11 agosto 2019

MasterChef | Juliana é eliminada do reality, por Lédson Guimarães


Texto recebido em 12/08/2019

O episódio que marcou as quartas de final no MasterChef Brasil Amadores 2019 resultou na eliminação de uma dos três mais fortes concorrentes da edição. Mas, antes de falar sobre ela, vamos ao resumo das provas.

Criativa e merecidamente, a produção preparou para os quatro últimos cozinheiros uma prova que simbolizasse o rito de passagem de um amador para a gastronomia semiprofissional, e nada melhor que uma filial da maior escola culinária do mundo, e objetivo final dos vencedores do programa, para condecorar os primeiros semifinalistas. Na Le Cordon Bleu de São Paulo, os participantes assistiram a uma aula sobre quatro técnicas culinárias apresentadas por, também, quatro professores chefs renomados.

Ao fim da aula, por sorteio de ordem,  cada cozinheiro escolheu a técnica exclusiva com a qual trabalharia na cozinha da Le Cordon Bleu sob avaliação minuciosa dos professores. Durante duas horas de prova, Juliana Nicoli preparou, de forma organizada, um salmão pochê; Lorena, menos cuidadosa com a limpeza do ambiente, fez um carré com crosta de pistache; Rodrigo, também organizado, fez um filé suíno recheado com foie gras; e, para equilibrar as avaliações de postura na cozinha, o sempre desequilibrado Eduardo Richard tentou um sorvete de toffee. À primeira visita dos professores o moço já ficou nervoso e deixou um utensílio ir ao chão.

Eduardo exagerou no açúcar do sorvete, o que comprometeu o congelamento adequado da receita, escolheu mal a louça, fez um empratamento feio e pesou a mão na flor de sal dentro do gelado. No entanto, reproduziu bem a técnica do caramelo. Juliana temeu o tempo e o resultado recaiu sobre a receita: reduziu o corte do salmão e os minutos necessários para a boa cocção da carne; Rodrigo lidou bem com a técnica e mal com o tempo, entregou nos últimos segundos o filé de porco bem temperado, com boa textura, mas carente de capricho e com o prato sujo. 

No geral, os chefs-professores puderam elogiar os quatro competidores, porém o prato de Lorena conquistou a melhor avaliação e a enfermeira foi direto para a semifinal. E ainda não era o fim, foi dito antes do início da prova que, caso digno, um segundo prato seria salvo pelos chefs-jurados. Foi o que aconteceu e Rodrigo teve o trabalho reconhecido e merecedor de estar tranquilo ao lado de Lorena. Para Nicoli e Richard, o pesado duelo para definir o último semifinalista.

A Prova de Eliminação inspirou-se na natureza totalmente inversa dos dois concorrentes dessa etapa e trouxe vinte cloches divididos em pares de ideias opostas como rico e pobre, terra e mar, Norte e Sul e gordo e magro. A gloriosa Lorena fez o melhor prato, então, precisou apontar quem começaria a escolher entre as dualidades. Buscando ser justa nos mínimos detalhes, sem fazer distinção entre suas afinidades, a piauiense passou a bola para Juliana. Primeira dupla de cloches erguida, Ju escolheu pirarucu e deixou uma carne para Edu, que, na sua vez, escolheu entre um ingrediente referente a gordo ou magro, e, assim por diante, ambos recebiam e repassavam a vez de escolha até que cada um estivesse com dez itens obrigatórios para cozinhar dentro de uma hora prova.

Juliana fez um pirarucu ao molho de Nata e limão caviar acompanhado de arroz com alcaparras e uma farofa de castanhas de baru e aliche. Os jurados queixaram-se da apresentação pouco sofisticada, embora a receita estivesse bem equilibrada e precisando de um pouco mais de sal. Eduardo fez uma barriga de porco com banana e ovo mollet sobre arroz carreteiro com carne de sol. A receita estava muito saborosa ao paladar dos chefs enquanto a apresentação demasiadamente rústica. A decisão parecia difícil, porém a  qualidade técnica empregada para o conjunto diversificado de alimentos saltou à vista e garantiu a Edu a passagem para a semifinal.

Fogaça avaliou o prato de Eduardo como mais completo e mais inteligente e Jacquin lembrou quantas desvantagens e provas de eliminação fizeram o participante crescer na competição, apesar do nervosismo. Juliana sempre manteve a linha da serenidade e destreza para planejar e executar as receitas, quaisquer que fossem os insumos bizarros entregues em suas mãos, como fígado com o leite condensado, por colegas que a consideravam forte oponente ou de quem era adversária direta – Helton.

A avaliação é e precisa ser justa, só lamento por Juliana não ter conseguido atingir o mínimo suficiente da qualidade de trabalho para estar classificada para a semifinal. Como os próprios jurados fizeram questão de relembrar, Juliana era para os cozinheiros (e sabemos, aqui fora, mesmo com grande torcida contrária) grande aposta de finalista. A frieza no trabalhar garantiu à candidata vitórias individuais e em equipe; o oponente final, Eduardo, sempre esteve às vésperas da eliminação, longe das grandes técnicas recebeu muitas broncas por pratos feios e pouco inspirados. Em algum momento a persistência e dedicação farão a diferença e Eduardo provou isso impossibilitando a semifinal que prometia ser, se não a melhor, uma das melhores até aqui no MasterChef Brasil. 



2 comentários:

  1. Enfim chegou o dia da Juliana. Sempre com ar de superioridade, teve que engolir ser eliminada por quem considerava o pior entre os quatro que estavam na disputa.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO:

O Votalhada é um blog para AMIGOS do Votalhada. Pode criticar, pode não concordar mas educação é fundamental. Não perca seu tempo.

#SemPolítica #SemOfensas #SemMAIÚSCULAS #SemBabacas

Pessoal, qualquer comentário com conotação política, que cite nome de qualquer candidato ou termos que lembrem candidatos, governo atual ou passados, NÃO SERÃO MAIS LIBERADOS.

LEMBRE, depois de postar fica gravado para sempre. Mesmo que você exclua, a mensagem enviada pelo sistema para o moderador (com o texto postado) não desaparece.

LEIA AS REGRAS:
http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html



Atenção a todos os usuários que não configuraram suas contas do Google ou Blogger e que aparecem como Unknown: Os comentários efetuados com esse nick não serão publicados.

Grato.