15 novembro 2014

Frank Killer: Inteligência Emocional


Inteligência Emocional

Você sabe o que é Inteligência Emocional? Se não sabe pesquise a respeito e entenderá porquê o grupo Ovelha desmoronou. Entenderá também como as preferências do público se distribuíram entre os concursantes.

IE é uma capacidade não-cognitiva de reconhecer corretamente as suas emoções e as dos demais à sua volta ou em suas interações relacionais, para simplificar a definição. Ninguém do grupo Ovelha tinha ou tem essa capacidade ou, a anulam, mas existem pessoas nos outros grupos que também não a têm ou a anulam. Em geral quando você foca um objetivo, seus sentimentos e emoções se direcionam para ele e você perde a capacidade de compreender estes em si mesmo e nos demais aos quais julga terem o mesmo foco. Em geral o que você acha é o contrário dos sentimentos e emoções reais. Você pode ver isso na obsessão de algumas mulheres em casar ou terem filhos e que esquecem de escolher um marido ou pai adequados ou que acham que isso não é o principal.

Por exemplo, digamos que você foca chegar à Final do RS e ganhar o prêmio do programa. Suas emoções se canalizam para isso e perde a capacidade de interagir com os rivais, aos quais julga terem o mesmo foco. Então você esquece que justamente o importante para chegar ao prêmio são os relacionamentos intra-pessoais e inter-pessoais. Você passa a chamar isso de jogo. Seria como dizer: amigos são amigos e os negócios são à parte. Para ganhar um RS é o contrário: negócios são negócios, mas os amigos (as relações) são à parte. Para programas de TV, o enfoque correto é: audiência é audiência, mas agradar é o mais importante, porque sem agradar não há audiência. Ou, audiência é audiência, mas agradar é à parte.

Mas, o x da questão é que fazendo só inimigos ou fazendo muitos, você não chega ao prêmio (e nem a qualquer objetivo na vida), seja ele qual for, porque ele está destinado a quem sabe conviver melhor com pessoas diferentes e de diferentes culturas, com desejos iguais ou diversificados, justamente o que você tende a esquecer quando "só pensa naquilo", isto é, no dinheiro ou em coisas! Esse foi o grande erro do Felipeh, como aliás da maioria dos que foram eliminados até agora ou de qualquer um que não atinge suas metas, sejam elas quais forem.

A cupidez e a ambição desenfreadas são os maiores entraves para conseguir qualquer coisa na vida! E quando você consegue algo assim, vai descobrir que não tem valor nenhum e que não o satisfez. Você vai querer mais e ser ainda mais ambicioso e nunca se satisfará. É por isso que se diz que o dinheiro não compra a felicidade. Talvez seja bom ser infeliz estando em Paris ou no seu iate ou em seu jatinho particular, mas seria preferível ser feliz, estando neles ou não!

No grupo Ovelha focaram demais o dinheiro. Acharam que tudo se justificaria por ele. Pensaram que o público aplaudiria o jogo pura e simplesmente, só porque visaria chegar ao prêmio. Não é bem por aí. Você tem o direito de lutar por dinheiro, mas não tem o direito de fazer qualquer coisa ou tudo por ele. Não tem o direito de espezinhar, detratar, debochar, ofender e caluniar pessoas por causa de dinheiro. Não tem o direito de subtraí-lo de alguém ou roubá-lo ou barrá-lo de outros. Esse é o grande erro de quem não consegue progredir em um RS. Nele, quem tem a prerrogativa de premiar é a audiência! É incrível como todos eles sabem disso e teimam em praticar atos, falarem asneiras e terem atitudes que contradizem esse conhecimento!

Diego (Felipeh, Lorena, Bruna e outros) é o tipo clássico de pessoa sem inteligência emocional. Sua visão de si mesmo e das demais pessoas é completamente fora da realidade e isso foi demonstrado naquela atividade em que cada um ficava encerrado em uma cabine para dizer como se enxergava e como os demais o viam. Cabe a cada pessoa se enxergar o mais próximo possível da realidade e isso é possibilitado pela inteligência emocional, o que vale dizer que a IE pode ser medida pelo como a pessoa se julga comparado com o como os outros a vêem. É claro que a própria pessoa não é a apropriada para medir isso em relação a si, a menos que tenha uma inteligência emocional altamente desenvolvida.

À produção cabe extrair do concursante seu verdadeiro caráter. Cabe mostrar se os sentimentos são verdadeiros ou falsos, não dizer que são verdadeiros ou falsos, ou mascarar essas emoções para perecerem verdadeiras ou falsas. Se não faz isso, também demonstra não ter inteligência emocional, digamos, porquê está focada demais em algo (audiência) que não é alcançável pelo jogo puro e simples do direcionismo. Sem agradar, a audiência não virá.

Para que um programa tenha audiência é preciso que o público goste do programa e não de jogo, seja de quem for ou do tipo que for. Essa é a verdadeira questão. Não pode e não deve enganar a audiência. Sem inteligência emocional você não percebe isso. Você não pode enganar o público esperando ou achando que ele vai gostar de ser enganado. Você não pode mentir para o público esperando ou achando que ele não vai perceber ou vai gostar de seu jogo. Ninguém consegue ser mais inteligente que o coletivo. Ninguém engana a todos todo o tempo. Todos os que tentaram, deram com os burros n'água e você não é a pessoa mais inteligente do mundo (ninguém é) para lograr tal coisa!

Eventualmente você conhece suas limitações e estabelece metas menores ou mais alcançáveis para si. Isso não significa ter uma inteligência emocional avaliável, pois pode ser que seja resultado de inúmeros insucessos passados que o levaram a não confiar em seu taco. Isto significa que você atingiu um nível conhecido como nível de competência, que já é outro assunto. O outro lado dessa moeda é a megalomania, onde a inteligência emocional é zero, acompanhada pelo narcisismo, despotismo, exibicionismo, etc, isto é, muitos ismos deploráveis.

Resumindo, a inteligência emocional coletiva é na verdade a inteligência emocional mediana de uma sociedade ou de um segmento dela e é por isso que a prerrogativa de julgar os concursantes é da audiência e, quanto maior for esta audiência, mais justo será o julgamento.



"Di 12 de novembro de 2014 20:10
Oi Frank. Assim como vc, me sinto enojada com o jogo baixo dos ovelhas. Na verdade, não suporto aquela vilã de quinta Bruna Tang ( como diz meu marido: Da onde surgiu essa mulher? Nunca ouvi falar....rsrsrs) Ela consegue me irritar num grau, que vc nem imagina. Rsrs É a arrogância em pessoa. Insuportável!"

Meu sentimento é de decepção, Di. E não é por serem grandes vilões, porque não são, mas por serem vilões burros! Todos entraram dizendo que vieram para jogar, como se o requisito para entrar no Reality fosse a disposição para jogar. Vai ver, foi mesmo, né? LOL. Nunca vi estratégias tão burras em RS nenhum e só posso explicar isso como uma preocupação excessiva em escalar gente sem inteligência emocional. 

Tudo leva a crer que essa gente não tem nada a perder e que estão tão desesperados por dinheiro, que são capazes de qualquer coisa para alcançá-lo. Desse jeito, infelizmente vamos ter que premiar o vilão menos burro ou alguém que consiga ser vilão sem que ninguém note!

"junior silva 13 de novembro de 2014 00:59
frank acho que o leo fica nessa roça contra o felipeh mas e quero ver a porcentagem que o felipeh e eliminado."

82,27%. E daí? Felipeh está abaixo da crítica ou Léo "è o cara"?

"JOSEROTAGUI 13 de novembro de 2014 00:54
...costumo dizer que a Bruna Tang, o Felipeh e o Léo ja ouviram falar de uma coisa chamada espelho, mas até hoje eles não sabem o que é, acham que é algo surreal..."

Diria que esse pensamento aplica-se mais a câmeras e microfones. Ou julgam que ninguém verá ou ouvirá! Na verdade, todo esse grupo Ovelha, desde o princípio, sem exceções, é zero em inteligência emocional. Eles nunca fizeram a mínima ideia de como reagiriam os que viram o que fizeram! 

Quem odeia aos que se julgam perfeitos não tem inteligência emocional e revela um grave traço de imperfeição! Ao mesmo tempo em que se reconhece imperfeito não reconhece quem é melhor ou menos imperfeito e, não faz por onde melhorar, a começar pelo fato de odiar pessoas por coisas sem importância como isso. Supõe-se que quem se julga perfeito faz ou tenta fazer por onde! Muito mais grave do que se considerar perfeito é praticar atos feios e ter atitudes reprováveis.

As pessoas que não se importam com o que outros pensam delas são desprovidas de inteligência emocional ou a anulam. Na verdade se importam e se machucam com isso, mas não sabem que estão focadas demais em algo que anula suas inteligências emocionais. O segredo é: descubra o que possibilitará seu foco em termos emocionais e mude o foco emocional para isso. Não confunda foco com desejo ou volição! Foco nesse caso é uma meta emocional e não uma vontade concreta ou material ou um desejo de coisa material.

Ao transpôr para focos materiais sempre há que levar em conta que os meios é que justificam (ou levam) aos fins e, não que os fins justificarão os meios. Terá que levar em conta também que os focos materiais estão ligados aos focos emocionais correspondentes através da inteligência emocional. Então você deverá cuidar para não anular sua inteligência emocional, pois em caso contrário não atingirá sua meta, sela ela qual for.



3 comentários:

  1. bom nessas semanas deve ter duas roças né porque se continuar assim ate dia 7 de dezembro só vai ter saído 3 e ainda vai ter bastante gente na casa, e sobre o leo ele ficou 82,27% quero ele na roça com outro sem sem do ovelha vamos ver haha.

    ResponderExcluir
  2. Frank o que você acha do crescimento do Léo pelo menos nas enquetes de preferencia do Votalhada e do UOL? Será que tem parte do público comprando a história do coitadismo do Ovelha sendo atacado? Seria Fãs dele, que particularmente nem conhecia e nem imagino(ria) que teria fã Clube, migração de preferencia dos demais integrantes do Ovelha eliminados que foram transferidos para o Leo.

    Eu não entendi esse crescimento.

    ResponderExcluir
  3. Disse tudo, em todos os ovelhas, em uns mais outros menos, faltam inteligência emocional, ainda acrescento mais uns três ou quatro de avestruzes e coelhos nesta lista.

    ResponderExcluir

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html