01 fevereiro 2017

Do Cantinho da Shadow: BBB17 - Jogo de Gente Grande



BBB17 - JOGO DE GENTE GRANDE

Creio que após 16 edições do BBB, e se o público souber votar, finalmente veremos o que é um jogo de gente grande. Sem casaizinhos fúteis, fotossíntese, vitimismo forçado, chororô ou gritaria histérica para aparecer e ter destaque na edição.

Sim, BBB é jogo de relacionamento.  Até aqui é como dizem: “quem não se comunica se trumbica”, “o apressado come cru e acaba se queimando”, e, “a vingança é um prato que se come frio”.

É preciso saber dosar as palavras, os nossos medos, a nossa ansiedade e atitudes para construir uma boa convivência uns com os outros. O BBB nada mais é do que isso. É por essa razão que quem entra com um personagem, fazendo tipo ou tentando repetir os passos de algum brother do passado, tem uma grande chance de ser eliminado logo no início.

Gabriela Flor, mistura de Gisele com César, não convenceu. A linha do “eu me basto”, “eu tô bem comigo mesma”, pra ir comendo pelas beiradas e assim chegar até a final, não cola mais. Entrar na casa com cara de entojada, desistir de uma prova fácil de resistência no primeiro minuto, não se enturmar à espera que os outros se matem, não fazer nada na casa a não ser ocupar espaço, convenhamos, não é uma estratégia inteligente e eficaz pra se manter no jogo. Já diz a sabedoria popular: quem não se comunica, se trumbica.

Agora... o tombaço das líderes, Vivian e Mayara, com a saída da flor e a volta do espinho Marcos, não teve preçooooo!!!! Há muito tempo não se via, na primeira semana, um momento mastercard tão divino. Gente, o que foi a cara de choque e de “eu não acredito!” daquelas duas e da Roberta, que já haviam - até - ensaiado uma dancinha para a eliminação do doctor!!!! Ahahahaha.... Certas coisas não têm preço!!!

Definitivamente, a liderança foi a pior coisa que poderia ter acontecido à dupla Vivyara. O primeiro passo em falso foi acolher nos aposentos reais os gêmeos, um encosto em dose dupla, aceitando o jogo dos garotões, que apostaram em casalzinho para evitar a eliminação. Jogo pobre e limitado. Ó dó!!! Esqueceram que até para ser um casal fake, é preciso construir uma historia. Elas se precipitaram e com isso perderam a oportunidade de conhecer os demais participantes, alguns deles muito mais interessantes do que os saradões movidos a testosterona.

Além desse vacilo, o poder lhes subiu à cabeça. Erro fatal nesse jogo!!! Começaram a julgar com mão pesada, pessoas que sequer conheciam e que têm mais conteúdo do que elas estão demonstrando possuir!!! Claro que se há algo perverso nisso, também se deve a uma sutil trollada do big boss: a televisão no quarto do líder. Afff... aparelhinho do mal esse!!! Desde que passou a interagir com os líderes que têm a cabeça fraca, senoooorrr... só tem sido fonte de discórdia, gastura, delírios, devaneios, maledicências...atraindo para as cabecinhas coroadas altos índices de rejeição e antipatia.

Os piores sentimentos podem despertar naqueles que se sentem paladinos da justiça e privilegiados por estarem vendo o comportamento da casa, os participantes interagindo, procurando justificar para si e para os outros que o seu julgamento sumário está correto. Quem analisa por meio das imagens que vê, não vê o que realmente é. Nota: refiro-me aos líderes diante da televisão dos aposentos reais.

Outro deslize mortal da dupla foi a justificativa infame para colocar o Marcos no paredão. Que horror!!! Vivian demonstrou que não tem o menor jogo de cintura, a vaidade não deixa. Ao invés de ter deixado a justificativa para a parceira maledicente, uma vez que esta estava imune e ela não, tomou a frente para chafurdar na lama, que a parceira ajudou a revolver. Quanta vilania!!! Mayara tentou ser a líder de um movimento feminista sem causa. Pode isso??? Pois é, o povo tem razão: o apressado come cru e acaba se queimando.

E... eis que para desespero das lideres e da Roberta, o Marcos voltou!!! Lindo, charmoso e sambando diante delas. Entenda-se: sambando sem subir o tom, sem fazer barraco, sem apontar o dedo, mas, sorrindo, conversando calmamente... como um gentleman; sem perder a pose, a ironia ou pisar na garganta das detratoras, mas... pisando. Tem algo mais ameaçador e assustador do que isso?!? Não minha gente, não tem. A calmaria é a pior coisa que pode haver após uma briga com os pais, os irmãos, os amigos e... os inimigos. Lembre-se sempre: a vingança é um prato que se come frio!!!

É por isso que esse BBB17 promete ser um jogo de gente grande, se o público deixar. Com a volta do espinho, agora encravado na Vivyara e na Roberta, os grupos começam a se definir. Aliás, falando na Roberta, qual o problema dessa pessoa com o Marcos?!? O outro dia ele se aproximou para dar-lhe carinhosamente um beijo na face e a estúpida se afastou dizendo que foi encoxada?!? Gente!!! Mais parece o rascunho mal acabado da Da. Bela da Escolinha do Professor Raimundo, só faltou dizer: “Ele só pensa naquilo!”. Ele... ou... ela só pensa naquilo??? Jesuissss!!!

Enfim... se era pro espinho incomodar, ele está conseguindo.

A partir de agora, dois grupos estão se formando conforme as afinidades, simpatias, capacidade de articulação e inteligência (leitura de jogo) de cada um: Mayara de um lado, acompanhada por Vivian, Manoel, Roberta, Luis Felipe, e, ao que parece Daniel (definitivamente descolorir o cabelo faz mal ao jogador); Marcos de outro lado, com Rômulo, Ilmar, Ieda, Marinalva, Emilly (cheia de personalidade pra desviar das fofocas da Roberta, arre!!!) e, ao que parece, o Pedro (um gamer que está conectado ao jogo, sem demonstrar que está). Dois grupos que a continuar assim poderão intitular-se: os infantilóides x os estrategistas. Ah, tem também a Elis, mas essa tanto faz quanto tanto fez pra qualquer um dos dois lados.

Jogo muito bom de acompanhar e de se divertir, pois tem tudo para ser um desafio de gente grande. Se os infantilóides não deixarem a soberba de lado, mudando a rota e o alvo, não terão estofo para fazer frente ao jogo pensado, calculado, articulado, sutil e demolidor do lado de lá. Aguardemos....

Quanto ao mais, apesar da turma do contra, estou gostando do Thiago Leifert à frente do BBB. Trouxe uma linguagem nova, descontração e jovialidade ao programa. Suas incursões não interferem na dinâmica do grupo, demonstra empatia e dialoga muito bem com os participantes e com o público. Tem tudo para fazer historia.

Ah... aproveito para deixar aqui um conselho a quem pretenda participar do BBB18, anote aí: não lute pela liderança na primeira semana, a coroa poderá fazer com que você crie inimigos dentro e fora da casa; não seja afoito, aquilo não é um jogo de vida ou morte, mas de estratégia; não se deixe hipnotizar pela TV do quarto do líder, ela pode confundir os sentidos... e pelamor, se descolorir o cabelo, não lamente se os miolos forem afetados. Fica a dica!!!

Shadow / Mariasun Montañés
cantinhodashadow.blogspot.com.br
@Shadowtweetando



27 comentários:

  1. Grande Shadow (Mariasun Montañés), que saudade de ter teus textos aqui no Votalhada.
    Concordo plenamente com tudo que li.
    Acho que vamos ter um BBB interessante esse ano, principalmente por conta das Marynaja e Vivíbora.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você sempre amável e gentil. :)
      Creio que este será um BBB diferente. É... a dupla de líderes vai ter que engolir o próprio veneno e repensar o jogo...
      Beijo.

      Excluir
  2. Parabéns pelo texto, muito boa a análise feita, concordo plenamente que esse é um jogo de gente grande, onde pessoas com inteligência e sutileza nos proporcionam um ótimo entretenimento. Há muito tempo esperava por uma edição onde pudéssemos ter mais conteúdo e menos bunda, peito, corpos sarados, ou sexo embaixo do endredom. Espero que finalmente eu tenha o prazer de ver coroado(a) com a vitória o(a) brother que realmente tenha feito por merecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida. Um jogo construído com inteligencia e perspicácia tem tudo para agradar e ser diversão garantida. Alguns jogadores lá têm potencial pra isso, se não se perderem em detalhes. Aguardemos!!!
      Abraços

      Excluir
  3. Esse ano os comentaristas estão de parabéns nota 1000 Hanne sempre inteligente,Rogério luiz com doctor Rey não tem preço rindo muito mesmo com dor Aciole também todos de parabéns abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida, vc que é sempre gentil conosco.

      Excluir
  4. Não acho que o líder possa atrapalhar, mas claro que você se expõe mais. A Mariza por exemplo, no BBB15, colocou no paredão a Fran, que deu o líder pra ela, por causa de uma suposta traição que não ocorreu e mesmo assim ela não deixou de ser uma das favoritas e só não ganhou o programa por milésimos no paredão com o Cezar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A liderança na primeira semana atrapalha quem não se dá conta de que o poder embriaga. E a impressão que dá é que quando essa liderança é exercida por quatro ao mesmo tempo ou em dupla, os líderes acabam tendo a falsa sensação de que são “os eleitos” e de que eles são fortes e se bastam entre si, podendo traçar os rumos do jogo, mas só estão caminhando para o abismo.
      Por conta disso, o líder é um sério candidato a ficar na berlinda logo de cara, até porque na primeira semana são todos estranhos e enquanto os outros estão se enturmando, ele fica mais isolado da dinâmica da casa, até pelo conforto e guloseimas que o quarto do líder oferece. Agora é esperar para ver quem será o próximo líder.
      Abraços

      Excluir
  5. Shadow,aonde eu assino,concordo em tudo com o que postou,Marcos é de uma educação que as pessoas jovens não estão acostumado a ter..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas não há quem não deixe de admirar uma pessoa amável, gentil e educada!!!
      Aguardemos pra ver como as relações vão se consolidar a partir de agora no jogo...
      Abraços

      Excluir
  6. Sensacional! Ano após ano!!! Brilhante narrativa! Estou, também, achando que este ano é briga de pitbull!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yessss... briga de gente que pensa no jogo. Aliás, o Thiago Leifert deu a entender isso. Foquem mais no jogo e deixem o julgamento pra quem realmente tem o poder de eliminar!!! Adorei, rsss.... :)

      Excluir
  7. O jogo prometendo, a edição que, no início parecia ser fraca, mpstrando que vai ser quente, enfim, vibrei com a permanência do Marcos e to mais ligada do que nunca.E um último comentário: o que é esta Roberta, um poço de chatice e prepotência !!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A edição foi de uma precisão cirúrgica. Também gostei. Que continue assim!!!
      Amei a permanência do Marcos e a reação de quem queria defenestrá-lo. Vamos ver como eles se reinventam. A cada eliminação, eles têm que se reinventar. A maioria lá tem potencial de nos surpreender. Aguardemos.
      Abraços

      Excluir
  8. Parabéns pelo texto amei falou tudo com delicadeza e mostrou o jogo pra todos amei o Marcos ter ficado o show q eles fizeram ontem depois do paredão foi lindo e cara das mal amadas foi show tbm.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk.... No fundo, ali, uns complementam os outros. Cada um fazendo o show à sua maneira. Rindo muito!!!
      Abraços

      Excluir
  9. Parabéns, Shadow, perfeito o seu texto. Eu só acrescentaria que a Émily, favorita nas redes, está naquela linha flutuante. Ouve as lideres, Luiz Felipe,Manoel...Depois, pede apoio a Marcos, pede que ele cuide dela e depois, à Roberta, diz que "tem nojo dele, às vezes". Roberta é péssima companhia para Émily e, ainda, vai lhe prejudicar. Falta de caráter não se justifica com orfandade. Tenho notado isto recentemente. No mais, vamos deixar o jogo seguir. Estou amando o Doc Marcos e seu grupo (Ilmar, Rômulo, Ieda), etc. Daniel, me decepcionou.
    grata, Shadow!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Emilly tem a força e a insegurança de quem é jovem, e muita visão de jogo. Talvez essa seja a sua força nas redes sociais.
      Creio que a Roberta pode sim prejudicar a Emilly. Ali tem ciúmes da Roberta dela (Emilly) com o Marcos. Ele admira aquela menina intuitiva, meiga e sensível (Emilly), sendo ele mais razão.
      Também esperava mais do Daniel. Está tentando se destacar, sendo o macho alfa do outro grupo. É uma furada. Se comprar as brigas e antipatias do lado de lá, vai se dar mal. O jeito é ficar dando uma espiadinha!!!
      Abraços

      Excluir
    2. Obrigada, Shadow, por me responder.

      Excluir
  10. Respostas
    1. Nossa, obrigada Eva.
      Um forte abraço querida!!!

      Excluir
  11. Perfeito, inclusive pela liderança na primeira semana, eu particularmente estando lá só a tentaria valendo carro, nem o 10 mil creio que compense. E faria a indicação da forma mais suave, até pra não gerar conflito em caso de retorno. Pior coisa é tentar imputar algo ou alguma coisa que o outro não é ou não fez, dá no que deu.

    ResponderExcluir
  12. A liderança na primeira semana é pesada. Se não houver sutileza e leveza, o líder fica exposto e às vezes mal visto, em especial, como você diz, quando se indica alguém com má intenção. Penso que é a pior semana para reinar.
    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Shadow, que delícia ler você! Divertida e certeira!
    Está ficando tão boa esta edição que torço muito para que o público saiba eliminar direito, focando no nosso entretenimento e não em um fajuto juízo de valores! Bjo, querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Acioli. Bom te ver por aqui :)
      Essa edição tem potencial pra ser boa e diferente das outras. Vamos aguardar pra ver como segue. A mesmice já cansou.
      Beijão!!!

      Excluir
  14. Concordo plenamente com tudo. E não entendo essa Roberta, só pode amar o Marcos como o Leifert sugeriu na abertura do programa shaushausha.

    ResponderExcluir
  15. Acho que a Roberta sente ciúmes é da Emilly, em especial quando esta está com o Marcos. Não tem amor aí, vejo como posse mesmo.
    Roberta cria situações com o Marcos para demonstrar à Emilly que ele é inconveniente, se "insinua para todas", tentando depreciar a amizade bonita que tem ali.
    A sorte é que a Emilly gosta do Marcos, se sente confortável com ele e com o cuidado que tem com ela, e a menina tem personalidade. Porque se fosse mais imatura talvez se deixasse levar pelas más intenções da outra. É bom que continue assim. A Roberta não é a Mayla, onde o olho no olho tem verdade (como frisou o Leifert); o olhar da Roberta é de inveja.
    Abraços

    ResponderExcluir

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html