08 março 2016

Frank Killer | "BBB 16": Adélia x Munik x Ronan


Adélia x Munik x Ronan

Adélia Panterona! Fofo né, gente? Ronan O Bárbaro, que tenebroso!!! Beira as raias do "bullying". Por aí se vê como se afaga o ego dos apaniguados ou se faz a caveira de alguém. Tão sutis quanto um tanque de guerra ou um elefante! Ana a Louca da "Quadrilha Suicida" foi devidamente "suicidada"! Ave Maria Gratia Plena!

Munik figurante novamente. A Pequi "Nina" está destinada a ser o ornamento gracioso de mais um Paredão. E assim vai desfilando sua graça. "Ela não anda"! Desfila pelos paredões da vida como se nada tivesse a ver com ela, porque ela não é "obrigada a nada"!

Ela veio para brilhar e enaltecer a raça feminina. Falei raça? Desculpe, graça! Votar nela? "Palhaçada"! Pra quê, se ela nada tem a ver com essa guerra de torcidas? Ou será porque tem tudo a ver? Infelizmente aquele outro lá veio para envergonhar a raça masculina. Rostinho que mamãe beijou patricinha nenhuma encosta a mão! LOL!

Paredões simples é o apelido desses paredões triplos. Os ódios e os amores que se anulem reciprocamente até exaurirem as forças, como o positivo e o negativo, a matéria e a antimatéria, o Bem e o Mal, o frio e o calor, a luz e as trevas, resultando em.... Zero!

A verdadeira mulher é a que é bela ao natural e por dentro e não a que é falsa por dentro e por fora, mas que também se anulam reciprocamente ou se engalfinham!

No dia da mulher ela é a homenageada da vez e não está nem aí!

Parabéns pra você também, Acioli, e Shadow e Aninha, Bruna, Mary Ellen, as que não nominei e todas as demais mulheres do mundo!

Semana 07 (02/3 a 08/3)

Poder do Não: Renan.
Excluídos da Prova do Líder: Ana Paula, Ronan, Munik.
Líder: Renan.
Anjo: Matheus.
Imune: Geralda (Anjo).
Castigo do Monstro: Cacau e Munik.
Decisão da Produção 1: Imune pelo Anjo indica alguém para o Paredão.
Decisão da Produção 2: Ana Paula expulsa em 5/3 por desobedecer regras.

Obs.: Geralda indicou Adélia ao Paredão (Decisão da Produção 1).

Indicação do Líder Renan: Ronan.


Votação


Munik: 3
(Adélia, Cacau, Matheus) - Voto de Minerva.
Renan: 3 (Ronan, Munik, Geralda).


TCT: Adélia, Cacau, Geralda, Matheus, Munik, Renan, Ronan.

TCN: NA.


Votos de:
Adélia:
Alan(01), Laércio(02), Ronan(03,04,06), Munik(05,07).

Munik:
Alan(01), Daniel(02,03,L04), Juliana(05), Tamiel(06), Renan(07).

Ronan:
Harumi(L01), Laércio(02), Juliana(03,05), Tamiel(04,06), Renan(07).


Votos em:
Adélia:
Laércio(01), Geralda(DP107).

Munik:
Alan(02), Adélia(05,07), Juliana(05) Renan(L06,VM07), Tamiel(L06), Cacau(07), Matheus(07).

Ronan:
Daniel(03,04), Adélia(03,04,06), Matheus(03,06), Cacau(03,04), Renan(03,04,L07), Juliana(04), Tamiel(04).


Estrelinhas no PPV - 03:00 (8/3).
5 - Munik, Renan, Ronan.
4 - Adélia.           
2 - Cacau, Geralda, Matheus.

Adélia:
Renan, Cacau, Matheus, Munik, Geralda, Ronan.

Munik:
Ronan, Geralda, Matheus, Cacau, Renan, Adélia.

Ronan:
Munik, Geralda, Cacau, Matheus, Adélia, Renan.




Moleskine

Na "matemática" inventada pelo Tamiel está 4 a 3 entre os grupos. Se sair a Adélia hoje, fica 3 a 3 e, assim, não importa quem seja o novo Líder, teoricamente vai pelo menos um de cada lado para o próximo paredão. Desde que, é claro, não haja nenhuma alquimia da Produção, que está tomando gostinho pelos métodos sujos do Carelli.

Um eventual Big Fone pode ser para emparedar diretamente o incauto que atender.

No entanto, nesse jogo a plateia também joga, e não adianta os cartolas da produção fazerem gols de impedimento, porque no fim a numerosa plateia do estádio sempre ganha.






"sandra becher 5 de março de 2016 20:36

Oi, Frank !amei a sua desenvoltura nesse texto ( ixi, sou hã de carteirinha dele, ops) voltando, Não acredito no que um canal de informaçao diz, pois a verdade sempre tem vários prismas; O do que se diz agredido, O que se diz vitimado e daqueles que assistiram ? Nesse parâmetro quem leva a melhor ? O vitimizado, chegando ao ponto, quem sempre são os oprimidos ? idoso(vale lembrar que chego aos 52 esse ano), negros ( afirmo, minha bisavó era negra e livre pela Lei do ventre livre), o BBB é um aquário interessante, às vezes nos deparamos com peixes feitos nós, é como nos espelhos não gostamos dos nossos reflexos, vejo pessoas opinando sobre vidas, nas quais só conheçemos um infigma desta vida e julgamos o ser por inteiro, portanto nem todo idoso segue a cartilha, nem todo negro segue um padrão e nenhuma pessoa é integra ou má por inteira, houve uma interação no seu habitat que à mudou. Frank, eu poderia passar dicotomizar todos exemplos perante o que foi referenciado no BBB, contudo devemos lembrar que não sabemos às vidas destas pessoas antes do BBB, podemossim, teorizar o que acontecerá o após BBB, bjs !"


Oi Sandra. Não podemos fazer tratados analíticos em pouco espaço ou poucas laudas, né? Muito se pode falar tratando de um tema apenas. Infelizmente RS é assim mesmo. Exige um poder de síntese da compreensão. Necessário se faz ver muito com o pouco mostrado. Fazer o quê, se temos que bater o martelo?

A missão se torna ainda mais espinhosa quando percebemos que só o que querem é nos enganar, nos impingir posições e posicionamento sem nos darem os meios. É uma luta inglória e só o que podemos fazer é bater neles com o que pudermos, para que saibam pelo menos que estamos percebendo a hipocrisia deles. Entretenimento? Que nada! É pura ilusão e enrolação! E pior: para nos venderem bugigangas, carros para poluir nossa atmosfera e nos atropelarem e, bebidas! Beijos.

"iara oliveira 6 de março de 2016 17:22

Ola Frank adoro seus textos porém me permita discordar em relação a Maria Claudia sim ela e piegas,chorona e infantiloide SIM mas seu jogo e de se mostra com todos os seus defeitos acredito que um vencedor de reality deve ser aquele que vive e se expõe quanto ao ex dela e um rapaz que está querendo aparecer e com dor de cotovelo não acho que ela seja obrigada a escolher um lado já que nem um dos dois que se apresenta e bom beijos como sempre votalhada arrebentando."


Ok, Iara. Pode discordar à vontade. Entre quem se mostra com defeitos e quem se mostra sem eles, prefiro estes últimos. A competição não é entre quem mostra defeitos e quem não mostra. É entre quem tem mais e quem tem menos, tanto qualidades quanto defeitos. Ser infantiloide, chorona e piegas são máscaras para disfarçar ou esconder uma personalidade ou intenções secundárias e não confessadas.

Ninguém vai para o BBB para vivenciar um sonho ou desfrutar de um spa, a não ser que este sonho seja ser um campeão e ganhar o dinheiro do prêmio ou o que puder e tiver a sorte de beliscar como brinde. Na verdade, como se vê nas entrelinhas do comentário da Sandra Becher, só podemos julgar o que é mostrado no confinamento e nada sabemos do antes e do depois de cada concursante e se sabemos nada podemos falar por falta de provas.

Estes inicialmentes e finalmentes são as grandes lacunas de nossos julgamentos, que só são válidos para os presentementes ou atualmentes e entretantos. É só o que temos, né?

"Acioli 7 de março de 2016 02:41
    
...Peço desculpas se o aborreci. Abs!"

Não me aborreceu em absoluto, Acioli, e portanto não há o que desculpar. Estamos no mesmo barco. Abraços. Fique tranquila!

"Adri Frade 7 de março de 2016 21:29

O POST INDUÇÃO II foi corretíssimo. Ontem após o paredão tivemos um exemplo cristalino de predileção da produção. Renan ficou desesperado sem cigarros e ficou pedindo cigarros a produção, que lhe mandou imediatamente. Qdo Adélia tentou desistir (faniquito) , o Confessionário estava aberto para ela que teve a ajuda de um psicólogo. Na festa em que a Ana foi expulsa do programa, Renan foi direto ao confessionário como um covarde para reclamar de 2 tapinhas , e o Confessionário estava aberto! Quando Ana Paula peitou a produção do programa ao reclamar da ridícula festa Candy , da bebida regrada e praticamente zerada, qdo peitou a produção que estava com herpes e nenhuma ajuda médica foi enviada a ela, ele quis sair e como estava o Confessionário para ela? FECHADO! Estranho, não! A produção poderia ali mesmo ter se livrado da Ana Paula que NAQUELE MOMENTO DESISTIRIA, mas não..... a produção se sentiu aviltada, atacada, desafiada por Ana Paula e tudo naquela festa foi feito sob medida pra Ana se enforcar. E assim o BBB16 seguiu adiante, chato, manipulado, controlado como sempre foi pela produção.... mas não contavam que a legião de fãs arrebatada por Ana Paula, a única jogadora assumida, fosse colocar as ações e atitudes da Globo em xeque-mate. A Globo atirou no próprio pé ao induzir Ana Paula à eliminação mas jamais imaginou que ANA ultrapassou o limite sim, mas o limite da audiência."


Tudo isso está correto, apesar do tom quase passional. Em 6/3 mandaram buscá-la em Belô para participar de uma entrevista em um programa matinal na segunda (7) e tentaram obstinadamente arrancar dela uma opinião de preferência para ser campeão na Final entre Munik e Ronan com um paredão entre os dois e Adélia rolando. A intenção era ferrar um dos dois para salvar a Adélia.

Depois de muita insistência da produção e sua astuta (ela sempre gostou de meter o bedelho no BBB e pegar carona na popularidade do Reality) apresentadora, Ana Paula deu sua posição inteligentíssima e falou que daria o prêmio para o Ronan por sua história de vida e por precisar mais e que a Munik tinha mais chances de fazer 1,5 milhão em pouco tempo, mas que gostava igualmente dos dois.

Contra a sinceridade não há meio de distorcer a verdade e tirar proveito da mentira. A entrevista da Ana Paula provou isso, apesar, e não por mérito, da entrevistadora.



Você não pode tentar e não consegue distorcer as palavras de uma pessoa sincera e nem levá-la à contradição, porque a verdade é eloquente por si mesma, independentemente de palavras mal colocadas, porque o que vale é o que se quis dizer e não o que se diz de modo incorreto ou diferente. 

Em outras palavras, o que vale é a ideia e não as palavras que a descrevem. A mesma ideia ou verdade é expressa de maneira diferente em cada idioma ou modo de falar e nem por isso deixam de ser as mesmas ideias e verdades.  

De acordo com a Bíblia, descendemos todos de Adão e Eva. E após o Dilúvio, diz que descendemos todos de Noé e seus filhos Cam, Sem e Jafet. Interpretado como alegoria, podemos chegar a que isso é uma verdade figurativa e que explicaria nossas origens e a divisão em raças. 

Segundo a Ciência (Genética e Antropologia), descendemos de um punhado reduzido de seres humanos primitivos que se originaram na África.



Assim, levado às origens, não existe sentido em falar de diferenças raciais na essência ou de raças puras. Mestiços podem ser considerados como pertencentes às raças que lhes deram origem, mas no fundo são apenas mestiços mesmo, por uma questão de nomenclatura e porque, na origem, todos viemos da mesma raça.

Em resumo, você pode dizer que todos somos da mesma raça e somos racialmente puros ou de raças diferentes que não são exatamente puras. Na verdade somos todos seres humanos com diferentes cores de pele, olhos, cabelos, etc, e não raças. É uma questão argumentativa ou de nomenclatura apenas. A não ser isso, são apenas sofismas para sustentar um ou outro ponto! 

Um mestiço tanto pode ser considerado negro, amarelo ou branco quanto ser das raças que lhe deu origem (atuais ou remotas) ou apenas mestiço, nesse caso. É uma questão de preferências opinativas-argumentativas e até onde se deseja regredir na linha do tempo da diferenciação racial.

Da mesma forma, ao se falar de raças puras, na verdade ninguém é de raça pura, a não ser que sejamos considerados todos de raça pura na origem e diferenciados por fatores genéticos adaptativos na evolução das espécies ou diferenciados por mutações genéticas através do tempo por fatores ambientais e daí derivados em espécies, sub-espécies, etc, ou raças, sub-raças, etc.

Podemos regredir na antiguidade e dizer que somos negros descendentes de uma única Eva negra, ou dizer que somos de raças atualmente existentes, que na verdade não são puras na essência. Por isso é que uma raça não é superior a outra por mais que os racistas advoguem isso.

Da mesma forma não podemos admitir superioridade entre homem e mulher porque a diferenciação em tempos ainda mais remotos, onde o ambiente elegeu a reprodução sexuada como mais vantajosa em termos de adaptabilidade ambiental e sobrevivência das espécies, resultou na existência de machos e fêmeas animais e vegetais.

Características genéticas raciais (fenótipos, genótipos, etc) são consideradas apenas para efeitos classificatórios raciais e por espécies (nomenclatura, taxonomia), mas na verdade somos todos iguais (em potencial) geneticamente falando, e todos os genes podem estar presentes em nosso genoma e podem estar recessivos e dominantes ou reaparecerem ativos quando as condições adaptativas favoreçam e sejam necessárias e, até mesmo, acidentalmente ou por atavismo.

É possível um ser humano nascer, por exemplo, com uma cauda vestigial, conhecido como "processo do cóccix" e muitos outros atavismos registrados pela Ciência, de genes implicitados, depois de milhões de anos e gerações, em inatividade (ou recessivos). Uma Adélia com cabelos louros e cacheados não seria uma aberração genética, se ela não os tivesse comprado e fossem herdados, pois ela e qualquer um pode muito bem ter esse fenótipo em seu genoma e também não o é porque ela comprou. Se ela comprou é porque pode e é dela, mas não transmitirá a seus descendentes através dos genes o que é comprado! Talvez até possa, mas aí entramos no campo ou domínio das teorias.

Pelo DNA hipocondria é possível traçar e rastrear desde o passado distante a evolução dos seres humanos (e não só dos humanos) e por onde habitaram com adaptações ambientais, criando fenótipos, até chegar ao indivíduo ou punhado de indivíduos que nos deram (ou lhes deram) origem, todos da mesma raça original no caso de humanos e da maioria das outras espécies, senão todas.

Temas raciais, religiosos, teosóficos, de hereditariedade, etc podem gerar discussões intermináveis para quem gosta de blá, blá, bla ou divagar, ou procurar polemizar usando sofismas. Você pode, inclusive, teorizar a respeito do porquê da existência de homossexuais e transgêneros e de outras facetas ou características genéticas e, enquanto teorias, nada seria exatamente verdade ou inverdade.

Quem surgiu primeiro? O ovo de galinha ou a galinha? E por quê ela poderia ter dentes e não tem? Por quê o excremento do cabrito sai redondo? As primeiras zebras eram pretas ou brancas? Teorias são, por definição, verdades ou inverdades desconhecidas e você erra ao tomá-las como uma coisa ou outra e não pode pretender que sejam verdades só porque crê nelas.

"La Eva mitocondrial, según la genética humana, fue una mujer africana1 que, en la evolución humana, correspondería al ancestro común más reciente femenino que poseía las mitocondrias de las cuales descienden todas las mitocondrias de la población humana actual, según pruebas de tasas de mutación de genoma mitocondrial". (EvaMitocondrial).

Tudo isso torna estéril discussões raciais, porque se fundamenta numa vasta e rica Ciência chamada Genética. Detalhe: Segundo a Ciência em voga, a "Eva Mitocondrial" era negra.


Quando advertimos que alguém está errando, podemos até advertir uma segunda vez, mas não devemos advertir uma terceira vez. Quando alguém não ouve a mesma advertências duas vezes, provavelmente não ouvirá outras e não valeria a pena perder tempo com esse alguém.     



16 comentários:

  1. Bla, bla, bla, bla... resposta nada a ver com o que foi colocado, LOL!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Frank tem tudo a vê sim voce disse por entre linha no seu texto..carinha que mamãe fez ninguem bate o que você quiz dizer ou pelo ao menos da o que entender é quem Renan que não pode levar dois tapinhas de Ana paula,ai eu te pergunto quem é Ana paula que acha que pode dar na cara das pessoas tapinha ou tapão só porque sismou com a cara ou a pessoa não faz o que ela que,você gostaria de encontrar uma mulher que não é sua mãe sua irma~ou sua parenta e sismar com sua cara e te dar dois tapas seja ele tapinha tapão ou qualquer coisa parecida simplesmente porquee não foi com tua cara.se ponha no lugar dele mesmo que você não goste dele.tenho dois filhos homens e uma mulher e não aceito que nenhuma filha duma égua bata na cara dos meus filhos mesmo que seja de leve,vou caçar ela até no inferno garrar no pescoço dela,quando bateu no Douglas vc criticou porque Ana pode,eu não suportava o Douglas naõ gostei quando Mara bateu nele,ainda mais Renan que é um car do bem educado,fiquei surpresa com sua atitude sempre achei vc um cara sensato como comentarista de RS que decepção,achar que não foi nada demais o que ela fez você não falou mais deu que entender..Luiz se não quiser publicar tudo bem muito grande o comentario rs rs mais ainda não falei tudo.deixa pra lá.

      Excluir
  2. Sinceramente acho ridiculo essa idolatria pela Ana .Uma moça que não é exemplo pra ninguém ,a unica coisa boa que ela tem é ser atleticana.Ronan um olhar ruim capacho.O que dizer de Renan lindo educadissimo se é gay ou não poblema dele.Não sou fá de Adelia mas gostaria de uma zebra não gosto de ninguém que se acha melhor que os outros que é o caso de Ronan e Munik .Já tem certeza da vitoria contando com a galera de Ana .Digo sempre quando d se gosta não ve defeito ,sobre os tapas que ele levou como as torcidas tá de birra com ele qualquer coisa que ele fissesse seria condenado,se revidasse ,se calasse qualquer coisa . Adelia também aguentou muito naquela festa tava fugindo de Ana igual o Diabo foge da cruz e ela perseguindo. Renan também fugia ela ia atras passava as maõs no rosto dele no peito .Mateus até brincou com ela que ele não queria nada com ela se fosse a munika sim ele topava. Foi isso que vi até de madrugada

    ResponderExcluir
  3. Noto que o colunista, cada vez que tem os seus pontos de vista criticados, apela para uma torrente de pretensa erudição, tentando sufocar seu interlocutor com uma retórica impenetrável, como se uma mensagem cifrada pudesse fazer valer aquilo que defende.


    Nada mais fiz do que um exercício básico de lógica, mostrando que a resposta a um comentário feita pelo colunista se apoiava em uma premissa distorcida. Por essa razão, seu raciocínio, embora siga uma estrutura coerente, leva a conclusões equivocadas.

    Não faz sentido criticar quem manifesta preferência por um tipo de concorrente com base na predileção por pessoas que estejam fora de certos padrões – porque isso se choca com as simpatias do colunista – e depois lembrar o que escreveu sobre um competidor que “não tinha perfil de ganhador de RS, mas isso foi apenas porque não existe histórico de ganhador negro em RS no Brasil”… Será que as teorias antropológicas citadas a exaustão pelo colunista estão de acordo com essa afirmação???…



    A preferência pessoal do colunista, que ele mantém inexplicavelmente como um segredo de Polichinelo, contaminou seus escritos, na medida em que começa a fazer julgamentos morais a priori sobre quem comenta o que não lhe agrada, mesmo sem ter o viés de confirmação que dava uma aura de legitimidade às ações da concorrente… “Quando advertimos que alguém está errando, podemos até advertir uma segunda vez, mas não devemos advertir uma terceira vez. Quando alguém não ouve a mesma advertências duas vezes, provavelmente não ouvirá outras e não valeria a pena perder tempo com esse alguém”… Uma forma sutil, mas perceptível, de intimidação… Não seria mais fácil assumir uma preferência ao invés dos maneirismos de uma falsa isenção???...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido Jubem, e eu que entro aqui na esperança de que se escreverá uma análise sobre o jogo e so encontro uma deslumbrada se derramando feito louca alucinada e criança se achando colunista. Vou te contar, o Luis ta bem arranjado com esse time, coitado

      Excluir
    2. O paradoxal é escrever artigos opinativos com uma máscara de isenção... Seria tão mais honesto deixar claro as preferências... Aumentaria até o nível das críticas...

      Excluir
  4. Olá Frank,
    Grata pela lembrança.

    Continuo a homenagem às mulheres, focando nos homens:

    Aos Ronans, ariscos e desconfiados, de olhares invejosos e frios, de gestos calculados e premeditados, talvez, porque um dia lhes tenha faltado o colo de uma mãe para acarinhá-los, aquecê-los e ensinar que "la vita è bela" e que a entrega e ter amigos vale a pena.

    Aos Renans que se permitem ser vaidosos, sensíveis, usar camisa ou gravata cor-de-rosa, dizer “não” a uma mulher bonita, sem que ao abandonar um estereótipo consagrado, isso afete o seu amor próprio ou sua masculinidade.

    Aos Matheus que não conhecem a alma de uma mulher; os cafajestes que podem ser um bom player não apenas no BBB, mas no jogo da sedução e da enganação e, que paradoxalmente costumam atrair muitas mulheres, aliás, não há nada mais incongruente do que a alma de uma mulher.

    Aos Franks que escrevem tocando, criando, analisando, intuindo, onde o que importa não é apenas a palavra, mas o envolvimento de quem escreve.

    Enquanto as mulheres extravasam a agressividade reprimida por séculos, a exemplo de Ana Paula, muitos homens - hoje - revelam a sensibilidade sufocada, sem ferir o seu lado masculino.

    Portanto, comemoremos juntos o Dia Internacional da Mulher !!!

    Abraço fraterno a todos,
    Shadow

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns! Shadow pelo seu texto disse tudo e mais um pouco.

      Excluir
  5. "O dia que começarem a pensar em consciência humana,aí o racismo a ignorância,a maldade,a falta de humildade,de educação...acaba".Acho incrível tentarem defender o que não tem defesa. Se aquela louca não fosse expulsa,aquilo ali iria virar um ringue,pois se ela bate,todos tem o direito de bater e dizer que foi um tapinha de nada.Queria ver se alguém aqui daria a cara pra uma palhaça de nariz empinado bater.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mercedes esqueça Ana Paula. Já saiu do jogo e não é mais ameaça para seu concursante preferido.Ou é??? Kkkk

      Excluir
  6. Verdade seja dita, quem torce pelo grupo Ronan, Munik e Geralda faz bem o tipo... e AP então, nem se fala.
    O triste é que essa gente manda na internet, s]ao tarados votando e a gente tem que trabalhar e ajudar esse país, enquanto essa ordinarice acéfala vota sem parar nesses tipos de 5a categoria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Msm trabalhando cansado tem tempo de vim aqui e crítica LOl, que tipo?? Só por terem formado uma aliança não significa que tiveram as msm atititudes e isso é óbvio no jogo. Diferente do outro lado da casa cada um teve seu momento de infelicidade no jogo Daniel Juliana companhia . Se o pessoal tem tempo livre ue fazer o que?.

      Excluir
  7. Até que enfim li textos adoráveis de pessoas sensatas e coerentes dando suas opiniões sobre os comentários parciais do Frank. Esse comentarista não gosta de ser contrariado. Quando seus comentários são contestados ele se defende respondendo de forma grosseira. Os seus favoritos não tem defeitos, ou tem mas são sempre atenuados ou justificados e os demais participantes são sempre criticados. Como no caso do Renan. Pode levar tapa na cara que "tá valendo" e se reclamar tá errado. Tem que aguentar tudo. O comentarista exalta a beleza física da Munik, como se ser bonita significasse bom caráter, na minha opinião vejo nela uma pessoa podre por dentro. usa e abusa das pessoas disfarsando sua podridão interior. Essa APRenault, que já foi expulsa, ainda é citada, enaltecida e defendida. Louca...??!! Será ?? Ela rasga dinheiro e come coco??? Lógico que não !! Tem ainda a defesa do Ronan, homem antipático com olhar de dar medo, sempre pelos cantos preparando seus "botes". O Matheus, que pena... falso demais ! A GG, é falsa, maldosa, futriqueira, aliada dos podres. Só não foi pisada por eles porque precisam do seu voto. Maria Cláudia perdida entre o delírio e a razão, por conta disso prejudicou gente que merecia ficar. Resta o Renan, único que joga sem pisar em ninguém. Infelizmente, talvez não ganhe esse BBB, mas não perdeu a dignidade. A vitória desse jogo está desenhada : A podre e nojenta por dentro Munik, o Ronan antipático, mal encarado e articulador. E talvez, de quebra, entre na roda a cobra rancorosa GG. Parabéns a Rede Globo, ao Frank com sua declarada torcida, e a todos os brasileiros que votam na vitoria desse tipo de gente. Mas pode ser que aja luz no fundo do túnel e o Renan vença o jogo ... será ??!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nas edições da Globo, há o curioso fenômeno da "Munik de quarta-feira"... Em geral é o único dia que ela aparece atacando os outros competidores... Na quinta, o discurso é amenizado e nos demais dias da semana ela é sempre a indefesa que precisa de proteção... Tudo sob a justificativa de movimentar o jogo, fazendo as vítimas dos ataques virarem algozes...

      Excluir
    2. É isso aí jubern !! O que vejo no BBB, sao três pessoas totalmente intragáveis : Ronan, Munik e Geralda. O Matheus tb joga sujo, baita fofoqueiro e se faz de bonzinho prá todos da casa. O que não entendo é esse BBB paralelo que alguns assistem e vem com comentários de defesa ao mal caratismo. Não consigo entender o que essas pessoas viram no ronan, munik e a bruxa da GG ?? Na minha opinião beleza, idade, pobreza... não é quisito de vitória. Para mim, a vitória deveria ser do participante que joga com dignidade e bom caráter. Por isso me identifico com seus comentários, são sempre coerentes e muito bem escritos!! Me identifico tb com a Maria Oliveira, a Tina, o Antonio Vinicius, a Mercedez Souza e a Bruna Machado!! Dá gosto ler os cometários de vcs!!

      Excluir
  8. Frank, agradeço a carinhosa lembrança. Um abraço!

    ResponderExcluir

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html