30 março 2016

RuPaul's Drag Race: S08 E04 - Por Rômulo Cordeiro

Oi pessoal, tudo bem?

Estamos na quarta semana de RuPaul’s Drag Race e a competição está começando a ficar mais difícil para algumas queens.

Antes de começar o nosso recap semanal, vamos relembrar alguns pontos importantes da semana passada.

As queens foram desafiadas a interpretarem uma versão da série americana “Empire”, que adaptada ao jogo recebeu o nome de “Ruco’s Empire”.

O desafio rendeu vitória para Chi Chi Devayne e um Lipsync entre Cynthia Lee Fontaine contra Robbie Turner, onde Robbie deu um show dublando por sua vida em cima de patins.

Logo após a eliminação de Cynthia, as queens ainda remanescentes no workroom discutiam sobre as críticas dos jurados. O alvo da conversa foi Derrick Barry, que segundo Michele ainda não estava mostrando a sua alma, que ela ainda deixava a roupa falar mais do que a sua atitude, que ainda não sentia Derrick no jogo.


Boa parte das queens concordaram com os comentários de Michele Visage e tentaram fixar essas ideias na cabeça de Derrick, porém, a mesma não se sentia ameaçada por isso e que acredita que esteja no caminho certo. Acredito que se Derrick tem algo pra mostrar quem é o seu verdadeiro lado drag queen que não seja uma performer da Britney, que ela mostre rápido, porque a competição já está afunilando e ficando claramente mais seletiva e complicada. Eu particularmente não quero ver Derrick fora da competição por enquanto.


O Desafio dessa semana foi o “New Wave Queens” , onde as queens se dividiram em três grupos para embalarem o ritmo dos anos 50, criarem uma banda, e o principal, cantarem ao vivo pra uma plateia de groupies. 

Acredito que numa estratégia para algumas queens se conhecerem melhor e trabalharem de uma forma mais homogênea e rápida, essa semana não teve mini desafio para decidir as capitãs do time, Rupaul deixou as meninas livres para escolherem suas equipes, o que já começou a criar conflitos. 

A seleção foi mais natural do que eu esperava que seria. Kim Chi, Robbie Turner e Naomi Smalls, que já vinham demostrando mais afinidade logo formaram um time. Bob The Drag Queen, Thorgy Thor e Acid Betty, as garotas de New York como elas mesmas se intitularam formaram outro grupo, deixando assim Chi Chi Devayne, Derrick Barry e Naysha Lopez de lado e obrigando elas a serem o terceiro grupo. Kim Chi na entrevista individual chamou ela de “as sobras”, o que pra mim já deixou claro que não teriam um progresso tão bom como os outros grupos. Vamos pensar, se você tem a oportunidade de escolher com quem quer trabalhar, é por algum motivo ou habilidade dessa pessoa certo? Quando se fica num time de “sobras” em algum momento as adversidades vão aparecer e desandar o processo. E foi o que aconteceu. 

Antes de tudo os times tinham que decidir qual o estilo iram seguir. O desafio propunha Punk, Party e Synth.


O time de Kim Chi, Naomi e Robbie logo pegaram o Punk alegando que queriam sair da zona de conforto e mostrar algo que não seja o colorido da Kim, o caseiro de Robbie e a passarela de Naomi. Essa escolha já gerou comentários entre as outras dando destaque ao shade de Bob The Drag Queen que dizia que as meninas não tinham nada de punk, e que isso não daria certo.


Falando em Bob, as garotas de New York entraram num impasse com o Time de Naysha, Chi Chi e Derrick. Os dois times queriam o ritmo party e para resolver essa questão, Bob The Drag Queen decidiu ouvir a opinião de cada time. A opinião do seu time foi unanime em relação ao ritmo, mas já no time de Naysha, as coisas foram meio complicadas. Naysha e Derrick escolheram o Party, o que com certeza seria uma zona de conforto para as duas, mas Chi Chi escolheu o Synth. Vocês lembram daquela adversidade de ideias que eu mencionei mais cedo? Pois então, está acontecendo. Chi Chi disse que o synth teria mais alma e uma oportunidade melhor delas trabalharem numa letra mais caprichada. 

Do outro lado, enquanto Bob se divertia com os problemas da equipe de Chi Chi, ela não olhava pros problemas dentro da sua própria equipe. Thorgy Thor estava relutante com as ideias de Bob e Acid, sempre fazendo sons e expressões de nojo, sem contar a sua desconexão e distração com a equipe. Acho que o feitiço se virou contra Bob.

A Equipe de Kim, Robbie e Naomi não tiveram tanto destaque nesse episódio. Tudo parecia sob controle, e as meninas sabiam o que estavam fazendo. Foram julgadas por todas quando decidiram coloco asas de galinha e molho barbecue na letra de sua música. Fora isso, não tiveram muito destaque.

O bicho pegou mesmo foi na equipe das “sobras”.


Para a passarela dessa semana, o tema foi Neon, o que desesperou Chi Chi. Ela literalmente não tinha o que usar, já que o seu look neon foi utilizado na passarela passada, por isso, Chi Chi resolveu não participar tão ativamente da criação da letra e das performances deixando tudo praticamente nas mãos de Derrick e Naysha. Chi Chi preferiu se dedicar em costurar sua roupa pra tentar se sobressair pelo menos na passarela. Até concordo com ela, diferente das outras, Chi Chi foi praticamente com uma mochila com poucas peças de roupa pra competição. Ela ta aproveitando cada tecido, cada pedraria disponibilizada no Workroom. 

Durante os ensaios com Lucian Piane, eu preciso destacar que ele está a cada temporada mais bonito, poucos pontos foram abordados em cada equipe.


Na Equipe de Kim, Robbie e Naomi, Lucian falou que faltava um pouco de atitude roqueira, da brutalidade do punk. Na Equipe das meninas de New York existiam muitos personagens fabricados, elas não estavam agindo como banda, mas como atores em um musical. E na equipe das Sobras a necessidade extrema de Derrick chamar atenção incomodou Lucian e pediu pra que ela seguisse as demais nos arranjos, e não cantasse tanto. Em alguns momentos ela soltava alguns falsetes que eu cheguei até a compara-la com a MC Melody.


Durante as apresentações, as meninas de New York deram o seu melhor. A espontaneidade e alegria em conjunto de Bob The Drag Queen e Thorgy Thor deram aquele ar de festinha na garagem dos amigos que a gente sempre vê nos filmes. Bem a vibe B52s. Mas, Acid Betty ficou um pouco xoxa entre as duas. Michele durante a deliberação dos jurados apontou que Betty tinha sido engolida pelas outras e parando pra pensar foi verdade. Acho que Betty teria se saído melhor se tivesse ficado com o Punk, temos que concordar, Acid Betty é a representação do Glam Punk Rock, tudo dela me lembra o punk. Suas roupas, suas perucas. Não foi o desafio que favoreceu Acid.


A Equipe das sobras chegaram no palco com formas geométricas na cabeça e na letra da música. Com uma pitada de feminismo na letra, a música em si ficou acima das minhas expectativas, porém, a performance em conjunto foi um fiasco. Derrick Barry estava muito fechada e com uma cara de desconforto, isso chamou atenção dos jurados que afirmaram que ela ainda estava muito fechada para performances que não sejam da Britney. Se Derrick estava muito fechada na performance, Naysha já estava mais preocupada em fazer movimentos legais. Não vi a preocupação dela em estar em sintonia com as outras. Contudo, sobrou para Chi Chi entreter o público como podia. Eu estava de verdade apostando na apresentação delas, mas infelizmente não deu certo.


Por último, mas não menos importante, o punk de Kim, Naomi e Robbie roubaram a cena. As meninas saíram da sua zona de conforto, que era o seu plano inicial, e fizeram a coisa acontecer. Chegaram no palco com a atitude esperada pelo Lucian nos ensaios e uma performance extravagante digna de Sex Pistols. A letra por mais engraçada que seja deixava bem claro o pensamento das meninas. Isso rendeu a elas o título de melhor grupo e deu a Robbie Turner o prêmio de melhor da semana.

Como sempre irei comentar somente alguns looks.


Essa semana Robbie Turner levou a melhor nos dois desafios. Gostei do seu jeito Barbie Maria Antonieta, porém, ela poderia ter investido mais nesse verde do que no rosa. Não achei tão neon assim.


Naysha Lopes chegou com um modelito trabalhado no air brush, o que deu a ilusão dela estar apenas com tinta sob a pele. Foi uma boa roupa e as cores chamativas caíram bem nela. Mas essa inovação não a livrou do Lipsync For Your Life.


Chi Chi Devayne já sabia que estaria entre as piores da semana, e acho que isso foi progressivo. Desde a escolha do time, estilo musical e até o impasse da passarela. Esse episódio não foi fácil pra Chi Chi. Até na arvore do veneno ela passou pra desabafar e voltar de cabeça erguida pra competição.


Acid Betty foi a que mais chamou atenção. Acid entrou na passarela vestindo alguma coisa meio humana, meio peixe, e tenho certeza de que se apagassem as luzes ela brilharia, mas esse não foi o motivo dela estar entre as piores. Acredito que a sua falta de conexão com o ritmo escolhido por sua equipe a levaram a ocupar o lugar de umas piores da semana, mas no fim, Chi Chi pisou mais na bola garantindo a salvação de Betty.


Derrick Barry tentou, tentou mas não encontrou a sua alma na competição, novamente escutou os conselhos dos jurados que apesar de não ter a aparência da Britney, ela ainda não consegue fazer algo que não seja correlacionado a ela. Isso quase garantiu que ela dublasse por sua vida na competição. Acho que o círculo está se fechando pra Derrick, e mais um deslize desse, ela não estará impune. A não ser que tenha outra queen errando mais do que ela.


No Lipsync for Your Life disputado por Chi Chi e Naysha, tiveram que dublar a música “Call Me” do Blondie com uma pitada a mais de pressão, já que a vocalista do Blondie, Deby Harry, era uma das juradas da noite.


Naysha pra mim já começou errando sua dublagem, começou tirando os saltos, e quem me conhece sabe o quanto eu não gosto das queens que se desmontam durante a apresentação. Não sei se foi para deixar a apresentação mais fácil, mas pra mim dublas sem salto não é bom. Como boa garota de concurso, Naysha apostava nos movimentos, chegando a fazer piruetas, cambalhotas, estrelhinha e tudo mais que vinha na sua mente. Teve muito movimento, mas pouca dublagem, eu mal conseguia ver o rosto dela e prestar atenção em seus lábios.


Do outro lado, Chi Chi começava sua apresentação fixa nos jurados, conseguia sentir a sua concentração na letra da música. E na medida em que Naysha aumentava seus movimentos, Chi Chi aumentava os seus de acordo com a intensidade da música. Quando você ver o episódio caro leitor, você irá me questionar: “A Chi Chi também deu estrelhinha, piruetas etc etc”, sim é verdade mas diferente de Naysha foi bem dosado, foi de acordo com o calor da música, e o principal, ela não se desmontou! HAHAHAHAHAHAHAHA

No Final, Shantay you stay pra Chi Chi Devayne que tem mais uma semana na competição. E Sashay Away pra Naysha Lopez pela segunda vez. 


Em declaração, Naysha se disse arrasada por ter se doado 110% e ter perdido para alguém que nem está 50% comprometida com a competição. Será mesmo que Naysha fez valer a pena a sua segunda chance? Acho que no lugar da Naysha, quem deveria ter voltado era a Katya, mas quem manda é Mamma Ru. 

Como já estamos no quarto episódio, já é possível estabelecer um top 5 das queens, com o passar do episódios vou justificando a subida ou descida, caso haja necessidade!

5 – Robbie Turner
4 – Acid Betty
3 – Thorgy Thor
2 – Kim Chi
1 – Chi Chi Devayne

Essas são as minhas favoritas da semana, quais as suas? Deixem os seus top 5 nos comentários, ou me digam lá no twitter: @Raiolaser_. Até semana que vem.


Rômulo Cordeiro
Twitter: @Raiolaser_
Instagram/snapchat: raiolaser



7 comentários:

  1. Bom dia, Rômulo!
    Adoro seus reviews de RuPaul's Drag Race! São ótimos meeesmo! HAHAHA
    Só uma coisa, quem ganhou o ep. semana passada foi a Bob The Drag Queen e não a Chi Chi.

    De resto concordo em tudo com você, somente mudaria meu top 5, que seria:

    1 - Kim Chi
    2 - Thorgy Thor
    3 - Robbie Turner
    4 - Naomi Smalls
    5 - Acid Betty

    Ah, e também daria destaque a bronca da Michelle pra Chi Chi, talvez ascenda uma faísca nela que a faça se destacar mais! (No Untocked mostrou mais, e achei super bem colocada).
    Beijos, vou continuar acompanhando!

    Guilherme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Guilherme, perdão, ainda estava pensando no episódio anterior! Mil perdões;
      O Untucked mostrou uma cena exclusiva, e eu não tinha visto ainda. Mas com toda certeza numa oitava temporada, essa não é uma desculpa aceitavel. Acho que pra se chegar num nivel de Drag Super Star não pode haver desculpas, tem que por a cara no Sol mesmo.

      Excluir
  2. Mais uma vez adorei o post.
    Você escreve muito bem. Parece que se está assistindo o programa.
    Tenho pena de Chi Chi não se mostrar mais.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado querida! Eu faço o maximo pra deixar bem transparente o meu ponto de vista. E fico feliz que você tenha gostado.

      Excluir
  3. Ótimo post! Fizemos um videocast sobre a temporada até agora, e o nosso top 4 quase bate com o seu:

    1 - Bob de Drag Queen
    2 - Thorgy Thor
    3 - Chi Chi Devayne
    4 - Acid Betty

    Participe do nosso videocast: https://youtu.be/zSQYfscYuuI

    Quarta que vem, ao vivo, às 23h30, comentaremos o Snacth Game!

    ResponderExcluir
  4. É engraçado que em um episódio você ama uma participante e no outro, odeia (Edição cheia de cortes do programa favorecendo certas participantes, cof, cof, cof...) O time da Robbie realmente foi muito superior, Robbie conseguiu se redimir do fiasco do último episódio de uma maneira majestosa e eu nem achei que elas sairam da zona de conforto (Naomi talvez), pra mim é como se Kim Chi e Robbie Turner soubessem o que estavam fazendo, tudo com muita harmonia e sincronismo. Sobre o time de NY eu ainda to tentando entender o que aconteceu, sinceramente achei que todas as 3 estavam sem harmonia, cricitaram a Acid, mas a impressão que eu tive foi que as 3 estavam sem conexão, uma acabou ofuscando a outra. Já o time de Naysha eu só tenho pena pela Chi Chi, porque é a que mais transparece paixão - concordo que foi falho o argumento em dizer "não tenho roupa" - mas não existe dúvidas de que ela tem atitude e determinação. Já sobre Derrick... bem Derrick continua sendo Britney né? não menosprezo ela por isso, é notável que ela é competente, mas pouco versátil, só que essa não é exatamente a qualidade que RuPaul está buscando gata.

    Naysha deu o que tinha que dar. Eliminação justa.

    No geral gostei do episódio, a temporada está seguindo muito bem, não consigo chutar um top5, mas meu top3 é:

    1- Thorgy
    2- Bob
    3- Kim Chi


    P.S. - Acid Betty está detestável nos Untucked.


    Tchau!


    @ouroboross

    ResponderExcluir

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html