04 maio 2016

RuPaul's Drag Race: S08 E09 - Por Rômulo Cordeiro

No episódio anterior nossas queens estrelaram o Book Ball onde tiveram que idealizar três looks diferentes pra passarela, um retratando a sua origem e sua infância, outro representando suas mãe e o último, feito com páginas de livros, retratando a grande essência de sua drag. O desafio principal foi conquistado por Kim Chi e o Bottom 2 foi disputado por Bob The Drag Queen e Derrick Berry, a última sendo eliminada com bastante coerência depois de tanto ser alertada de seus erros básicos. E isso é tudo o que você precisa saber.

Finalmente chegamos ao último desafio antes da coroação da nova Drag Superstar, isso também significa que a temporada está acabando e eu vou sentir muita falta de fazer esses recaps Sério, essa temporada passou voando e eu nem percebi.


Logo após a eliminação de Derrick, as queens não comentaram os erros de Miss Berry, pelo contrário, elas estavam mais preocupadas em ver seus próprios erros e tentar muda-los, como foi o exemplo de Naomi, que fazendo uma piada disse que ia tentar ficar um pouco mais feia. Eu interpretei isso como uma autocritica de que ela só sabe modelar, desfilar e exibir o seu corpo e sua estética. Sinal que Naomi cresceu bastante na competição.

Nesse episódio não houve mini desafio, RuPaul pediu para que as meninas já fossem montadas para o workroom onde ele iria explicar como seria o último desafio desta temporada. Como já esperado por muitos de nós, o ultimo desafio é sempre a gravação do novo vídeo clipe de RuPaul, como já aconteceu em temporadas passadas, quem seguir pro Top 3 ficará eternizada em mais um hit de Mamma Ru, quem for eliminada, bom, além de perder uma chance de ser coroada Drag Superstar, será cortada do vídeo. Esse ano a música escolhida foi The Realness, do último álbum de RuPaul também intitulado The Realness, e o vídeo clipe foi dirigido por Jayson Whitmore. Vamos as gravações.

As gravações foram divididas em três momentos, e claro, Naomi estava super animada para ficar frente a frente com as câmera, ao contrário de Kim Chi onde todos sabemos que ela é meio sem vocação pra fotografia e desfiles. Acho que desengonçada é a palavra certa, mas ainda assim eu amo Kim Chi.

O Primeiro momento foi o “voografia”, foi a filmagem de uma cena onde elas tiveram que performar e dublar enquanto deitadas direcionadas para a câmera que estava no teto, tudo isso para dar a intenção de que as Queens estivessem voando.


A primeira foi Naomi Smalls, que pela primeira vez rezou pra não ter as pernas tão longas. Ela teve um pouco de dificuldade com os movimentos com as pernas, mas tudo foi resolvido com as caras e bocas que ela fazia.


Em seguida tivemos Bob The Drag Queen, que também teve uma complicação com as pernas e principalmente com o suor excessivo de tanto esforço que fazia, mas não foi de todo o mal.


Chi Chi Devayne usou dos seu abdômen musculoso pra conseguir sustentar suas pernas no ar enquanto performava e fazia tudo parecer natural.


Kim Chi, bom, não teve problemas com as pernas, mas não conseguia encontrar a cêmera, que estava bem na sua frente. Jayson ajudava Kim de toda forma, dizia que tinha muito queixo e pouco rosto. Kim se esforço, mas se esforçou tanto que acabou caindo do local onde estava deitada. Desengonçada, como eu disse.

O Segundo momento foi uma cena “Avant Garde”, que pelo o que entendi era sobre mostrar o seu melhor, a sua essência, cultura e particularidade.


Chi Chi Devayne chegou mal sabendo o significado dessa palavra e teve alguns problemas com a roupa, como ela enganchando no seu salto.


Naomi aproveitou pra mostrar seu corpo novamente e apostou num body com bota da Xuxa. Os movimentos com as pernas ajudaram Naomi a ganhar a câmera.


Já Kim Chi foi a mais excêntrica, com um vestido e maquiagens que me fizeram lembrar um periquito, mas se esse momento era sobre a cultura e essência e as particularidades de Kim Chi, certeza que esse vestido a representou.


E Bob fez o que ela fez de melhor, fez caras, bocas, dançou e conquistou a simpatia de Jayson.

O terceiro e último momento foi uma espécie de batalha contra o que cada uma via no espelho. Cada queen se comportou de uma maneira diferente.


Bob The Drag Queen se encarava com olhos de deboche e de quem faz piada consigo mesmo. Interessante que Bob se veja assim, pode ser uma forma dele estar sempre se superando a partir de suas fraqueza.


Chi Chi Devayne se admirava como quem procura uma imperfeição mas ao mesmo tempo sabendo que não há. Essa interpretação pode ser errada, mas uma pessoa que se olha assim não vai muito longe, e sabemos o quanto Chi Chi me fez morder a língua no decorrer da competição.


Naomi Smalls foi a única que não passou pelo espelho, no lugar, foi apresentado um take de Naomi deitada sobre um sofá fazendo poses. Não achei justo essa diferenciação com Naomi, já que todos sabemos que ela é a melhor modelando, queria ver Naomi se julgando na frente do espelho.


Já Kim Chi foi a que mais me deu dó. A cena de Kim me passava a energia de quem só via as imperfeições do passado, onde nem ela mesmo conseguia acreditar onde tinha chegado com tanto esforço. Kim parecia triste, glamorosa, porem triste.

Na passarela, a última passarela, elas apresentaram a sua melhor montação.


Bob The Drag Queen foi de legin e blazer. Fiquei chocado com essa escolha de Bob. Ela que sempre ficava tão bem de vestidos apareceu com aquilo, me deixou bem desanimado. As críticas dos jurados foram mais demonstrativas do que construtivas, pois eles estavam mais preocupados em dizer a evolução de cada uma. Para Bob os jurados concordaram que ela foi ela mesma durante os desafios, sendo bem humorada, dosando o humor e absorvendo as dicas de cada um, e principalmente, pondo elas em prática.


Chi Chi Devayne guardou seu vestido caro pra esse momento. Eu finalmente vi uma Chi Chi que eu sabia que estava escondida. Como sempre uma maquiagem simples mas impecável muito bem casada com seu cabelo com coque alto e um vestido longo rosa cheio de pedrarias. É a verdadeira evolução da gata borralheira para a Cinderela. Os jurados disseram que Chi Chi sempre surpreendia eles e que por mais que fosse possível, eles não acreditavam que ela estava ali, no top4. Ross disse que Chi Chi soube crescer na competição e superar sua seu sotaque. Michele ressaltou todo o seu jeito de menina de rua e talento pra dança, sem dúvidas uma verdadeira performer.


Kim Chi mais uma vez surpreendeu a todos com o seu look. Dessa vez Kim foi praticamente montada de Malévola, até Ru fez uma piada a respeito. Kim estava muito bem alinhada, mas não foi o seu melhor look pra mim. Até quando ela se vestiu de leão no primeiro episódio ela estava mais bonita. Desculpa a sinceridade. Os jurados aceitaram sem discutir com Ross que Kim era uma verdadeira obra de arte ambulante. O trabalho com a maquiagem, as roupas inusitadas foram o que mais destacaram em relação a queen coreana. A vontade de se superar e autocritica que Kim tem deram pontos com os jurados e isso é uma coisa que não podemos discutir não é verdade?


Por último Naomi Smalls estava deslumbrante com um macacão pantalona modelando bastante o seu corpo e dando destaque ao busto. A calça longa a deixava mais alta e mais elegante ao andar. Ross se atreveu a dizer a Ru que as atitudes de Naomi são de uma drag queen digna da coroa. O glamour, a postura a versatilidade que Naomi tem não se comparava com a das outras por estar num nível mais elevado. Michele também ressaltou que Naomi demorou pra acordar na competição, mas que conseguiu despertar a tempo. Bom para Naomi, será que esses comentários vão influenciar na coroação a seu favor?

Durante o Lipsync, todas dublaram a música The Realness tentando garantir o seu lugar no Top3. Não deu pra dar muito destaque já que a passarela é relativamente pequena pras 4, o que se podia ver eram os motivos de cada uma pra ficar. Não irei comentar aqui porque quero que vocês vejam o episódio e vejam se as justificativas foram coerentes.


Resultado, bem surpreendente por sinal, foi Sashay Away pra Chi Chi Devayne, Surpreendente porque eu achei Chi Chi maravilhosa na gravação do Vídeo Clipe e por mais que sempre tenha um pouco de drama por falta de dinheiro para suas roupas, Chi Chi é uma ótima drag queen, cheia de carisma e espontaneidade, isso é visível durante essa temporada. Mas como não estou na mente de RuPaul, só me resta comemorar que Kim Chi ainda está no páreo para se tornar uma Drag Queen Super Star.


Semana que vem não teremos recap pois estaremos esperando pelo reunited e finalmente a coroação. Mas você pode dizer nos comentários pra quem vai sua torcida. Eu já sou #TEAMKimChi, mas se a Bob ou a Naomi ganhar também ficarei feliz.

Beijos e até o Reunited.

Rômulo Cordeiro
Twitter: @Raiolaser_
Instagram/snapchat: raiolaser



Um comentário:

  1. #TeamBob pois foi a que se saiu melhor na competição como um todo. É engraçada, inteligente, soube mostrar glamour quando quis (a sua maneira), é uma ótima atriz/ator, uma performer de primeira, tem o tão procurado CUNT (como fez questão de mostrar em seu primeiro LOOK ao entrar no primeiro episódio) além de ser uma queen política engajada na luta dos direitos das minorias. Temos queens que fizeram história nessa luta, e acredito que Bob seria uma ótima campeão pois certamente continuará esse caminho.

    ResponderExcluir

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html