25 setembro 2014

Impressões de Frank Killer: Lógica e Bom Senso

 
Lógica e Bom Senso

O RS A Fazenda tem servido para mostrar negativamente uma questão que tem preocupado o homem já há algum tempo, muito tempo. Um programa que envolve a justiça deveria se preocupar com essa questão, porque se caracteriza pela comparação, e com julgamentos de justiça e méritos, entre pessoas, por parte da audiência.

No desenvolvimento dos animais, a força, a velocidade e a destreza físicas sempre foram qualidades necessárias para a sobrevivência das espécies e o homem, no topo das espécies, não é uma exceção. Enquanto em algumas outras espécies a evolução dotou mais as fêmeas de maior força, destreza e agilidade do que os machos, na maioria das espécies o macho é quem foi dotado disso.

O Homo Sapiens está nesse caso. São raras as espécies em que ambos os sexos ou gêneros se igualam nessas características. Hoje as espécies estão num estágio em que as fêmeas são diferenciadas anatomicamente dos machos e desenvolveram seus potenciais em graus diferentes em diferentes habilidades. E é forçoso reconhecer isso utilizando a lógica e a razão.

Entre os leões, por exemplo, quem caça em geral são as fêmeas de um bando, mas o macho detém a força bruta e quando é necessário ele participa dos abates às presas maiores, como búfalos, hipopótamos e outras presas de grande porte. O homem (macho da espécie) é quem cumpria e cumpre geralmente essa tarefa de caça desde os primórdios da evolução da nossa espécie. Se você não é evolucionista, isso não é motivo para não saber isso ou pensar que o contrário se deu (http://pt.wikipedia.org/wiki/Evolução).

A caça (bem como as guerras e outras lides tipicamente masculinas), como se sabe, é a atividade que desenvolve essas características físicas em matéria de evolucionismo e adaptação ao meio ambiente, o que vale dizer que a sobrevivência das espécies se deveu a isso e também a transformações anatômicas originadas pelas modificações genéticas (mutações genéticas) casuais. É fortemente recomendável que se leia sobre evolução, independentemente de religiões ou posicionamentos filosóficos, para que se tenha uma boa opinião nessa questão. Não é necessário ser evolucionista para compreender tais coisas.

Muito pelo contrário, quem é criacionista também deve levar em conta que a mulher não teria sido criada para ser igual ao homem ou ter as mesmas disposições físicas do homem e não confundir isso com potencial. Não se deve também confundir isso com direitos e deveres, porque os direitos e deveres têm que respeitar as características individuais dos seres e suas diferenças. O potencial físico existe em ambos os sexos, mas é discutível se ele deve ser desenvolvido ou se foi desenvolvido igualmente. Essa é a questão básica e está claro que não deve e não foi.

Desde o início do século passado já não se faz competições esportivas entre homens e mulheres envolvendo esses quesitos ou habilidades potenciais físicos. Se você é contra, está querendo forçar uma barra completamente ilógica. A eventual rivalidade sexual não justificaria isso e não é uma questão de femismo, feminismo e/ou machismo. É uma questão de lógica e bom senso. Machismo seria fazer um programa sem levar tais coisas em conta, da mesma forma que seria femismo realizar provas que favoreçam as mulheres com atividades tipicamente femininas ou cujas habilidades a evolução ou o modo de viver e procriar as dotou melhor ou mais que aos homens.

O assunto é complexo, mas pode ser simplificado com a preocupação em ser justo e sem aproveitar-se disso para ser tendencioso ou fazer manipulações. Nesse caso, isso é altamente reprovável e as autoridades do país, em nome de um grau maior de civilidade e civilização, deveriam se preocupar com isso, fazendo leis apropriadas para coibir ou punir desonestidades desse tipo. A lei Maria da Penha é um passo nesse sentido, mas é só um primeiro passo. Enquanto não se avança nessa questão, devemos ater-nos às leis naturais e não é isso o que a Record está fazendo nesse programa.

O argumento de que um programa de entretenimento não é lugar para se preocupar com tais questões ou lev-a-los em consideração é pueril e desonesto ao mesmo tempo, porque aproveita-se dessa despreocupação para praticar desonestidades, arbitrariedades e injustiças.

Quando você coloca mulheres para confrontar ou competir contra homens nessas modalidades físicas está cometendo injustiça contra a mulher, está sendo injusto, desonesto, arbitrário e estúpido. Está penalizando injustamente a mulher e favorecendo o homem. Num Reality Show estaria sendo parcial, injusto, tendencioso, direcionista ou intervencionista. Ou tudo isso ao mesmo tempo.

Em vista do exposto acima é isso o que vem acontecendo com as provas do programa A Fazenda. A mulher está sendo visivelmente prejudicada, massacrada, injustiçada e desrespeitada como mulher. Está sendo obrigada sadicamente a superar quesitos para os quais não está preparada por sua própria constituição mais que o homem e está evolutivamente menos apta que o homem, não por uma questão de inferioridade, mas por uma questão de evolução diferente entre os gêneros (sexos) da nossa espécie. Em outras palavras, o programa está sendo machista! Isso não é modernismo, femismo ou feminismo. É mesmo falta de lógica e bom senso, para não falar de falta de justiça ou imparcialidade.

Votação

Os 3 grupos estão nitidamente coesos e estrategicamente tentando literalmente dizimar os grupos adversários e não está sendo muito difícil fazer a leitura das estratégias de cada um isoladamente. Somente uns 4 ou 5 concursantes estão se relacionando bem com pessoas de fora do próprio grupo, como DH, Andréia, Brunninha, Helô e Babi. Os demais não estão dando a mínima para os relacionamentos desinteressados de amizades.

As estratégias dos grupos são as mesmas e a última votação foi um bom indicativo disso. Oscar recebeu os 6 votos da Equipe Ovelha (como foi tacitamente acordado e combinado entre eles), incluindo o de Cristina, que ainda não estava no grupo no momento da votação (supõe-se que eles sabiam qual seria a indicação do fazendeiro, o que não seria difícil saber). Tanto é assim que os demais 9 votos possíveis foram todos no Diego.

O único destoante dessa tônica foi a indicação do fazendeiro Marlos, mas ele está aliado ao grupo Ovelha e votou com este grupo para colocar dois elementos do mesmo grupo (Coelho) na berlinda e, está abandonando seu grupo Avestruz. Marlos está nitidamente atuando isoladamente e pretendendo talvez fazer uma participação solo, individualista. Muito raramente alguém que atue isoladamente é capaz de vencer um RS e Marlos ou Robson ou outros mais, como o Roy e Cristina, estarão equivocados, se for essa a estratégia deles.


Essa realidade dos 3 grupos está espelhada na tabela de Top Friends a seguir, para os 3 votados na pré-roça. Os demais concursantes terão seus rankings de amigos publicados à medida que forem compondo as pré-roças.

A lista leva em conta o grau de afinidade que cada um tem em relação aos demais, tendo em vista as minhas observações dos fatos e das interações entre eles. Se vc tem opinião diferente explique sua posição e a levarei em conta com base nos fatos que observei e nos que você observou, mas tenha em mente que vc precisa ver todos os fatos e não apenas um ou apenas alguns.

Helô:
DH, Robson, Babi, Andréia, Débora, Brunninha, Oscar, Pepê/Neném, Roy, Cristina, Léo, Felipeh, Bruna, Lorena, Marlos, Diego.

Diego:
Lorena, Marlos, Léo, Felipeh, Cristina, Bruna, Roy, Débora, Brunninha, Andréia, Pepê/Neném, Oscar, Robson, Babi, DH, Helô.

Roy:
Marlos, Brunninha, DH, Andréia, Pepê/Neném, Robson, Babi, Helô, Oscar, Débora, Léo, Cristina, Felipeh, Bruna, Diego, Lorena.
Os rankings são do mais considerado amigo para o menos considerado amigo, o que significa que os dos finais das listas são inimigos ou desafetos.

Gêmeos


Nos casos de Pepê e Neném não seria plausível supôr que elas têm ou teriam as mesmas afinidades em relação aos demais, mas podemos admitir que os demais têm em relação a elas afinidades que podem ser consideradas iguais para ambas em termos práticos, exceto em casos muito excepcionais. Assim, o que levo mais em conta são as afinidades dos demais em relação a elas. Como elas têm personalidades muito parecidas, embora não iguais, fica mais fácil fazer assim.

Por outro lado, a presença delas facilita para os demais ver e compreender o que vem a ser afinidade e, por essa razão, a maioria não está fingindo uma falsa afinidade tanto em relação a elas quanto em relação aos outros. Os sentimentos de afinidade estão sendo muito explícitos e reais e é por isso que não é aconselhável colocar gêmeos em RSs de confinamento com julgamento pelo público.

Fica fácil demais definir e julgar as afinidades entre os concursantes. O estabelecimento de regras especiais para esses casos também introduz uma distorção indesejável no desenrolar do Reality e produz resultados que não condiz com a realidade dos méritos. RS não é uma competição entre gêmeos, a não ser numa proposta específica assim, e não se pode forçar uma pessoa a ser igual a outra, mesmo no caso de gêmeos.

Nota: Em minhas pontuações por atributos Pepê e Neném são consideradas separadamente. Pepê é a que tem fitas coloridas nos cabelos, para quem sente dificuldades em reconhecer e identificá-las.


"Site Oficial 24/9/2014 às 00h42 (Atualizado em 24/9/2014 às 12h08)
Prova do Fazendeiro: entenda como foi a competição Diego Cristo foi o grande vencedor da disputa e está imune na próxima Roça"

É preciso ser justo em tudo. O apresentador falou os tempos de cada um na Prova do Fazendeiro em que o Diego se tornou o segundo fazendeiro. Se os tempos foram os corretos é outra questão. Pareceu-me sim que o Diego foi mais rápido. Roy era bem mais lento ao caminhar pelas pontes de madeira. Em minha cronometragem ele foi pouca coisa mais lento no total, mas ficou uma pequena dúvida. Deveria haver um cronômetro a ser disparado no começo e parado no fim de cada desempenho pelos próprios participantes. Nas legendas das fotos há uma imprecisão que não bate com o tempo que o apresentador noticiou.

"ronaldo perez 24 de setembro de 2014 20:51
Essa prova do Fazendeiro como esta sendo feita há algum tempo com quem está na Roça é completamente sem nexo e visa exatamente favorecer quem é forte fisicamente. Roça deveria ir os 3 indicados direto. Para quem é forte fisicamente é quase um premio ser indicado, ainda mais quando vai com pessoas mais fracas ou mulheres. A prova tinha que ser com todos os participantes claro excluindo os indicados."

Concordo plenamente, Ronaldo. Ser diferente não significa que tem que ser sem nexo, mas lógica é algo que não devemos esperar de quem não sabe raciocinar corretamente. Seria o caso de dizer que a Fazenda é um concurso de força, velocidade e destreza físicas ou para provar que o homem leva vantagem nesses quesitos. Nem nas Olimpíadas vemos confrontos esportivos entre homens e mulheres nessas modalidades.

Assim como há uma lei contra o racismo, deveria haver outra contra a discriminação contra a mulher em competições envolvendo esses quesitos. Isso não significaria que a mulher é inferior ao homem, mas apenas que é diferente. Por outro lado, existem até mulheres que superam os homens nessas modalidades, mas o que devemos levar em conta é o que é normal e não o excepcional.

"Site Oficial 24/9/2014 às 02h40
Lorena Bueri diz que pode não ter muito caráter, mas é sincera
Em conversa com Roy a morena disse que dá umas bambiadas sim"

Ela não precisa admitir isso, porque é a primeira coisa que salta aos olhos. Falta ainda admitir que não é sincera, como diz ser. O que seriam bambiadas? Seria ser bambo em algumas ocasiões? Nesse caso, bambear em quê? Seria o caso de perguntar a ela o que quis dizer com isso.
Curiosidades

"Site Oficial 24/9/2014 às 10h30 (Atualizado em 24/9/2014 às 10h31)
Lorena Bueri é alvo de Heloisa e Babi: "Não tem conteúdo nenhum"

Já havia pensado justamente isso quando escrevi o post "Embalagem e Conteúdo". Nessa ocasião o foco era o programa de estréia da edição mas, na verdade, o título cabe para algumas figuras da mesma, como a Lorena, Felipeh, Bruna, Oscar e Roy, por exemplo, se bem que nem todos têm a embalagem da Lorena. Tem outras boas embalagens ali, nas quais estou ainda procurando os respectivos conteúdos.





2 comentários:

  1. Ahn, concordo q a Record fez bobagem em não mostrar os resultados do Roy na hora, mas cronometrei certinho, e o Diego terminou a prova em menos tempo. Ele correu mais rápido que o Roy na hora que precisava correr, e os dois foram rápidos na hora de retirar os parafusos. Mas como eu disse antes, essa atitude da Record realmente só serve para levantar desconfianças...

    ResponderExcluir
  2. agora que jogo ta se desenrolando o que voce acha do DH pra mim ele e um dos favoritos ao premio se não o favorito

    ResponderExcluir

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html