14 abril 2021

Os 33 ELIMINADOS com mais de 80% dos votos na história do BBB


Seja por sua baixa popularidade ou por enfrentarem no Paredão concorrentes mais fortes, alguns participantes ficaram marcados pela alta porcentagem de votos recebidos para serem eliminados. Confira a seguir os 33 participantes que receberam mais de 80% dos votos, "para sair", na história do BBB.

99,17% - Karol Conká (BBB 21)
Foi a 4ª eliminada da temporada 2021. Ele perdeu a disputa para Arthur (0,54%) e Gilberto (0,29%) na votação pelo GShow e deu adeus ao confinamento ocupando o primeiro lugar no ranking geral de eliminações com rejeição na história do Big Brother Brasil.

 
98,76% - Nego Di (BBB 21)
A terceira Eliminação do BBB21 entrou para o ranking de recordes de rejeição. Nego Di recebeu 98,76% dos votos em um Paredão contra Fiuk e Sarah.
  

95% - Aline (BBB 5)
Na época com 19 anos de idade, Aline entrou na casa do BBB 5 após o afastamento de Marielza, que foi sorteada para participar do 'Big Brother Brasil', mas acabou tendo problemas de saúde no confinamento. Em seu paredão, Aline enfrentou Grazi Massafera, uma das favoritas do público, que chegaria à final, em um Paredão duplo.


94,26% - Patrícia (BBB 18)
Patrícia é dona da 2ª maior rejeição da história do BBB, mas da maior disputada em um Paredão triplo: 94,26%. Seu amigo Diego teve apenas 3,3% dos votos para sair, enquanto Caruso teve 2,44%. Detalhe para o fato de que seus concorrentes estavam longe de ser 'queridinhos' do público: Diego foi eliminado na semana seguinte, com 81% dos votos, e Caruso na posterior, também com 81%.


93% - Felipe Cobra (BBB 7)
Felipe Cobra entrou na casa do BBB 7 de última hora, após a expulsão de Fernando Orozco, que tinha um "laço de parentesco ou amizade" com um alto funcionário da Globo por ser amigo de infância do filho de Willy Haas. Felipe Cobra enfrentou Alberto, o 'Cowboy', que posteriormente sairia do programa com 85% dos votos. Levou a pior com 93% da escolha do público para sair.


92,69% - Nayara (BBB 18)
Acusada de ser "fofoqueira" por seus colegas de BBB, Nayara obteve 92,69% dos votos do público para ser eliminada diante de 4,03% de Mahmoud e 3,28% de Gleici, que viria a ser campeã, em um Paredão triplo.


92% - Rogério (BBB 5)
Rogério Padovan, conhecido como 'Dr. Gê', foi eliminado da casa do BBB 5 em confronto com Sammy, um dos finalistas do programa, recebendo 92% dos votos para sair.


92% - Rafa (BBB 12)
Um dos grandes jogadores da edição, o carioca Rafa foi o sétimo eliminado do "BBB12". Rafa foi indicado pela líder Fabiana  que afirmou que ele era muito político e intimidava as pessoas. Dentro do programa, Rafa demorou algum tempo para mostrar o jeito explosivo que sempre afirmou ter.


91,89% - Projota (BBB 21)
A eliminação de Projota pos fim a um importante capítulo da temporada já que o rapper era o último sobrevivente do grupo apelidado nas redes sociais como “gabinete do ódio“.
Também conhecido como “G4 do mal“, o grupo rapidamente ganhou a antipatia do público. Era formado por Nego Di, Karol Conká, Lumena e Projota.


91% - Airton (BBB 7)
Airton foi eliminado do BBB 7 no primeiro Paredão de sua edição, dois dias após a estreia, ao lado de Juliana. A dupla teve 56% dos votos diante de Allan Pierre e Flávia. Em nova votação com Juliana, desta vez para decidir quem voltaria à casa, Airton obteve 68% da preferência do público. Desta vez, ficou entre os cinco melhores colocados do programa, mas recebeu 91% dos votos para ser eliminado em um Paredão contra Diego Alemão, que seria campeão daquela edição.


89,85% - Ana Paula (BBB 18)
Ana Paula saiu do BBB 18 no início da competição, na 3ª semana. Ela obteve 89,95% dos votos para ser eliminada em um Paredão triplo contra Ana Clara e Ayrton (que competiam como um único participante, representando a 'família Lima'), com 7,19% dos votos e Paula, com 2,96%.


89% - Fani (BBB 7)
Fani Pacheco enfrentou Diego Alemão, que se tornaria campeão do BBB 7, e saiu eliminada com 89% dos votos.


88,34% - Breno (BBB 18)
Mesmo tendo chegado à reta final do 'Big Brother Brasil 18', o participante Breno foi eliminado com expressivos 88,34% dos votos diante de apenas 11,66% de Kaysar, que se tornaria vice-campeão daquela edição do 'BBB'. 


88% - Laisa (BBB 12)
Laisa disputou o 6º Paredão do BBB 12 com João Carvalho, recebendo 88% dos votos para deixar a casa. 


88% - Natália (BBB 5)
Natália Nara enfrentou Jean Wyllys, que seria campeão do BBB 5, e obteve 88% dos votos para ser eliminada. 


87% - Giulliano Ciarelli (BBB 5)
Giulliano Ciarelli, também conhecido por sua carreira como goleiro de futebol em times menores, saiu do BBB 5 após enfrentar a cabeleireira Tati Pink e receber 87% dos votos para ser eliminado do programa.


87% - Jaqueline Khury (BBB 8)
Jaque Khury, que anos depois chegou a trabalhar em outros programas de TV, como o 'Legendários', da Record, teve a maior rejeição entre os primeiros eliminados de cada edição do 'BBB'. Na 1ª semana do 'Big Brother Brasil 8', ela enfrentou Gyselle, que seria finalista, e foi eliminada com 87% dos votos.


87% - Luan (BBB 15)
Emparedado com Cézar, favorito a levar o prêmio, Luan foi eliminado com 87% dos votos. Visto como o antagonista desta edição, o brother colecionou polêmicas na casa ao falar sobre ter matado uma pessoa quando era do exército e ter roubado comidas do grupo 'Tá com Tudo'.


86% - João Carvalho (BBB 12)
O representante comercial mineiro João Carvalho, de 46 anos, foi eliminado do "Big Brother Brasil 12" com 86% dos votos do público. Ele enfrentou o veterinário Rafael (Fael) no paredão para deixar a casa.


85,22% - Victor Hugo (BBB 20)
O psicólogo bateu o recorde de rejeição da atual temporada 2020 do reality na disputa com Manu Gavassi, escolhida por 10,18% dos votantes, e Babu Santana, votado por apenas 4,60% dos internautas no site oficial da Globo.


85% - Estela (BBB 1)
Uma das participantes encrenqueiras da casa, foi eliminada na sétima semana da primeira edição do programa, Estela saiu com 85% e obteve o recorde de rejeição do BBB1. Ela foi derrotada por Kléber Bambam, o vencedor daquela edição.


85% - Alberto (BBB 7)
Derrotado por Analy no paredão com 85% da rejeição popular, Alberto não foi bem visto pelo público por se tornar inimigo de Diego Alemão, o vencedor do BBB7. Apesar da alta rejeição, o brother foi superado por outros três competidores na mesma edição: Fani, Ayrton e Felipe Cobra.


83,50% - Kerline Cardoso (BBB 21)
Derrotada por Rodolffo e Sarah no 1º paredão triplo com 85,50% da rejeição popular.


82,29% - Thaís Brás (BBB 21)
Thaís foi para o Paredão após ser indicada pelo Líder Caio. Arthur foi um dos mais votados pela casa e Fiuk foi para berlinda após perder a ‘Final do Mal’ da última Prova do Líder. Os dois últimos chegaram a disputar a Prova Bate e Volta com Pocah, mas a cantora levou a melhor e escapou do Paredão.


81,60% - Mayara Motti (BBB 17)
Pouco admirada pela maior parte do público, a emparedada se despediu da casa com 81,60% dos votos na disputa contra a amiga Vivian. Durante as duas semanas que passou na casa, ela foi líder, brigou, articulou e até recebeu um voto misterioso da aliada Roberta no confessionário.


81,56% - Caruso Junior (BBB 18)
Caruso chegou como um verdadeiro furacão ao BBB. O publicitário nos ensinou várias gírias, deu um show de estratégia, combinou voto, brigou, se desculpou, desfilou sem roupa e fez história no programa. O publicitário recebeu 81,56% dos votos, mostrando que ele estava errado em relação a ser querido pelo público fora da casa.


81,07% - Diego Sabádo (BBB 18)
Apesar da rejeição, foi considerado um dos melhores jogadores no quesito estratégia. No início da temporada, o escritor - que era apaixonado pelo universo geek - mostrou ser articulador e fez o que pôde para evitar o paredão.


81% - Ronaldo Peres (BBB 12)
Desde o início do programa, Ronaldo nunca se mostrou muito paciente ou a fim de fazer média com os outros brothers: logo na primeira prova de resistência, cujo ganhador seria quem permanecesse mais tempo dentro de um carro, ele manteve o sangue-frio e quase chegou lá, ficando 28 horas dentro do veículo. Ele só não esperava que as provocações de Jakeline o fizessem abandonar a prova, irado.
O vendedor paulista Ronaldo foi o quarto eliminado do BBB 12. Ele recebeu 81% dos votos contra 19% da outra emparedada, Fabiana. 


80,82% - Daniel Lenhardt (BBB 20)
Deixou a disputa após somar 80,82% dos votos em enquete popular. Ele superou a rejeição de Ivy e Flayslane, que registraram 9,64% e 9,54%, respectivamente. Esta foi a nona eliminação do reality show.


80,32% - Elis Gonçalves (BBB 17)
Apelidada de “Mensageira do Caos” por Tiago Leifert, Elis estreou no paredão após ser indicada pelos líderes Emilly e Daniel. A sister disputou a permanência na casa em paredão triplo com o advogado Ilmar e o agente de trânsito Daniel.


80,27% - Petrix Barbosa (BBB 20)
Segundo eliminado do Big Brother Brasil 20, o ginasta enfrentou o Paredão com Babu, Hadson e Pyong. Foi investigado por um suposto caso de assédio cometido dentro da casa do BBB20.


80% - Zulu Gomes (BBB 4)
Zulu disputou o sétimo "paredão" do programa com a frentista Solange. Quando soube que recebeu 80% dos votos da audiência para deixar a atração, ele se mostrou surpreso e chegou a acreditar ter batido o recorde de rejeição do reality show. 


80% - Aline Dahlen (BBB 14)
Vivendo uma relação de amor e ódio com o público, Aline foi eliminada da casa com 80% dos votos. Indicada ao paredão pelo líder Valter Slim, a sister perdeu a disputa para Marcelo.




Twitter: twitter.com/votalhada
Instagram: instagram.com/votalhada
Facebook: facebook.com.com/votalhada
Telegram: t.me/VotaNoBBB

 

ATENÇÃO: Antes de comentar, leia as regras:
www.votalhada.com.br/regras.

 


O Votalhada faz um resumo de várias enquetes divulgadas em sites e blogs que comentam Realities. Apresenta o resultado em tabelas claras e faz as médias aritmética (simples) e ponderada (proporcional) dos resultados. Durante as votações, geralmente as pesquisas são publicadas a cada 3 horas.