14 abril 2016

RuPaul's Drag Race: S08 E06 - Por Rômulo Cordeiro

Oi pessoal, tudo bem?

Já estamos no sexto episódio da temporada, quase a metade do jogo, e competição já está ficando acirrada possível.

No episódio da semana passada tivemos o pior snatch game desde a bagunça que foi o da quarta temporada, nada funcionou como comentei no recap passado.

Na passarela o tema era as 100 faces de Madonna, que garantiu mais uma vitória pra Bob The Drag Queen. Em contra partida tivemos Acid Betty e Naomi Smalls como as duas piores da semana e indicadas ao LipSync for your life. Naomi levou a melhor, enquanto tivemos que dar Sashay Away pra Acid Betty. Uma pena, eu gostava muito dos looks da Betty e também da sua personalidade, mas quem sempre toma as decisões é Mamma Ru, o que nos resta é aceitar. Isso é tudo o que você precisa saber pra entender o episódio dessa semana.


Após a eliminação de Betty e ainda pegando alguns ganchos do untucked, todas as queens, sério mesmo, TODAS, se voltaram para Naomi e a alertaram sobre todos os seus looks, sexto episódio mana, não dá pra vencer e ser coroada Drag Super Star usando apenas calcinha e sutiã. Em sua defesa Naomi disse que tinha sim outros looks, mas que gostava de exibir seu corpo porque havia trabalhado muito nele e na estética da sua drag.

Mesmo com essa justificativa ainda acho isso um erro, como alguém quer entrar pro halls das drags servindo a mesma coisa nas passarelas. Ai você pode querer me lembrar que Bianca Del Rio ganhou a sexta temporada usando vestidos parecidos. Isso é bem verdade, mas Bianca, diferente de Naomi é versátil, ganhava desafios semanais e tenho poucas lembranças de seus lipsyncs, tudo o que Naomi não tem ou é!


Thorgy Thor essa semana destilando um recalque sem proporções pra cima de Bob The Drag Queen, que por sua vez não perdia oportunidade de exibir suas vitorias. Até compreendo essa amargura de Thorgy, afinal, ela tem se esforçado bastante e oferecido seu talento na competição, mas parece não ser o suficiente. Todas as críticas para Thorgy são positivas, e ela imagina sempre ficar em segundo, mas ficar perdendo tempo se irritando com Bob não vai ajudá-la em nada. 


Finalmente chegou o mini desafio que eu mais adoro, que é “A Livraria está aberta”, quem não se recorda, é quando as queens jogam seus pensamentos livremente uma contra as outras. Amo esse mini desafio por que quase sempre temos alguém que se dói com o shade, e acabemos conhecendo quem se faz de santinha e principalmente ver quem é a mais odiada internamente. 

Como esperado, eu já sabia que os alvos principais seriam Derrick Barry, Naomi Smalls e Bob The Drag Queen. Bob por sempre exaltar suas duas vitorias e fazendo algumas queens desejarem que ela escorregue o mínimo pra poder cair da competição. Derrick por não mostrar versatilidade e nada além de Britney Spears. Naomi, bom, os motivos são óbvios né? Ninguém está mais suportando Naomi e seus looks de calcinha e sutiã. Victoria Secret’s Fashion Show é em outro canal. 


Para o desafio principal dessa semana, as queens ainda restantes deveriam montar o casting do programa Little Woman L.A. com o tema O Mágico de Oz. Cada Daminha ficou com um personagem, e elas deveriam escolher suas queens para se caracterizarem de acordo com os personagens. 


Brianna, ficou com a Bruxa Má do Oeste, e escolheu Kim Chi como sua parceira. Kim foi de cabeça nessa desafio, quando RuPaul passou por ela para saber quantas anda a sua criação ela disse que estava bem focada nesse desafio, pois só tinha ganhado o primeiro e o restante ela vinha sendo apenas salva, ela queria mais! Acho que Kim andou lendo meu top 5 da semana passada onde eu a chamei de sabonete. É bom ver as competidoras agindo dessa forma.


Brittney ficou como uma cidadã da cidade das esmeraldas e escolheu Thorgy Thor. De longe, esse foi o look mais icônico da Thorgy pra mim. Nem parece aquela Thorgy caricata com necessidade de dizer pro mundo que ela é “engraçada”. Particularmente eu achei que foi um dos melhores looks dessa passarela.


Cristy ficou com o Leão Covarde e escolheu Robbie Turner. Quando vi o personagem que ela ficou já tentei imaginar um Leão Vintage. Acredito que esse seja um personagem fácil de se fazer. Mas como Michele apontou, tinha tudo pra ficar bom, mas a cauda do vestido parecia muito pano amassado. Não ficou bom não Robbie.


Elena ficou com Glinda, a bruxa boa e escolheu Bob The Drag Queen. Bob se dedicou tanto, mas tanto em deixa Elena linda e maravilhosa, que ele esqueceu de se deixar bonita, e isso não é uma piada gente. Bob acabou metendo os pés pelas mãos e esqueceu de se arrumar. Mas por um milagre divino, tudo deu certo e Bob entrou na passarela, menos bonita do que sua Little Woman, mas entrou.


Terra ficou com a mulher de lata e escolheu Derrick Barry, que por sinal amou a escolha. Terra também faz cover da Britney, ou mini Britney. Derrick e ela já trabalharam juntas, mas essa conexão não foi suficiente. Os jurados apontaram que Derrick apenas apresentou um body com um tecido amarrado na cintura, e isso é tudo o que ele tem apresentado, bodys e biquínis com algum acessório ou alguma coisa grudada nele. Miss Derrick tem que abrir os olhos e rápido, porque as críticas só aumentam. Ou é criticada por fazer Britney demais ou é criticada por não ter um look decente. Ta ficando difícil te sustentar na corrida.


Jasmine ficou com o espantalho e escolheu Naomi Smalls. Naomi foi a grande reviravolta nesse episódio. Entrou servindo um top, mas com uma saia bem chamativa e longa, o que foi bem observado pelos jurados e colocado como uma representação digna do que é alta costura e como um espantalho pode ser chique. Isso garantiu a vitória dessa semana para Naomi.


Tonya ficou com Dorothy e escolheu Chi Chi Devayne. Chi Chi foi a grande decepção pra mim. Novamente Chi Chi tocou no assunto de: “Eu sou uma queen pobre” e numa conversa com Tonya, a Little Woman abriu seus olhos, disse que ela não deveria se martirizar assim e nem ver isso como uma fraqueza, pelo contrário, que ela deveria ver que isso não é um obstáculo e que assim como Tonya, não vai ser o seu tamanho que vai lhe impedir de fazer grandes coisas. Foi preciso mesmo vir uma pessoa de fora pra fazer Chi Chi entender isso, sendo que Michele já tinha dado uns esporros nela por isso, como vimos no untucked da semana passada? Acho que Chi Chi deve crescer mais, porque esse pensamento de “eu sou pobre” não me convenceu. Ela apresentou um vestido horrendo feito de cola quente enquanto as outras se esforçavam e davam o seu melhor na alta costura. Acredito que Chi Chi fez isso na intenção de usar a pobreza e a vida difícil como justificativa pra roupa ruim. Perdeu grandes pontos comigo.


Durante as críticas dos jurados, RuPaul questionou para cada queen, quem deveria voltar pra casa, resultado, a maioria jogou Chi Chi e Derrick na frente do ônibus. Nada mais justo, já que até Robbie com a sua peruca mal colocada estava com um look aceitável na passarela, e também não tinha um histórico de críticas ruins. Gosto muito desses joguinhos de opiniões que a RuPaul faz, por que assim como o mini desafio da livraria, podemos perceber quem é a mais venenosa e que pode derrubar as outras num piscar de olhos. 


Como já comentei acima, Naomi levou a melhor no desafio da semana, enquanto Derrick e Robbie ficaram no Lipsync for your life. As duas dublaram “I Love It” da Icona Pop o que acredito que desfavoreceu um pouco Robbie. Sabemos que ela é uma queen vintage, que tem referências dos anos 60 em diante, e pra mim foi natural ela estar perdida em cima do palco, mas o que mais me revoltou foi ela começar a tirar a roupa, peruca e se desmontar durante a performance. Já deixei bem claro que detesto esse tipo de queen que não consegue sustentar o look até o fim do Lipsync. 

Já Derrick, pela sua primeira vez dublando arrasou total, fez pirueta, mostrou o corpão, não se desmontou o que é importante. Deu até vontade de ir pra Las Vegas ver seu show. Fiquei abismado com a dublagem dela. Mas não devia ser menos do que isso, já que é a sua profissão. Derrick confirmou que é uma candidata forte no Lipsync. 

Resultado: Shantay You Stay pra Derrick Barry, Sashay Away pra Robbie Turner. 


Uma pena perder Robbie, mas esse Lipsync serviu pra mostrar pra Derrick que ela tem que sair da caixinha da Britney como ela mesma comentou emocionada. 

Restam apenas 6 queens na corrida, então vou reduzir o meu top 5 dessa semana para top 3.

3 -  Derrick Berry

Mereceu por estar reconhecendo seus erros e qual o caminho da vitória. Sem comentar no tiro que foi o Lipsync

2 – Kim Chi

A sede de vitória ta sendo despertado em Kim, gostei dela deixando de lado o fato de ser sempre salva e da busca pela vitória. Gosto de queens competitivas, já dizia isso desde Phiphi O’Hara na quarta e Roxxy Andrews na quinta.

1 – Bob The Drag Queen

Bob até agora é a única que ganhou dois desafios, e merecidos. Bob tem talento, tem carisma e isso é inegável. Mas ela merece mais ainda por ter deixado seu ego e a competição de lado essa semana pra deixar a Elena se sentindo maravilhosa na passarela. Esse sentimento pelo próximo me comove.

Gostou do recap? Discorda de alguma coisa? 

Deixe seus comentários e seu top 3.

Beijos e até semana que vem.


Rômulo Cordeiro
Twitter: @Raiolaser_
Instagram/snapchat: raiolaser



0 comentários:

Postar um comentário

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html