02 outubro 2015

"Bake Off Brasil" | Episódio 10 - Bombas, Crumbles, pitis e muito mais. - por Aninha Albuquerque


Minha gente!!! Prepara que hoje eu vou falar ainda mais do que o de costume, viu? Tô passada, plissada, godê e anarruga!

Que é que foi o último episódio do Bake Off Brasil??! Como é que pode tanto erro nessa altura da competição? Olha, tem que relevar em alguns dias, tem que dar um desconto até certo ponto, mas convenhamos: tá brabo!

Uma coisinha que eu tenho que comentar foi o ataque de pelanca do Michael, a briguinha de jardim da infância com Ayrton retrucando, o outro fazendo caras e bocas. Pra que?? Ai fófis, que é que foi aquilo?? Que feiooooo!! Pasticcio, babado, e farinha, né? Baixaria sair jogando farinha em competidor, fala sério! Não achei que o moço, sempre tão meiguinho, risonho, fosse acabar dando um piti daqueles. Achei reprovável, feio, e no mínimo, muita falta de profissionalismo e até mesmo de esportiva... Tá, acontece de ficar com raiva, acontece de perder a paciência, mas péra lá! Tem que manter a calma, se concentrar e mostrar serviço, certo? Que é que importa se o carinha do lado resolveu fazer a mesma receita? Olha, eu já tinha comentado que achei o Ó do Borogodó a Samira ter levado as formas a que tinha direito e mais algumas, deixando outro competidor (Ayrton, se não me engano... de novo ele, né? Tá, então...) num episódio... Agora, piti? De jogar farinha?! Ah fala sério. Caiu horrores no meu conceito, tá meu bem?  Se o cara é bom, tem mais é que confiar no taco, ir lá fazer o que sabe e desencanar da concorrência, oras...
F-e-i-a a atitude. E pegou mal. Apesar das justificativas, dos motivos, etc. Ai-ai-ai! Vai vendo... Capaz que logo estão de tricô novamente! No truque ou não... Que preguiça, viu?  Humpf! Eu punha de castigo! Hahahahaha! Estamos conversados.

Bom, lá vem bomba! No bom sentido, né?
Prova criativa! Ai meu Deus!!! Éclairs!! Bombas recheadas! Amo!!! Passei minha infância comendo... que delícia! Os fófis tinham 1 hora e 45 pra preparar 20 gostosuras com o chocolate que escolheram entre uma bela variedade fornecida pelo patrocinador. 10 de cada sabor. Chique demais!

Os competidores já tinham trabalhado com a mesma massa para confeccionar os profiteroles num outro episódio, então não deveria haver problemas quanto a esse componente, né? Tinha fófi confiante, querendo criar mesmo, outros pareciam nervosos, o de sempre. Nunca se sabe exatamente o que é que pode sair dos fornos, batedeiras, panelinhas... É certo que a gente que acompanha já tem um pouco de noção que alguns competidores têm capacidade de mostrar um tantinho a mais do que outros, a gente já sacou quem pode fazer caca e, vira e mexe, acontece exatamente o previsto: a tal figurinha faz a meleca e se dá mal... hehehe
Ju, por exemplo, estava toda atrapalhada com a massa que desandou! Achei bacana a escolha dos recheios de damasco e de gengibre... Podia dar um "bom caldo"! Aí tivemos Michael e Ayrton protagonizando O barraco por causa de um recheio que os dois escolheram igual, e começa o bate-boca, troca de farpinhas básicas, e Michael finalmente desce do salto de vez, e joga farinha no concorrente de cabelinho preto. Legal foi quando o pentelhinho Fasano declara, após a baixaria, que os dois mancebinhos estavam se arriscando com seus recheios de tiramisù. Olha, a coisa foi tensa! Afff...

Na bancada da Samira, a visitinha dos jurados e da apresentadora rendeu a insinuação sobre a aparência de um dos recheios, assim, por causa da cor. Eita que esse Fasano gosta de uma comparaçãozinha fazendo alusão a ... como posso dizer? A "produções fisiológicas", caca, vá, pra não repetir outro comentário dele num outro episódio. Eu curtí uma das escolhas de recheio da dona do véu: chocolate com pistache. Já a outra que levava chocolate com limão siciliano e avelãs, não sei... Me causou dúvida.
Já Joca optou pelo "tiro e queda", na minha opinião: os recheios de chocolate vinham um com licor de cerejas, e o outro com maracujá. Meio difícil errar com esses sabores, normalmente são campeões de vendas... Lógico que foi perguntado ao fófi se as bombas teriam o padrão Joca de acabamento! Tadiiinho!
Chocolate com licor de laranja e chocolate com macadâmia. Mais um tiro certo, né Marília? De sabor, a coisa tinha tudo pra dar certo. Ela tinha seguido a dica de sabor que Fasano tinha dado a respeito de um chocolate disponibilizado, sua acidez, etc... Ainda assim, a moça estava preocupada com a massa, que ela havia deixado pra fazer por último. É...

Só sei que foi assim: as bombas do Michael, bem feinhas! Fasano chamou a decoração de lombriguinhas verdes! Hahaha! Gongado na decoração, na aparência, fófi... O sabor gerou controvérsias entre Carol e e Fasano. O gongo mais alto soou pro Ayrton, que não conseguiu obter um bom sabor no seu recheio de tiramisù. A apresentação, por sua vez, estava bem melhor. O que levava gianduia e avelã também não convenceu, faltou doce, deu não... Agora, sinceramente, curti o comentário do Fasano, ao dizer que os dois moçoilos ficaram com aquela briguinha ridícula, e fizeram uma coisinha bem "meia-boca". Too bad, babies... Mas uma coisa ficou meio velada, meio que deixada clara: os fófis vão se peitar até onde der. Ayrton já declarou que quer ir com Michael pra final, para ver quem é o melhor de verdade... Ó lá. Finalmente a ficha caiu né? É competição e pronto... Vamos ver se há competência pra chegar tão longe...
As bombas da Marília não estavam com a aparência boa, de dar vontade de trincar os dentes nelas e arrancar um belo teco, um naco de encher a boca e se deliciar. Pelo contrário. Segundo a moça dos olhos bonitos, o tempo atrapalhou. Sabor normalzinho, e nada demais. Aí temos o Joca, e a aparência, de novo, deixou a desejar, sem padrão de tamanho, e a bombinha veio com recheio faltando em algumas partes, tipo, um furo aqui com recheio, e nada logo alí do lado... Faltou uniformidade e visual, mas o sabor foi aprovado. Samira... As bombas da dona do lenço estavam bonitinhas, bem decoradas, mas o sabor foi criticado. Ju pecou no tamanho, formato, no ponto da massa... O sabor quase chegou lá. Não foi de todo ruim, mas dava pra melhorar bastante.

É... de novo, nada de surpreendente, nada de muito bom nessa primeira prova.
Ai gente, que decepcionante! Acho que a essa altura tinha que ter gente detonando, arrasando, arrepiando os jurados com doces perfeitos, com criações de dar água na boca, com apresentações caprichadíssimas... Será que o elenco não foi tão bem escolhido assim? Mesmo não sendo profissionais, deve dar tempo de praticar, estudar, se aperfeiçoar no decorrer do programa, né? Acho que quem entrou, entrou porque tem uma paixão, e não porque está correndo atrás só de alguma fama, do prêmio. Confeitaria é uma arte delicada e precisa. Tem que ter paixão, dom, garra para seguir no ofício a despeito de intempéries... Va bene, cada um com sua verdade, è vero? Vamos ver como anda essa carruagem...

Prova técnica: crumble!
Sem receita. Vários ingredientes na bancada, e os fófis tinham que escolher o que usar, para fazer o que provaram do singelo potinho à sua frente, e quem soubesse o que era, tanto melhor... Ah, e nada de ajuda do coleguinha do lado, tá meu bem?? Ha-ha-ha. Curti!
Teve gente que soube na hora, tipo o Joca, que reconheceu rapidinho. Teve quem ficasse com os olhinhos um tanto perdidos... Insegurança à vista!
O lance de ter ingredientes tricky à disposição também foi uma boa sacada, acho eu. Até que alguns paladares se mostraram mais aguçados. Tinha gente combinando ingredientes beeeem inusitados. Alguns competidores me pareciam estar passando um tantinho longe do objetivo. Destaquezinho assim, besteirinha: desnecessária a ceninha fake de Ju e Michael tricotando e comendo sem pressa até que Tici deu o toque de que era melhor ter mais pressa, e os fófis saíram correndo, giggling, ainda mastigando, apressadinhos, mais faceiros que mosca em tampa de xarope... E olha só! Deu tempo dos competidores, bem relaxadinhos, tomarem o chazinho que Samira preparou no final... Nhóóóó... que meigo! Bucólica a cena, diria eu... Parece até que todo mundo tinha criado uma master piece, né? Parece mesmo é que o tempo dado vai começar a ser reconsiderado, diminuído, já que tinha gente comendo mosca, fazendo tricô, com tempo de sobra... Nó!

Tá, então veio o teste cego. Não antes de Carol revelar os ingredientes que a receita continha, e deveria conter na sua preparação: açúcar, limão siciliano, farinha, margarina. Recheio de abacaxi, pimenta da Jamaica, gengibre crú, canela e açúcar mascavo... Essa era a receita. Ah, sim, claro, como é que pude me esquecer desse outro detalhezinho?? O Fasano cismou em chamar (ou pronunciar) crumble como cramble... Aí não, né? Com a Carol e a Tici alí do lado falando certinho e tudo. Custa ouvir, tentar aprender? Pois é.. acontece nas melhores famílias... hehe
Ayrton torrou a cobertura, que ficou grossa. O limão excedeu, e ficou um pouco doce demais. Cecília, assim como Ayrton, usou farinha de rosca, o que não deveria ser feito, e pesou na cobertura. A aparência estava boa, mas a crosta não estava tão macia. Faltou mascavo e gengibre... O da Samira tinha uma decoração em cima que foi chamada por Fasano de resto de comida! A farinha estava errada, a textura solta e grossa... Usou farinha de rosca também, e o recheio até chegou perto, mas com a farofa com gosto de pão torrado... A coisa não rolou muito bem. Joca errou no ponto, embora a aparência até enganasse. Muita gordura, o tempero estava errado, ficou aguado, crú, mas a farofa estava ótima, na opinião da Carol. A aparência do crumble da Ju estava toda errada. Fasano comparou com uma rapadura. Ôxi!! Carol frisou que gosta de canela, mas tinha muuuito! Aguado, também. Deu ruim. O Michael já dançou com a touille na decoração, que estava molenga. Espessura errada, sabor bom, mas errado. Tinha anis, e as farinhas de amêndoa e de rosca, bastante, segundo Fasano... não era isso, né? O povo ficou meio constrangido. (Dã!!)

No quesito paladar, os fófis competidores desapontaram, e bastante! Assustador, como disse a Carol.
Ju ficou por último. A "empanada de pão" da Samira ficou em quarto. Michael em terceiro, rindo, sabe-se lá por que... "Paladar pra que", né, Carol? Muito bem colocado. Eita! Lá está Ayrton na segunda colocação. O da Marília ficou em primeiro. Para alegria e sorriso largo da moça.
Fasano disse que daria para eliminar os 6 nesse episódio. Menos pior da rodada, Marília levou o avental de Mestre Confeiteiro. Na berlinda, Ju e Joca.
Agora, não entendí bem, mas o Joca foi pra casa. Acho que levando em conta as peripécias e erros do moço, a performance geral, o histórico, o desempenho no total, sobrou pra ele. Fasano declarou que ele errou feio nas duas provas. Olha, pode ser que eu esteja ficando "véinha", que eu não tenha captado a mensagem do velho "guru" (kkkkk), sei lá. Pelo que entendi, a despeito do que Fasano disse, a soma de tudo o que foi feito até o episódio em questão levou Joquinha pra casa.

A realidade é que, gente... falando sério. Nas competições gringas que ando assistindo em canais a cabo, principalmente as de confeitaria, os caras entram pra valer, levam a sério demais, são feras, e mesmo amadores, mostram uma competência danada! Chegam pra mostrar serviço, talento, e tirando alguns underdogs, é briga de cachorro grande. Pode ser que estejamos apenas começando nessa categoria de realities, mas dá pra caprichar mais, né não??
Não vou ficar me repetindo, mas me irrita que, a essa altura do programa, ainda haja erros crassos, falta de conhecimento, de técnica, de informação, de pa-la-dar! Essencial, povo, básico! Fontes há, a torto e a direito, é só ir atrás. Sei lá... De barracos a erros toscos, de uma certa não-seriedade até a simples falta de percepção, há ainda muito o que se fazer para que alguém alí mereça, de verdade, desde um avental de cor diferente, de Mestre confeiteiro (hein??!), até o grande prêmio do programa. Ah, acorda pra cuspir né gente? Wake up, and smell the coffee! Hehe.. Hardy-har-har... Tô começando a não gostar muito, viu?
Sem mais... Né?
Sabadão tem mais. Vejamos o que nos aguarda, queridos. :)
Beijinhos e até já!
-Aninha Albuquerque


0 comentários:

Postar um comentário

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html