31 março 2016

Frank Killer | "BBB 16": Verdade


Verdade

Por quê falar da verdade? Porque tudo o que não é verdade é mentira, ilusão, ilação ou apenas tendenciosismo. Mentiras, ilusões, ilações e tendenciosismos são os maiores defeitos de uma parcela de fãs de concursantes de RS. Esse post não visa justificar ninguém por faltar com a verdade. Só adverte que a verdade de alguém pode ser uma grande mentira.

Se existe somente uma verdade absoluta, essa verdade só pode ser Deus. Para quem não acredita na existência de Deus, provavelmente então para este não existe verdade absoluta. O homem em sua pequenez e com seu egoísmo e sua arrogância jamais poderá pretender deter a verdade absoluta. Cada um tem apenas a sua verdade e esta provavelmente não é verdade nenhuma.

De minha parte, creio na existência de verdades absolutas, embora não as possa garantir. Minhas verdades absolutas são apenas objetos de fé!

Não seja arrogante nem egoísta ou seja menos e você estará bem consigo e mais feliz e terá uma alta estima de si. Seja o contrário e será uma pessoa infeliz e atribulada e de baixa auto-estima, deslocado como ser vivente. Procure ser quem você gostaria de ser, mas não perca de vista quem você realmente ainda é, porque realmente a sua verdade é o que você ainda é e, é uma verdade relativa. Você é um ser ainda em evolução e não um ser completamente evoluído.

O certo e o errado são muito relativos e ninguém tem acesso à verdade absoluta. Essa que é uma verdade! Nossos julgamentos individuais são falhos porque são na maioria baseados em empatias, simpatias e antipatias. Para contornar esse problema, temos somente o julgamento coletivo e, mesmo assim, ele é falho também em certos cenários ou na maioria deles.

Nossos sentidos são nossos instrumentos e, nossa razão é o nosso detector da verdade, o único que temos. Se os primeiros são falhos, a verdade não pode ser a exata (e uma verdade inexata não é a verdade), já que a razão depende dos sentidos. Por outro lado, nossos sentimentos também não são confiáveis e temos que lidar com eles também. Talvez só alcancemos a verdade absoluta quando pudermos compreender quem é Deus em Sua plenitude.

Nós antropomorfizamos Deus para compreendermos por aproximação os Seus atributos, mas em verdade as características do Altíssimo estão além do alcance de nosso limitado intelecto e da nossa pobre razão. Só podemos louvar e glorificar a Deus sem incorrer em erros da razão ou sem comprometer a verdade. "Ó Israel! Grande é a Casa de Deus! Vasto o Lugar do Seu domínio! É Grande e não tem limite, é elevado e incomensurável". (Baruch 3,24-25).

Nenhum sábio do nosso mundo (a Terra) pode pretender conhecer Deus e os mais arrogantes do saber preferem negar Sua existência para pretenderem serem capazes de aquilatar qualquer conhecimento com suas pobres razão e reflexão. Para se realçarem, rebaixam a Deus ou O negam por não serem capazes e não O compreenderem com sua limitada razão.

Kant tentou sistematizar a razão pura, mas a verdade absoluta é ainda inalcançável pelo rudimentar intelecto humano e o Sistema Kantiano ainda é consequentemente rudimentar na escala universal e na razão pura. Precisamos desenvolver mais o nosso intelecto para alcançar a razão pura e atingir então certas verdades.

O caminho para isso é desenvolver um pensamento mais lógico e abstrair os sentidos e os sentimentos (emoções). Claro que não queremos ser um "Sr. Spock" (personagem de Leonard Nimoy na série sci-fi "Star Trek" original), sem confiar nos sentidos e nos nossos sentimentos (o sensível de Kant), mas devemos evoluir na apreensão lógica ou sistematizá-la para convergir e chegar o mais próximo possível da verdade e da justiça e não nos deixarmos trair pelo sensível.

Uma corrente filosófica oriental reza que no que tange ao sensível tudo é "maya" (ilusão) e que o nosso raciocínio e pensamentos tendem a ser cada vez mais ilusórios na medida em que meditamos e refletimos cada vez menos.

Se você tem problemas para raciocinar ou refletir, ou não quer, é uma falha sua e será certamente iludido! Isto é lógico, mas nem todos sabem disso. É assim que entendo quem ofende, menospreza e espezinha a quem não conhece ou não está em julgamento ou fala do que não conhece. Na verdade quem faz isso contra qualquer pessoa ou coisa não é muito inteligente e certamente é um tolo imprudente, que não sabe raciocinar e é um pobre iludido.

Logicamente, quem não sabe raciocinar, passa longe da verdade. Percebe-se claramente isso em alguns fãs de concursantes, quando maltratam, xingam, depreciam, caluniam ou ofendem o próximo em nome de suas preferências por concursantes. O pior em tudo isso é que existem alguns que se aproveitam dessas criaturas para obterem projeção e nem são fãs de RS ou de concursantes. E dentre esses, outros tantos além de não saberem raciocinar e refletir, emitem disfarçadamente ou não e com arrogância ódios, implicâncias e Impertinências, sob a aparência de erudição.

A verdade e a justiça convergem ou devem convergir para um ponto que não podemos ainda definir e que é uma coisa só (única). Vagamente fala-se de Providência (Divina) ou Desígnios (de Deus), mas são termos inapropriados. No dia em que pudermo dar um nome e uma definição a essa ideia, anular-se-ão a verdade e a justiça como conceitos para ficarmos apenas com o conceito novo unificado, e estaremos nessa hora mais próximos da verdade absoluta.

Seria similar ou como anular os conceitos e as ideias raciais (e racistas) de preto, branco, amarelo, etc, para ficarmos apenas com o conceito de "seres humanos", que é o que todos somos na ainda verdade relativa. Quem pode garantir que só existem seres humanos na Terra?

Não sendo as verdades ainda absolutas então, necessariamente são verdades relativas! Tergiversar em torno dessas coisas seria puramente masturbação mental de quem nada mais tem para fazer. Se podemos afiançar com o filósofo (Sócrates) que nada sabemos diante da vastidão do conhecimento ainda por desvelar, podemos também afiançar que não conhecemos ainda a verdade embutida no vasto (des)conhecimento.

De verdade não podemos, bem assim, afiançar a verdade embutida no já vasto "conhecimento" adquirido pela humanidade. “A dúvida é o principio da sabedoria.”, “O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete.” (Aristóteles). “Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.” (Sócrates). Viver sem refletir não é viver. É estar morto sem saber.

A sua luz pode ser opaca ou fulgurante, mas ela não aumentará nem um lux ao apagar a velinha ou a tocha de outros. O seu preferido pode ter méritos ou não, mas ele não será pior ou melhor por causa de méritos e deméritos de outros. Méritos e deméritos não são transferíveis, mas apenas preferências e rejeições através de induções. Portanto, julgue méritos e deméritos e esqueça preferências e rejeições.

Moleskine

Na Prova do Líder de hoje (quarta etapa), se a Cacau ou Geralda não ganharem, têm grande chance de se enfrentarem no paredão a ser formado hoje. Provavelmente esta prova terá peso maior que 3 no conjunto, o que já é uma praxe em provas divididas em etapas.

Cacau só evitará o paredão se ganhar a prova, mas ela sairá em desvantagem, já que os outros 3 competidores têm um ponto cada um.

"Milla.Luana 26 de março de 2016 11:03

Oi Frank, sua análise do jogo é sempre pontual e realista sobre o que acontece no RS. Parabéns.
E esse "Vade Mecum - Manual de como assistir RS" ficou incrível, com uns puxõezinhos de orelha para "torcidas passionais" na medida certa

Posso fazer um pedido, antes da final você poderia fazer um post analítico pontuando os fatos e atuações dos concursantes mais determinantes, os quais semana a semana estruturam o jogo desse BBB16.

grata."

Vade  mecum
é uma denominação para qualquer guia ou manual em qualquer situação que requeira uma orientação ou instruções e não está adstrita exclusivamente à área do Direito. Sobre seu pedido, receio não ter tempo suficiente e não ser conveniente atendê-lo; pelo menos não antes da Final, para não incorrer em risco de influenciar nossos leitores e por ser impraticável em apenas um post.

Fatos e atuações devem ser considerados "in totum" e não apenas os determinantes ou os mais importantes, porque os méritos e deméritos são baseados em todos os fatos e atuações e precisaríamos de dezenas ou centenas de posts. Além disso o jogo não é determinante em termos de avaliação de méritos e deméritos em minha opinião. Méritos e deméritos estão ligados a atributos pessoais extraídos dos fatos e atitudes e não de jogo.

Se você quiser, poderá examinar todos os meus posts e terá uma boa ideia do que deseja saber. Mas fazer um resumão disso é uma tarefa um tanto quanto estafante. A história de um RS é complexa e as pessoas e as opiniões mudam com o desenrolar das tramas para posicionamentos mais exatos ou menos falhos à medida que os concursantes são mais detidamente estudados e conhecidos em maiores detalhes ou mudam de atitudes. 

"Damia 26 de março de 2016 12:48

Nossa! Muito legal! hahahahahahahaha
Ser imparcial é extremamente difícil.
Sempre tentei raciocinar de cabeça fria sobre as atitudes dos participantes mas é complicado, você acaba se envolvendo emocionalmente nas situações... pelo menos para mim.
Querendo ou não você acaba ficando tendencioso.
Acontece, fazer o que?"


Nem tanto, Damia. Para ser imparcial basta ser honesto e agir com meticulosidade. Formar opiniões baseadas em antipatias e simpatias, pode gerar injustiças, mas não é ser parcial e desonesto. Envolver-se emocionalmente não implica necessariamente em ficar tendencioso e, se ficar, é injusto mas é compreensível. Essa é a moral desse post (Vade Mecum).

"bruna machado 27 de março de 2016 07:00

Oi Frank,Super interessante esse "guia" de para quem eu devo torcer.Vai me ajuda bastante! nessa edição eu torci pela Harumi, mas msm ela saindo continuei assistindo. Bjs"


Oi Bruna. Harumi é uma Lady, sincera, espontânea, comedida, honesta, humilde e carismática e, não sou o único a achar isso! Pena que foi eliminada sem que tivéssemos tempo de conhecê-la melhor. Se ela estivesse na casa, Ana Paula talvez tivesse se contido mais nas bebidas. Minha revolta maior contra a Macholândia foi terem escolhido justo ela para o primeiro paredão eliminatório sem nenhum motivo.

Em minha opinião, deveriam ter escolhido Cacau ou Adélia, que já tinham dado motivos detectados por eles. Descartaram essa hipótese porque Daniel e Alan ficaram com medo de irem para o paredão contra elas.

Eles detectaram que Harumi era mais fraca por ser mais reservada e ter menos afinidade com eles. Planejaram então tentar mais contatos com ela e ficaram surpresos com a receptividade dela, mas mesmo assim mantiveram a decisão de emparedá-la. Nessa decisão estava embutida a possibilidade da formação de um paredão Harumi x Munik.

Foi por isso que o Ronan se rebelou contra eles. Na opinião dele, se a Munik ou Ana Paula fossem pela casa, seria mais justo que fossem contra alguém da idade delas e que fossem rivais no jogo. Beijos.

"gerusa 27 de março de 2016 22:43
Concordo em partes com alguns depoimentos. Cacau e Mateus se usaram. Acho que cacau até usou mais Mateus se fazendo de vítima o tempo todo"... ..."sei que estarei sendo enganada em nome da audiência."


É isso aí, Gerusa. Os detalhes que você citou foram os que anotei em meu moleskine para servir de base para extrair os méritos e deméritos.

A boa técnica de análise exige pontuar todos esses detalhes para eleger quem tem mais pontos. Saber avaliar também os direcionismos e induções da produção também é importante.


A hashtag #AprendiComAnaPaula foi "trend" nacional do twitter no Domingo, 27 de março, com mais de 60.000 tweets. Pelo visto, milhares aprenderam algo com ela ou por causa dela, inclusive eu: "#AprendiComAnaPaula Dura lex, sed lex. Sed non omnis lex tua decora". (A lei é dura mas é lei, mas nem sempre a lei é justa).

Recado particular para Anderson: Suas análises de atributos positivos e negativos estão boas em minha opinião. Se eu fosse você escreveria um post sobre elas ou um comentário explanando-as. iria ao encontro do que alguns leitores estão querendo.


4 comentários:

  1. O jogo virou ,,,Cacau ganhou o ultimo líder !!!

    ResponderExcluir
  2. Sr Frank vc se diz imparcial mas esta claramente fazendo campanha contra cacau e a favor das três cobras arrogantes seus textos são compridos chatos e vazios .não dizem nada com nada nunca vi tamanha besteira misturar religião filosofia num texto que vai do nada pra lugar nenhum querendo as vezes se parecer com os textos da eliminação do bial . depois nas perguntas diz que tem que ser isento mas na verdade esta claramente torcendo pelo Ronan e munik tu deve ter a falta de princípio ético e moral igual eles abracos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E isso não é só esse ano,em alguns outros BBB's também é assim,se diz "imparcial" mas só critica um grupo e o outro que faz as mesmas coisas,ou até coisas piores,só estão se "defendendo" hahahaha,e o pior é a hipocrisia,condenou e disse coisas horríveis de um participante do BBB 15 por causa de jogo e esse ano os 2 maiores jogadores dessa edição,Ronam e Geralda,não são criticados por ele só pq eram do grupo da Ana Paula,que segundo ele o único defeito é ser muito "verdadeira" hahahaha ai é difícil ver e não falar nada,por isso só vim falar agora já na reta final do programa pq já esta insuportável ver alguém que prega imparcialidade ser tão claramente a favor de um lado e continuar enchendo os textos de baboseiras pra tentar confundir e fazer alguns que leem acharem que esta sendo imparcial,mas felizmente muitos que eu vejo comentam e já perceberam que imparcialidade não é isso ai não.

      Excluir
  3. Te entendo perfeitamente Frank e Aprecio o embasamento filosófico de suas impressões, pois sempre me fazem refletir além da dualidade costumeira que se tenta empregar as pessoas do simples Bem e Mal, Certo e Errado. O ser humano é tão mais complexo que isso.

    Os 4 semi-finalistas possuem tantos defeitos e qualidades, mas são seres humanos dignos de respeito. Os xingamentos e adjetivos pejorativos atribuídos pelas torcidas tira um pouco do brilho do jogo dos seus preferidos e por vezes, particularmente eu, termino antipatizando por determinado participante pela postura da torcida.

    Quando leio um comentário e percebo um xingamento, já paro de ler no mesmo segundo. Acho que ninguém precisa ser desrespeitoso para defender seu preferido.


    É, e o jogo virou mesmo e Maria Claudia se tornou, ao mero capricho do "acaso" líder e escapou do paredão, com grandes chances de ir para final sem ter passado pelo teste com o público.

    Acho digno,apesar de não torcer por ela, mas reconheço que jogou bem o jogo interno dentro RS e por mérito em provas e relacionamentos escapou dos paredões.

    Sem contar que a final fica mais emocionante para o público com a disputa final da preferência ser feita com pessoas de posicionamento e grupos diferentes.

    Eu, até aqui, estou formando minha torcida pela resenha da obra, para quem, na minha opinião, está conseguindo se sobressair melhor e conseguindo fazer as melhores escolhas. Tanto no Jogo interno, quanto no jogo externo na conquista do grande público.

    Mas ainda não creio que temos um vencedor(a) definido. Agente sabe que quando se trata de se expor em RS, as vezes um comentário infeliz de um participante pode ser suficiente para sua queda.

    ResponderExcluir

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html