13 abril 2017

Frank Killer: Emilly - Campeã do BBB17


Emilly

Campeã do BBB17

Muita gente falou que a Emilly é culpada pelos problemas do Marcos. Nessas horas o Marcos seria criança e ela adulta? Alguns até falaram que ela é tóxica, querendo dizer com isso que "intoxicou" o Marcos. Como assim? Agora o Marcos deixou de ser adulto e a Emilly passou a ser experiente?


Em seguida as mesmas pessoas dizem que o Marcos é agressivo e um elemento perigoso. Atacou a todos e os fizeram de vítimas indefesas e sem culpas, com o dedo em riste e, não se lembram que atacou muito mais a Emilly, mas esta não foi vítima também. Nossa! Que visão assombrosa!

Dizem que ela incitou o Marcos contra os demais, quando era ele quem a incitava nesse sentido. Não só ele, mas o Mamão também, o qual o incitava inclusive contra a Emilly, antes e depois de se afastar deles, coisa que o Rômulo já vinha fazendo desde muito antes.

A verdade é que a Emilly não tem e não fez nada de errado, a não ser uns errinhos bobos próprios da idade e que foram agigantados por "haters" como traços de caráter. Tudo nela é próprio de uma menina da idade dela. Os mesmos errinhos nos "burros velhos" seriam falhas de caráter, mas esses "haters" se esquivaram de enxergar isso e preferiram superdimensionar somente os dela.


Se é um pouco mimada, não seria culpa dela e, é até normal no caso de gêmeos ou gêmeas. Tenho gêmeos em minha família e sei, de cadeira, como esse processo "coruja", de carinhos de tios, pais, avós, bisavós, irmãos, etc, são babões e se desenvolve.

A maioria das pessoas são insensíveis a esse processo carinhoso porque não conhecem gêmeos (especialmente univitelinos) ou não têm contatos com eles. Portanto até o fato de ser mimada é normal. Se ela fosse mimada por ser rica e em razão de ter tido uma vida de luxos seria diferente.

Segundo o Canázio da Rádio Globo, "mentalidade conta muito mais que a idade" e concordo inteiramente com isso. Nesse aspecto, a Emilly está muito acima de todos os demais, muito mais velhos que ela. Ieda tem 50 anos ou mais que ela, duas vezes e meia a dela e, não tem, nunca teve, melhor qualidade mental.

Falar em qualidade mental é complexo. Melhor é falar em equilíbrio psíquico, em resiliência psicológica, por exemplo, que acredito que a Emilly desenvolveu enormemente durante o cativeiro forçado. Ela entrou com a luz do brilho e a super auto estima e saiu resiliente (qualidade muito necessária) e com mais experiência de vida.

Isso, juntamente com a auto estima mais ajustada à realidade, poderá elevá-la a alturas "gigantes", para usar o termo que ela gosta de utilizar.

Se a graça e a doçura dela enfeitiçaram o Marcos, porquê não cativaria o Rômulo também? A explicação está no fato de que cativou, mas isso se chocaria com a estratégia dele e, com a do Marcos não.

Rômulo preferiu passar a falar que ela enfeitiçava com seu jeito "ninfeta", para manipular. Na verdade era para "explicar" sua tática de passar a falar que deixou ela ganhar uma prova de resistência. No entanto ela provou que poderia vencê-lo com sua garra em outra prova de resistência.


Claro, não poderia a estratégia dele de trazer a esposa para dentro da casa ganhar de uma pessoa trazida do além e, sendo mãe da menina. O pior de tudo para ele, é que não poderia usar isso contra ela e nem seus seguidores também. Viu que a "estratégia" dela, se estratégia era, suplantava a dele de longe. Mamão viu a mesma coisa no que se referia ao filho.


Essa tática de se escorar em pessoas daqui de fora para se fazer de amorosos não cola mais. Se pelo menos explicassem atos genuínos e vistos que comprovassem suas atitudes, não sentimentos, em confinamento, como no caso da Emilly, tudo bem.

Emilly explicava sua força em provas e a resistência à dor como emanação da mãe ou exemplificada pela resistência da mãe à dor e por ter sido guerreira nesse aspecto durante sua agonia e, só os insensíveis não estavam aptos a perceberem isso.

Ninguém tem que ficar de luto pelo resto da vida por causa da morte de um ente querido. Insensíveis não sabem o que é isso. E não sabem que quanto mais cedo deixarem o luto e passarem a viver de modo normal suas próprias vidas é melhor, passam a sofrer menos e melhor combatem a dor e a saudade.

Pobres desses que dizem que ela errou por ter entrado na casa apenas 15 dias após o falecimento da mãe e que não sabem que a própria mãe indicou em seu leito derradeiro essa solução (a melhor disponível) para mitigar a dor e a saudade das filhinhas queridas.

Essas pessoas são céticas em relação a sentimentos e não sabem o que é amor. Não sabem o que é compaixão, coisas que a Emilly e sua "mana", enquanto esteve na casa, esbanjaram de sobra, daí a raiva desses "haters".


Os defeitos da Emilly são naturais em sua idade e alguns outros são característicos de gêmeos, obrigados a compartilharem tudo, até castigos, e a competirem em tudo no seio familiar. Emilly sai fortalecida nesse aspecto e agora compreende que tem vida própria e não é mais meia pessoa.

Em todos os aspectos o BBB foi benéfico para ela e, sua querida mamãe sabia claramente disso. Sabia inclusive que uma eventual separação física de ambas no Reality seria também benéfico. Próximos da morte nos tornamos sábios, não por causa do número de anos vividos, mas porque somos forçados a examinar e julgar o que fizemos e o que deixamos de fazer no uso desse tempo vivido.

Você é o comandante da sua vida e tudo o que fizer ou deixar de fazer virá inexoravelmente à sua mente no dia em que estiver frente a frente com a sua morte.

Não pense que irá conseguir fugir disso, porque você sabe que não levará nada desse mundo contigo, a não ser o tempo que exercitou no amor e o que fez para melhorar a existência de tudo, se não da humanidade, pelo menos em prol de seus parentes e/ou descendentes que ficam.

Seja religioso ou não, Cristo e outros luminares do saber deveriam ser os seus espelhos, não mortais concursantes ou reles pretensiosos que se arvoram em seres sábios, donos da verdade e experientes.

A única coisa que não aprovo é justamente o que muitos aprovam e que é motivo de rejeição inconsciente, que é ter sido protagonista do início ao fim dessa edição e acho que não precisava nem um pouco disso. Protagonismo não é atributo do caráter e não é isso que estamos aqui para julgar.

Congratulamo-nos (eu e o Luís, dono do Votalhada) com a gêmea, por essa conquista. Parabéns, Emilly. Você, dentre seus pares, era a que mais merecia levar o galardão de campeã do BBB17.





39 comentários:

  1. Frank receba o meu abraço é de coração,já que com os textos foi muito esclarecedor pra mim em muitos momentos desse bbb com sua lucidez em realmente lê o jogo corretamente e com honestidade sem ofender,agredir as pessoas que aqui comenta,mesmo que não concorde com você, parabéns parabéns 👏👏👏👏👏👏

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Frank, maia um texto lindo e esclarecedor, concordo com você Emily mereceu e muito, sorriu, dançou,chorou e cresceu como ser humano. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Parabéns por todos os seus textos. Gosto do blog e era muito difícil vir aqui e só ver textos e comentários apedrejando a menina. Em seus textos foi o único lugar onde eu pude ver que ainda existe compaixão por aqui. Parabéns a todos e vida que segue, parece que o ''mantra'' de alguns não deu certo... Mas fico feliz que nesse edição o justo e o CORAÇÃO venceram!!!

    ResponderExcluir
  4. Essa semana definitivamente mostra que o Brasil não tem a menor possibilidade de melhora. Tanto a politica como o BBB deixam muito claro isso. Sem Futuro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não dói menos não, dói mais mesmo pq o imoral e a ignorância ainda reina no nosso Brasil.

      Excluir
    2. Deverias ler O Frank Killer, com doçura, desarmada. Como disse Tiago Leifert, as pessoas ficam cegas de ódio e preconceitos, só lendo coisas ruins na mídia, e esquecem de ver que tudo, tbm, tem um lado bom!

      Excluir
  5. Emilly campeã ,aceita que doi menos, realmenrte foi a melhor jogadora ,leiam um pouco Frank Killer .

    ResponderExcluir
  6. Obrigado Frank Killer ,pelo belo comentário,e concordo com você em tudo que falou, ela foi a melhor que mais lutou ,mais provas ganhou ,mais paredões foi , mais monstros foi, e tinha que ser a vencedora !!! BBjjkkss !!

    ResponderExcluir
  7. Torci e votei muito. Grata por seus textos ótimos e bem semelhantes ao que penso. Emilly campeã !!!

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Excelente visão! Que alívio ler esta critica positiva sobre esta menina. Palavras que escorregam garganta abaixo, como água fresca, ditas sobre a guriazinha-mulherão, Vi tudo isso nela e tbm nos que se viraram contra ela, durante o programa...e a cada paredão que ela voltava, mais um inimigo surgia. (Marinalva e Mamão: foi notório o descontrole que tiveram depois que ela voltou dos últimos paredões) . Ninguém suportou ver a beleza, a doçura, a bravura, a paixão, a capacidade de raciocinar mesmo c/ pouco estudo e vivência,;;; vencendo, vencendo, vencendo...Gente fdp, que não permitiram ela expressar um pouco da sua dor, a chamando de vitima. Nem o Marco aguentou assistir tanta coisa positiva, numa menina linda, mimada, voluntariosa, que rebatia os argumentos sábios dele, com a mesma força, sem medo, sem baixar a cabeça. Os momentos que se ''baixou'', foi pela paixão, foi por querer dormir abraçada num homem "forte" ...paixão, paixão. Parabéns, menina linda, valente, autentica! Amei acompanhar teu protagonismo nesta edição. levaste a realidade pra entro de um programa tão antagônico, em tempos de um País de mentira. Bjs (BEIJÃO, Luis Alberto <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo BbL foi um dos melhores textos aqui publicados sobre a Emilly, permita-me colocar na minha rede social. Obrigada por suas palavras expressarem o que os 58% que votaram a favor dela. Bjs

      Excluir
    2. Belo texto o seu Bbl, sua assertividade encanta.

      Excluir
  10. Parabéns Frank, falou o que eu gostaria de expressar. Obrigada

    ResponderExcluir
  11. Melhores comentários da WEB, sobre todos os participantes!!!! Parabéns!!!! Show!!!!

    ResponderExcluir
  12. Parabéns! Mais um sucesso!!! Adoro o BLOG! Adoro o que aqui leio e a visão clara de vocês! Um imenso prazer, por aqui conviver com vocês, reality após reality! E que venha o próximo!

    ResponderExcluir
  13. Parabéns!!!Muito obrigada maravilhoso texto.Que Deus ilumine e tenha bastante amor em sua vida.

    ResponderExcluir
  14. Parabéns Frank pela clareza, pela lucidez e pela capacidade de interpretação. Se autorizar, publicarei no meu blog de psicologia o seu texto e independente disso, farei com os meus alunos um estudo, uma interpretação do teor dessa sensata escrita, abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta foi a defesa mais eficiente em defesa da Emilly, porém, no que pese esta, mantenho a posição pró-Vivian.
      -
      Como requereu José Carlos Lima e Silva (acima), este texto merece avaliação da Psicologia.

      Excluir
  15. Parabens, Frank! Vc expressou corretamente a opinião de muita gente, inclusive a minha. A Emilly merecia, sim, ser campeã, independente dos erros cometidos por ela (e por tds os outros,diga-se de passagem). Admiro muito o Votalhada,por suas pesquisas e textos. Parabens!

    ResponderExcluir
  16. Desculpa, tenho 19 anos, 1 a menos que a Emilly e discordo totalmente das atitudes, não apoio e ela não me representa de maneira nenhuma.
    O problema não é idade, é caráter.
    Espero que com 1,5m ela consiga par a cirurgia na alma que a Marinalva sugeriu hehehehe.
    Tenho 19 anos e não tenho atitudes mesquinhas e arrogantes que ela tem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda





















      E verdade a Narinalva e um exemplo de virtude e caráter, não precisa mais nada a não ser canonizada


      Excluir
    2. Falou pouco e bonito,parabéns por ser tão novinha e ter esse pensar..

      Excluir
  17. E outra, só porque ela é protagonista dessa edição e movimentou tudo... Não significa de forma alguma que ela merece ganhar.
    Adolf Hitler também foi "protagonista" da II guerra Mundial e nem por isso ela deve ser exemplo pra nada, pense nisso.

    ResponderExcluir
  18. Vivian é uma gigantes mesmo, linda, simpática, sensata , inteligente...
    Tanto é que o presidente da OAB do estado do Amazonas a elogiou e a enalteceu.
    23 anos, formada em direito, tem OAB. E a Emilly??? Pois é.

    Quando as 3 finalistas saíram pro palco, só a família da Emilly foi abraçar a mesma ahahahahahahaha
    E o BBB 17 acaba aos berros dá platéia de "Vivian, Vivian, Vivian".

    Emilly ganhou a votação, porém espero que apanhe muito da vida aqui fora pra aprender a ser humilde e ter caràter. Quanto mais alto se chega, mais forte é o tombo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou você não leu o texto do Frank Killer
      Ou pior ainda:
      Leu e não entendeu

      ISSO É GRAVE!!! 😂

      Excluir
    2. Neusa Maria Vieira Pois é interpretação de texto e para poucos. Vociferar e para qualquer um

      Excluir
    3. Belo texto Frank entender da alma humana e angustia existencial e para poucos. Você e dotado de extrema sensibilidade assertividade.

      Excluir
    4. Grave é compactuar os as atitudes dá maioria dessa nova geração. Tenho vergonha.

      Excluir
    5. A Emilly não tem grana para pagar a faculdade !!1

      Excluir
  19. Obrigada Jesus pela vitória da Emilly!!! Foi massacrada, pisada, humilhada e amedrontada pela maldade dos mais velhos! Mas Deus protegeu, e com lucidez Emilly tinha as respostas e palavras na ponta da lingua!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixe Deus fora disso ele ama a todos iguais e sem ser imparcial diga-se de passagem...

      Excluir
  20. BBB é um programa de entretenimento, as pessoas assistem para se divertir, emocionar, sofrer e chorar. Emilly protaganizou de tudo ali dentro, se entregou plenamente de corpo, alma e coração como disse o Thiago, foi agredida psicologicamente e até mesmo fisicamente em um certo grau, todos ali dentro tentaram te derrubar, carregou praticamente sozinha toda a audiência do programa sendo inclusive o nome mais falado dentro e fora da casa. Concordo que suas atitudes ruins, em muito, não devem servir de exemplo para o Brasil, mas ao contrário, sua garra, determinação e auto estima devem sim ser copiadas por todos. Seria um enorme contrasenso se Viviam, por mais legal que seja, ganhasse este BBB, afinal quem realmente nos entreteu, nos fez sorrir, chorar, sentir medo e todo tipo de sensações foi sem dúvida nenhuma Emilly, a campeã!

    ResponderExcluir
  21. Perfeito e sábio o teu texto. Parabéns! Abração muito afetuoso!

    ResponderExcluir
  22. Algumas considerações. Acho estranho um texto sobre alguém, que precise citar outras pessoas até sua metade para dizer algo sobre a primeira. Acho estranho fazer um texto sobre uma ganhadora, tendo ele (o texto) terminado e eu ainda ficado procurando onde mora seu merecimento. Não entendi porque ela mereceu ganhar. O texto não ofereceu nenhum mérito que respaldasse sua vitória. Uma vez eu já havia dito, mas repito: outros concorrentes poderiam ter suas atitudes “explicadas” e amenizadas por causa de suas características, mas parece que só o que valeu foi explicar as atitudes de Emilly por seus 20 anos. Ieda, não teria determinadas atitudes por causa de sua idade, por ser de outra época? Marinalva, não seria por vezes rancorosa pelo fato de a vida ter sido pesada, tirando-lhe uma parte do corpo? Não seria Rômulo professor de Deus por saber muito mesmo? Com isso, de forma alguma, concordo com essas minhas últimas linhas. Acredito que as pessoas são o que são e demonstram isso pelo seu caráter. Assim como Emilly. Ela é prepotente, egoísta, intransigente, manipuladora, mentirosa, invejosa, ardilosa. Isso se justifica por seus vinte anos? (Não estou me referindo ao fato de muitos terem dito que maltratava sua mãe, que se utilizou da morte da mãe para comover o público, que dava para o Marcos ao vivo. Quer dar: dá! Não faz mal pra ninguém!! E não posso avaliar sobre sua mãe sem saber dos fatos. Isso não interessa)Conheço MUITA gente de sua idade que são justamente o oposto dos adjetivos que deixou claro ter e que acima listei. Tenho gêmeos na minha família, que são, sim, mimados, mas com um coração enorme a ponto de se comoverem com a dor do outro e se importarem com o outro. Não vi UM atributo que fosse de Emilly que superasse o que nela há de ruim. Nem no texto que acabei de ler.
    Não acredito que o Rômulo tenha se encantado com a Emilly. Para pessoas minimamente sensíveis é facilmente notável que estar perto dela não faz bem. Nem tudo é beleza, nem tudo se resume a um sorrisinho doce. A malandragem, a passada de perna, o olhar frio também são notados. Nem todos se atraem pela casca, assim como nem todos são movidos pelo dinheiro. Emilly acredita que sua beleza consegue tudo e, pelo jeito, há mais gente que acredita. Tudo bem.
    Como pode alguém sair de um reality sem levar consigo uma amizade que seja? Ninguém estava com ela. E quem estava, não estava e isso a fortalecia, o que demonstra como precisa pouco em termos de vínculo, um vínculo frágil já a deixava em pé. Não venham me dizer que seu brilho afastava as pessoas... Isso existe? Sim, para pessoas como ela que não suportam o brilho alheio. Ela avaliava as atitudes dos outros concorrentes pelo modo como ela sentiria e agiria. E assim somos todos nós. Isso nos revela!
    Li o texto sobre a Emilly para amenizar o que sinto ao final desse reality. Gostaria de ser convencida de que ela merecia pelo menos um pouco para me sentir melhor. Mas não deu certo. Uma pena. E fico certa de que o problema não é ela, é quem a apoia. Não sou hater, não tenho tempo pra isso. Só fico com essa dorzinha no coração por saber que pra tanta gente não vale a pena ser uma pessoa que tenha o mínimo de empatia por quem a rodeia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com tudo o que a Susi S escreveu. E ressalto o comentário de Unknow. Não há que se falar em idade para justificar condutas que denotam um caráter duvidoso. Pessoas que tem relações utilitárias com as outras, que são incapazes de qualquer gesto de generosidade não são assim por causa da idade e sim por causa do caráter.
      De acordo com alguns estudiosos do assunto, o caráter se forma na infância, até os sete anos de idade. O que é diferente da capacidade para a tomada de decisões, que ocorre bem mais tarde. Portanto, o comportamento da Emilly, inclusive, mudando completamente de voz (falando quase que como uma criança) quando quer algo, mostram que ela sabe muito bem o que quer e não mede esforços para conseguir. Mostrou-se dissimulada, mentirosa contumaz, fingia choro, entre outras coisas, que não são comuns em pessoas com vinte anos de idade.
      Para Emilly o outro simplesmente não existe e isto foi constatado, inclusive, por aquele que com ela se envolveu de forma mais íntima. Emilly chegou aonde chegou muito graças ao Marcos e ao Ilmar que a dirigiam lá dentro no sentido de evitar que ela manifestasse seu verdadeiro sentimento e suas atitudes de repulsa a qualquer um que lhe contrariasse, além da edição que se tivesse mostrado a verdadeira Emilly não teria passado do segundo paredão. Quando a direção do programa decidiu mostrar um pouquinho do que era a moça, já era tarde (o Tiago ainda falou do fanatismo das torcidas).
      Falar que a Emilly tinha compaixão? Pessoas que têm compaixão veem o outro. São altruístas. A própria irmã disse a ela para não ser arrogante (conselho de quem a conhece bem). Se Emilly tivesse compaixão não seria tão detestada por todos na casa. Quem não gosta de uma pessoa que conforta, que quer que o outro não sofra? Emilly não se compadeceu da situação da Elis em relação à restrição alimentar, pelo contrário, afirmou que sofria por comer arroz com feijão. Isso é compaixão? Em qual dicionário?
      Falar em pequenos erros? Desestruturar a Roberta da forma como ela fez, inclusive dizendo que ninguém gostava dela na casa, é um pequeno erro? Ou é uma demonstração de frieza e falta de respeito ao sentimento alheio, falta de compaixão?
      Jogou bem, mas, foi um jogo muito feio e que fazia mal assistir no PPV. O relacionamento dela com o Marcos, então, nem se fala. Isso foi falado por muitos aqui fora. Esse BBB17 não foi entretenimento, foi baixo astral, pesado, tanto que a edição do último dia não mostrou quase nada de diálogos, foram ceninhas com musiquinha para dar impressão de que tinha sido um mar de rosas e nem a maratona teve. Surpreende-me ver aprovação de tais atitudes em nome de um protagonismo que, no caso, foi às avessas.

      Excluir
  23. parabéns, maravilhoso seu texto falou tudo

    ResponderExcluir

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html