03 novembro 2014

Aninha Albuquerque: Cozinha sob Pressão
Caiu na rede, entrou na faca!



Caiu na rede, entrou na faca!

No episódio deste Sábado, 1º de Novembro, rolou uma prova parecida com a do frango, só que dessa vez foi peixe, e os competidores precisaram pescar a criatura aquática para preparar, desta vez no forno, usando o mesmo ingrediente do parceiro patrocinador do Cozinha sob Pressão. Além do peixe, teriam que preparar um pirão também, usar o peixe de cabo a rabo. A tarefa não foi tudo isso de simples... Até pescar o bichinho lá no tanque, tudo certo. Mas os fófis tiveram que pegar o peixe, passa-lo na faca, limpar... Teve peixe se debatendo na bancada, gosma verde espirrando em bonitinha, cacetada pra ver se davam cabo do nadador, donzela gritando em pânico, gente se assustando. Uma zona! Hahahaha Quer moleza? Senta no pudim, bonitim!

Na cozinha vermelha, as gurias não conseguiam entrar num acordo quanto à temperatura do forno, brigaram com a "caixa quente" até chegar à conclusão, depois de um tempo, que o pobrezinho estivera desligado até ali. Na azul, os moçoilos pareciam bem mais tranquilos.
No final do tempo estipulado, corre-corre, como sempre, pra terminar os pratos. O Chef Carlos Bertolazzi começou a avaliação dos pratos, chamando duplas de concorrentes, e aí começa a saga das desculpas para pratos mal apresentados, mal preparados, sem tempero, etc... O de sempre, né? E preciso comentar que Marcel se revelou O bebê chorão, resmungão, reclamão, nesse episódio. Só reclamou o programa todo, fala sério! Cada hora era por um motivo diferente. Começou não concordando com o julgamento de Bertz quanto ao seu prato, que segundo ele, estava mais bonito do que o de Carol, que ganhou dele. "Deveria ter dado pelo menos empate...", reclamou, todo bicudinho... Nhóóó...
Com o peixe crú de Diego, mais um ponto pras fófis. Derileusa também ficou de cara com Bertolazzi porque o prato do Arthur foi julgado melhor, inclusive o pirão, que a dona doida insistiu em dizer que estava ótimo para o gosto dela, que ela sempre faz assim, e tal, e tal, e chegou a dizer que deveria ter posto mais pimenta pra queimar a boca dele, vai vendo! Aaaai Derileusa! Hahahaha Lá vem ela de novo!

Vencedoras da prova, as fófis foram mandadas para uma pista de cart, enquanto os bonitinhos ficaram limpando as duas cozinhas, além de 10 kg de sardinhas! Aaaaaai ninguém merece! Hahahaha!! Me divirto, gente! E lá estava Marcel, o cry baby, se lamentando, dizendo que não concordava com a decisão do Chef Bertz de dar a vitória pras gurias, mais bicudo ainda... Teve cozinheiro perdendo a esportiva, tipo Arthur, que começou na lida com as sardinhas dizendo que era assim mesmo, que o trabalho construía caráter... depois chegou a abandonar a cozinha, todo P da vida, dizendo que chef de cozinha não limpa pia, que era
falta de respeito, e Marcel junto metendo a boca também! Chegaram a ouvir do Chef Giggio que ele fazia isso até hoje, precisando ele põe a mão na massa, mas não adiantou, a cozinha era só reclamação dos fófis revoltados a limpar, limpar, limpar, enquanto as gurias se divertiam correndo de carrinho! Arthur, chega uma hora, resolve que se encheu, que ia sair da cozinha, e saiu mesmo! Passaaaaaado! Malcel foi junto, e minha nooooossa! Como reclamaram aqueles dois! "Não tô cozinhando... Tô f&%#ndo com minha mão porque estou lavando louça! Não sou pia! O programa não é sobre lavagem de louça!" Marcel falou, falou... Arthur também falou, falou, os dois reclamaram até dizer chega! Até que Arthur se acalmou, resolveu voltar para a cozinha e dar uma força. Acho que pode ter se arrependido, se ligado que uma atitude dessas pode custar caro ao longo da competição...

Preparação para o serviço da noite, cardápios e receitas à mão. Bertz deixa claro para Arthur, sem nem precisar fazer muitas observações, que o piti do dia anterior não passou despercebido. Ha-ha-ha! Então, relembra algumas gafes do serviço anterior e decide quem faz o que, dizendo que ia ser mais exigente.
Começa a função! E começa também a tertúlia de Marcelo com os ovos da entrada, um erro diferente a cada momento, tendo que refaze-los vez após vez, atrapalhando o andamento da cozinha azul. Perdí as contas de quantos ovos o fófi fritou e estragou. Arthur acabou indo socorrer Marcelo deu conta.
As gurias, fora algumas marcadas de touca, pareciam andar melhor. Marcel também já rateava com os ravioli, que não estavam seguindo um padrão.
Derileusa se confundiu com a montagem do prato de carne, teve que voltar e consertar. E reclamou que o Chef Bertz deve gostar de pegar no pé dela, implicar. Aaaai Derileusa! E temos Marcel... Pisando na bola com o risoto. Começa sem sal, fora do ponto, e como se não bastasse, quando tentou consertar o erro, mandou-lhe pimenta de um jeito que Bertolazzi acabou mastigando um baita grão! Eita ferro! O Chef precisou mostrar pro moço como é que se ajustava o moedor de pimenta! E dá-lhe Marcel respondendo torto, num volume que obviamente o chef Bertz não iria ouvir. E como reclamou esse gurí, gente! Lá estava ele relatando como o Chef sempre pegava no pé dele, desde o primeiro programa, que era tudo ele, só com ele... Afff! Então, entra em cena Arthur pra socorrer Marcel e seu projeto de risoto.

A cozinha vermelha navegava tranquila, sem maiores ondas... Ainda durante o serviço já recebiam elogios do Chef pelo desempenho, inclusive terminando antes dos moçoilos, que a essa altura davam um jeito de se complicar com a sobremesa! Marcel teve direito a mais uma chamada de Bertz, que inclusive lhe mandou um "se você tiver tempo mais tarde!" quando o fófi disse que mais tarde poderia explicar como é que ele tinha feito uma etapa da sobremesa, que não estava dando certo... Ui!
Bertolazzi elogiou e deu parabéns a Arthur, apontando o fato de que sem ele a cozinha não teria andado naquela noite, que ele tinha resolvido todas as praças. O engraçado é que logo na sequência, aparece Marcel dando seu depoimento sobre Arthur não ter feito muita coisa de importante naquele serviço, dizendo que o moço não tinha salvo ninguém! Pode isso? Lógico que o próximo passo do cry baby foi dizer pros companheiros de equipe que poderiam indica-lo, que ele ia feliz! Na opinião do Marcel, ele não foi o pior da noite, e se tivesse que ir embora, ele iria de cabeça erguida e em paz! Aaaaai Marcel!

Equipe vermelha foi a vencedora, com direito a elogios ao risoto de Bia, que também teve o melhor desempenho. Arthur foi o salva-vidas da azul. Os dois tiveram a incumbência de escolher individualmente um cozinheiro para sair do programa.
Na equipe azul, Marcelo e Marcel se autoindicaram na reunião para a decisão de Arthur. Marcel desdenhou bastante, dizendo que "Nào acredito mais nisso", referindo-se ao programa, e fazendo pose no depoimento, dizendo que estava mais preparado que os companheiros para deixar o programa, que sabe o que ele é, etc., etc...
A escolha de Bia foi difícil, e acabou sendo Derileusa por motivo puramente pessoal, por dificuldade de comunicação. Derileusa não gostou nadinha da indicação, discordou do Chef sobre o fato dela ser brincalhona e desconcentrada. Bertz decidiu que não ia colocar ninguém da cozinha vermelha na berlinda, mandou Derileusa de volta, e pediu para Arthur dizer quem ele achou que foi o pior na equipe, e não quem quis ser indicado. Sobrou para Marcelo, que foi se juntar ao Marcel na linha de frente! Eeeeitaaa!
Perguntado por que deveria continuar no programa, Marcelo desferiu o vastamente utilizado "porque eu quero mostrar o meu melhor"! Ô canseira! Eles não têm outro texto, não?!
Marcel arregou na hora em que Bertz perguntou se o moço achava que o Chef gostava de pegar no pé dele... ficou óbvio o costrangimento do fófi ao responder que sim, mas que "é normal, né...?". Fica vermelha, cara sem-vergonha!! Hahahahaha
Não vou falar a palavra certa para descrever o moço, mas pensem em "orifício onde o sol não bate!" Hahahahahaha E dos grandes! Deu todas as desculpinhas e argumentos sobre porque é que ele tinha se indicado, disse que ficou amigo dos companheiros de equipe, que quando o Arthur foi colocado naquela situação de escolher alguém, ele decidiu se oferecer, etc... Nó! Esse é o tal do  Ó do borogodó, né? Por trás do Chef, desce o sarrafo, na frente fica mansinho! Meda!! Hahahahahaha

Mesmo com motivo para eliminar os dois competidores, como o pimenteiro e o risoto de Marcel, os ovos de Marcelo (fritar ovo é difícil pra um chef de cozinha?? Oi??!), Bertz decidiu deixar os dois no programa! Ou seja, sem eliminação... Leia-se também: saíram dois na semana anterior, né? Anyway... Dados os alertas necessários, fófis dispensados. Aposto que teve gente alí murmurando seusufas inaudíveis, segurando os fundilhos e agradecendo a Deus por mais uma chance. Hehehehe
E la nave va... Semana que vem tem mais! Aguardemos!
Beijinhos e até já! :)

Aninha



0 comentários:

Postar um comentário

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html