15 setembro 2015

"Narcos" | Resumo do 9º episódio

No episódio 9 o público vai conhecer 'La Catedral', nome que o traficante deu à sua fortaleza. A equipe do DEA apelidou gentilmente de 'Club Medellín'. A construção foi projetada para parecer velha e antiga por fora, e uma verdadeira mansão por dentro. Logo no início, vemos um caminhão contratado por Escobar, que leva todas as regalias para ele e os outros 'presos' - traficantes amigos convidados. Em sua caçamba, eles levam televisores, lagostas, prostitutas e tudo o que for pedido. De acordo com o contrato de rendição, nenhum policial ou militar pode ficar a menos de 3km da propriedade. Carrilo foi transferido para Espanha, mas Murphy e Peña não se darão por vencidos.

Peña e Murphy viram, por meio de fotos aéreas tiradas pelo exército colombiano, que haviam gaiolas no terreno da 'La Catedral'. Eles entenderam então como Pablo se comunicava com seus aliados, da maneira mais antiga possível: pombos correio. Eles atiraram em um pombo e conseguiram achar uma mensagem: haveria uma entrega no túnel. Mas que túnel? Nada foi encontrado! Então a esposa de Murphy reparou que em todas as fotos havia um caminhão no local. Enquanto isso, Pacho tenta negociar com Galeano e Moncada para cessar fogo e acabar com a disputa de Los Angeles. Eles conseguem fechar em 10 milhões de dólares, mas Pablo depois diz que não aceitaria menos de 20 milhões. Ele quer continuar matando: "o propósito da guerra é a paz". Além disso, Escobar eleva o 'imposto de guerra' de seus companheiros sócios: um milhão de dólares por mês. Ele parece estar alterado em viver em sua 'prisão'. Mesmo com cassinos, quadra de futebol e muito luxo, ele sente falta de sua liberdade.


Os agentes Peña e Murphy conseguem parar o tal caminhão no meio da estrada, mas está vazio. Ao conferir os registros, eles percebem que perderam uma ótima entrega: brinquedos sexuais, revistas, colchões de água e até cursos por correspondência. Murphy ameaça o motorista a cooperar e, com a ajuda do parceiro, instala uma câmera dentro da caçamba. O motorista faz o que eles mandam, e registra tudo o que rola durante as entregas. A DEA envia as fotos com o flagra para o presidente Gaviria, mas nada acontece. O político não está disposto a ameaçar a paz do seu país de novo "por causa de algumas prostitutas dentro de 'La Catedral'". Pablo recebe família e amigos para comemorar seu aniversário em sua fortaleza. O tenente dos sicários, Velasco, diz que recebeu dinheiro que foi achado enterrado nas terras de Galeno e Moncada. Pablo então chama seus sócios para conversar a respeito.


Por mais que Moncada e Galeano neguem estar roubando do patrão, Pablo não consegue mais confiar nos dois. Ao se despedir, o traficante perde o controle, pega um taco de bilhar e agride Galeano até que ele morra. Moncada é segurado por outros sicários e se revolta contra Escobar. Ele diz que nunca vai ser o suficiente para Escobar, e ele sempre acreditará no que quer. Então os bandidos são autorizados a matá-lo também e queimam os corpos depois. Ao saber dos assassinatos, Pacho pede a um de seus homens para contar tudo à DEA. O interesse de acabar com Escobar era mútuo. Depois de saberem que Escobar saiu totalmente do controle, os agentes Murphy e Peña decidem levar as provas contra o traficante à imprensa. 


0 comentários:

Postar um comentário

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html