robson: Diego(01), Felipeh(02).
Roy: Diego(01), Robson(02).

Votos em:
Oscar: Léo(01), Cristina(01), Lorena(01), Diego(01,F02), Felipeh(01), Bruna(01).

Robson: Brunninha(02), Babi(02), DH(02), Marlos(02), Débora(02), Andréia(02),

Roy: Cristina(02).

Cristina, Lorena e Marlos ainda não foram votados, nem para irem para a roça, nem para serem salvos.

As equipes Coelho e Avestruz adotaram a arriscada tática de votar em Robson para colocá-lo na roça e garantir uma forma de terem uma boa administração dos serviços da Fazenda com uma possível vitória dele na prova do Fazendeiro e terem a oportunidade de disputarem a Prova da Chave (equipe Coelho). O que levou a tal decisão foi o novo tipo de interferência indevida da produção ao obrigar  o Fazendeiro a excluir uma das equipes da prova da Chave. Ainda não se sabe se surtirá o efeito total esperado, porque a produção poderá acabar com isso, se quiser. Por enquanto a tática está dando certo.

A produção que se cuide, porque isso é um novo fator de descrédito para ela. Cono sempre, quanto mais interferem, mais desvirtuam o RS e mais acumulam desprestígios e desconfianças Quanto mais consertam os erros, mas cometem novos erros. Ainda pior é quando improvisam no meio do percurso, desviando-se do planejamento e dos planos previamente elaborados. Desse jeito nenhum RS funciona.
Oscar:
Felipeh, Roy, Robson, Débora, Babi, Pepê/Neném, Brunninha, Andréia, Marlos, DH, Helô, Bruna, Léo, Lorena, Cristina, Diego.

Robson:
Débora, Helô, Babi, Pepê/Neném, DH, Oscar, Andréia, Lorena, Roy, Marlos, Brunninha, Cristina, Bruna, Léo, Diego, Felipeh.

Roy:
Marlos, DH, Brunninha, Andréia, Felipeh, Oscar, Pepê/Neném, Robson, Babi, Helô, Débora, Bruna, Léo, Lorena, Diego, Cristina.
Os melhores amigos são os inciais em cada lista, o que significa que os do fim da lista são desafetos ou inimigos declarados.


Quando um concursante quiser falar sobre um assunto complexo, deve falar com autoridade. Caso contrário sempre aparecerá um imbecil querendo aparecer tentando falar melhor. Isso é válido aqui fora também, relativamente a analistas e pseudo analistas de assuntos complexos. 

"30/9/2014 às 22h07 (Atualizado em 30/9/2014 às 22h08)
DH questiona Maroni: "Por que você está puxando o saco do Felipeh?"

30/9/2014 às 03h51 (Atualizado em 30/9/2014 às 03h52)
Roy Rossello diz que Felipeh Campos foi sincero nas declarações"

Os disputantes dessa roça, Oscar e Roy, enquadram-se em um ditado que foi citado na Casa da Árvore: "Os que se abraçam em uma casa desmoronando, desmoronam juntos com a casa".  A Parábola da Casa Edificada na Rocha (Lucas 6,46-49 e Mateus 7,24-27), lembrada pelo Robson, tem o mesmo significado. Prudência e imprudência são obviamente atributos contrários, mas quase ninguém se dá conta disso.

Se não fosse surreal, acreditaria que Cristina e Felipeh combinaram este ofender a ela. Enquanto ele a punha abaixo de cachorro com xingamentos como coisa do mal, ordinária, cretina, vaca, velha, fofoqueira, etc, ela se divertia com o descontrole dele. Ria mesmo quase às gargalhadas. Ela ganhou muitos pontos comigo com esta atitude. LOL. Quando você responde insultos com insultos, você se iguala ao adversário em um nível baixo.


"RS is not a game where you can bluff and, in essence, is no game" (RS não é um jogo onde você pode blefar e, em essência, não é um jogo). Felipeh parece achar que causar é ofender pessoas ou jogar seja fazer isso.

Quando você tenta aparecer praticando o mal, a única coisa que acontece é você desaparecer para o bem sobressair. Isso é uma das premissas básicas do maniqueísmo e é profundo. A escuridão nada é, a não ser a inexistência de luz. Frio é falta de calor e ódio é ausência de amor.


0 comentários:

Postar um comentário

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html