30 janeiro 2014

Impressões de Frank Killer - BBB14: Equilíbrio e Sensatez


Equilíbrio e Sensatez

Certas brincadeiras e opiniões de concursantes são altamente perigosas. Se você não sabe ser comedido e não sabe dosar sua ânsia de aparecer com sabedoria, vai extrapolar e enfiar os pés pelas mãos. Foi isso o que aconteceu com o Vagner, a Bella, o Rodrigo, o Alisson e o João, ou seja, quase todos os que já foram eliminados nessa fase "turbo". Somente o Alisson não quis aparecer e foi comedido demais. Dir-se-ia que estava travado e não soube dar uma pitada ou uma demonstração pequena que seja de suas reais potencialidades. Foi zero. Princy foi um caso diferente e que requer uma explicação mais elaborada e complicada. Talvez seja objeto de um post em separado. Achei injusta a sua eliminação.

O RS agora entra em sua fase normal, depois de eliminados os que, teoricamente, seriam os eliminados em uma Casa de Vidro. Os vencedores da "implícita" Casa de Vidro estão entre os 14 que restaram. Não têm as desvantagens ou vantagens psicológicas dos que vinham através deste artifício e você não sabe quem são. Melhor assim. Preferiria que o programa tivesse um mês a mais do que essa fase turbo. Está tudo justinho para o programa terminar em 10 semanas, eliminar um na semi-final e escolher um vencedor entre 3 na Final, na última semana, a décima segunda.

O segredo de tudo, ou como em qualquer coisa na vida, está no equilíbrio. Tudo o que é bom, demais enjoa. Frank Sinatra esteve ai e Roberto Carlos está aí para não me deixarem mentir. Se você exagera na dose é ruim e se peca pela escassez é ruim também.

Por outro lado, você não vai para um RS para "causar". Não funciona! Você pode agradar num primeiro flash, mas vai cansar e esgotar seu ou arsenal ou repertório de artifícios. Quantos entraram num RS sedentos para aparecer e foram "despejados" do confinamento a "toque de caixa"? Quantos entraram como "galinhas mortas" e dançaram também? Não se tratam de plantas. Uma "planta" pode ser uma árvore frondosa se o desempenho dela é sensato, normal, aceitável,útil e interessante. Contrariamente, uma planta vistosa pode ser estéril, sem frutos e flores e nada valer em termos práticos. Pode "causar" e não resultar em nada, mesmo que com equilíbrio!

Uma flor mimosa, cheirosa, delicada e elegante pode nascer numa pedra, em solo árido, no deserto e em qualquer lugar inóspito. Ela depende dessas qualidades para germinar, crescer e sobreviver. Outra flor com as mesmas características, mas artificial, pode estar ou tentar estar num jardim fértil e rico em nutrientes e mesmo assim não irá conseguir cumprir seu destino, justamente por ser (ou parecer) fácil conseguir isso e ser artificial. Assim é um concursante num RS.

Você tem que combinar o equilíbrio com a sensatez. Se não fizer isso, nada vai conseguir, a não ser que seja protegido pela produção e, mesmo assim, vai precisar de muita sorte para não descobrirem que você é uma farsa. A audiência não pode ser enganada ou trapaceada com facilidade, nem pelo mais inteligente diretor. Se ele não sabe fazer a coisa com competência está ferrado, porque os artificialismos não funcionam. Eles só funcionam até certo ponto, porque ninguém consegue enganar a muitos durante todo o tempo (Abe Lincoln)..

Vagner é um dos 4 que tentaram enganar a audiência com seus truques, sua representação e histrionismo, suas peripécias e conversas estudadas, prefabricadas, "causos" divorciados da realidade da média do telespectador, sem equilíbrio e sem sensatez. Do apelo a recursos de brincadeiras ilógicos e repudiados pelo senso comum. Vagner não passou no teste. Seria um possível vilão disfarçado, mascarado, em germinação num jardim florido onde pretendia ser uma flor natural e preciosa. Mas de preciosa e real nada tinha e não conseguiu cumprir seu destino, seja de vilão ou de campeão. Duas semanas de "diversão" do Vagner já estava de bom tamanho!

Nessa edição há uma flor do tipo que nasce em pedras, em solo infértil e uma outra artificial, de plástico. Não direi quem são. Você entusiasta de RS tem a missão de descobri-las por si. Oxalá não seja (uma) esmagada por ninguém enquanto germina e ganha força vital, ou não venha a ser "parasitada" pela outra. Não darei nenhuma pista mas direi na Final se você acertou quem são as duas pessoas.

Junior é um dos que não aplicam o princípio do equilíbrio combinado com a sensatez. Sua estratégia consiste em alfinetar os companheiros para sobressair-se. É uma estratégia de jogo e não de comportamento. De apagar as velinhas dos outros para que a sua tocha seja a mais visível e brilhante! Há outras pessoas ali assim. Sua tarefa é descobrir quem são estas pessoas.



Existem algumas falhas técnicas nas transmissões. Quando as imagens de uma câmera está sendo mostrada online e no PPV simultaneamente, o som fica baixo. O mesmo acontece quando estão sendo interceptados para gravação em vídeos com algum equipamentos obsoletos ou por erro operacional, e quando estão simultaneamente indo para o PPV ou o site. Antigamente o problema resultava em imagens mudas (sem som) no PPV. O problema técnico parece ter sido sanado apenas parcialmente. Com tantas câmeras, parece que não há pessoal suficiente, pois é comum estar rolando coisas nos diversos ambientes (no quarto do Líder, por exemplo) que não são mostrados adequadamente.

A câmera do QL que fica mais online, normalmente não está sendo operada por alguém ou está emperrada e não mostram as cenas com outras câmeras. Ou é isso ou o selecionador de imagens é burro. Você tem que se contentar apenas com o som em alguns momentos. Isso é falta de gente, de equipamento ou de chefia? Se for falta de pessoal em número adequado está na hora de contratar mais gente. Estão ligados, donos do pedaço?

No campo especificamente de estratégia de exposição dos confinados, passaram a mostrar mais quem é menos preferido do público, numa clara demonstração de que pretendem alavancar a audiência com artificialismos. As intervenções do Bial e seus subentendidos também evidenciam isso. Querem promover quem é menos preferido e "queimar" um pouquinho os que despontam como preferidos. Só não percebe isso quem é estúpido e sem noção.

A fase "turbo" que, ao que tudo indica, acabou (Graças a Deus!) foi um substituto dos delírios mirabolantes da direção para alavancar a audiência no início da edição. Eles não gostam de esperar! A Casa de Vidro foi para uma novela e introduziram um personagem da mesma na casa, uma completa idiotice, sem nenhum respeito aos entusiastas da modalidade de RS de confinamento. Não adianta! Esses "experts" não se emendam nunca. Vão acabar deixando para a concorrente todos os entusiastas de RS, se eles souberem como aproveitar. Pelo menos melhor equipamento e cenários eles têm. O grande problema é que eles são tão fariseus quanto... Boninho não precisa melhorar sua imagem com puxa-sacos! Ele é vacinado! LOL.

Pergunta: Eu só queria saber porquê eles colocam 10 câmeras no site e só apresentam conteúdo em uma delas "enguns" momentos (geralmente nas madrugadas), quando existe ação em outros lugares com câmeras estáticas ou sem operadores? Por acaso querem me obrigar a ver só o que eles querem mostrar ou é por falta de pessoal mesmo?

"Em TV nada se cria e tudo se copia", inclusive panacas e incompetentes, ou talvez por causa desses!


"ronaldo perez 28 de janeiro de 2014 19:35
...Diego lembra Muito o jogo e a visão do jogo do Dourado, mas acho que a permanência dela (Fran) (é) importante pra sobrevivência do Diego, Assim como o Dourado tinha a Lia pra conversar era a forma de falar com o publico o que pensava se não ninguém dava brecha."

Não sei se concordo ou não contigo, Ronaldo. Em tese, sim, mas não no conteúdo. Os concursantes não precisam falar com ou para o público. Não vejo semelhanças entre o Diego e o Dourado, a não ser a inicial "D" dos nomes. Esse negócio de comparar concursantes com ex-concursantes tem muito de "papo para boi dormir" às vezes. Fran não é uma porta como diz, e, "jogo" só é aceitável como jogo comportamental, como estratégias de comportamento e não como estratégias de jogo no sentido lato da palavra. Diego precisa mais da sensibilidade e leveza da Fran do que ela das dele. Sua impulsividade e modos mais rudes precisam do equilíbrio e serenidade dela. Só isso! Diga-se também, a bem da verdade, que ela também é meio impulsiva, mas já explicou e me convenceu porquê ela é assim.

O comportamento meio abrutalhado do Diego é a única coisa que lembra o Dourado, mas a maioria dos homens de verdade são assim. Em outras palavras eles são exemplares masculinos corriqueiro, assim como a Fran é uma autêntica fêmea que contrabalança essa comum personalidade meio carregada de machismo dos homens, o que não se espera que seja de outra maneira. Diego é diferente do Dourado até nos dotes culinários e vê-se que sabe cozinhar muito bem e não se aperta na pilotagem de um fogão. Fran também não fica longe e completa ele, formando um casal mais que harmonioso, por incrível que pareça. Num RS a pessoa tem que ser natural e não está ali para jogar. As estatísticas mostram que vencedores de RS não são jogadores em sua maioria. Há jogo e jogo em sentidos aceitáveis e inaceitáveis e é isso o que faz a diferença.

"Paola Marcondes 28 de janeiro de 2014 14:02
...Bones por sinal, anda muito bonzinho com os internautas, ontem pediram pra ele mandar cerveja pra casa a noite e ele mandou, pediram pra ele por música e ele colocou, até apagar a luz pra 'trollar' os participantes ele apagou... O que será que aconteceu?
Até a próxima!"

Até, Paola. Na verdade isso é praxe quando os concursantes inventam espontaneamente alguma coisa que dá audiência, em geral nas madrugadas. Por exemplo, achei super engraçada a brincadeira da "dublagem" levada a efeito pelos siberianos enquanto rolava o cineminha no quarto do Líder. Apenas as duas mulheres que sobraram do grupo roxo estavam presentes - Amanda e Vanessa -, tendo sido esta última destaque na brincadeira.

Se não se unirem urgentemente os siberianos vão ser dizimados pelo grupo contrário e só irá sobrar o casal FranGo, se toda semana o paredão for constituído dos atuais siberianos (equipe laranja). Clara, Angela e Letícia não estão agindo com espírito de equipe e vai ser muito difícil manter esse pessoal unido. Valter e Cássio também são meio individualistas, além do Diego, e não perceberam ainda quem são os verdadeiros "inimigos".

"ana paula 29 de janeiro de 2014 14:18
Ops, agora li o que escrevi e vi o erro: 50% foi a porcentagem que o Vagner saiu, não ficamos sabendo qual foi a da Fran e do Cassio (muito curiosa para saber)..."

Se quiser poderá basear-se na enquete do site do "Extra": Vagner 50, Fran 35 e Cássio 15%. Pode considerar que 70% dos votos em Vagner são de fãs do casal FranGo e outros fãs mais honestos e que os outros 30% são de fãs do Cássio e de concursantes que não estavam no paredão (voto útil). Os fãs do Vagner, quando viram que a disputa era entre ele e a Fran, descarregaram seus votos nela, o que foi um erro estratégico de torcidas. Nesse votos da Fran também existe um grande contingente de fãs desonestos.  A diferença entre Fran e Cássio não significa, assim como  deu a entender o Bial e concordo com ele, que o Cássio teria maior preferência que a Fran. 

A produção sabe, ao contrário do que disse o Boninho, quem é mais preferido e como os votos se distribuem por estados da federação. Ou seja, eles sabem quando o voto é bairrista ou por jogo de torcidas. Isso é vital para eles conduzirem o Reality no rumo que eles desejam. A razão pela qual o público vota é para esse objetivo de audiências.

Seria impossível ou difícil separar votos úteis de votos sinceros em qualquer caso e não é possível ainda ter um vislumbre de quem é o mais preferido no momento com precisão. É claro que torcedores da Fran e não do casal e os torcedores do Diego no mesmo caso, desejam que seus candidatos sejam os ganhadores e isso se expressa em parte nas rejeições de ambos. Se você se basear em enquetes de rejeição deverá ter isso em mente.

Os casais só são tolerados pelas torcidas enquanto são suportes um do outro e o assunto será resolvido de vez somente na Final, caso estejam nela, ou se houver um paredão simples entre os dois antes da Final. Isso não está livre de acontecer e, pelo contrário, pode acontecer a qualquer momento, por que é o que dá mais audiência. A produção (pode-se dizer de audiência, num trocadilho oportuno), não brinca em serviço. LOL. A meu ver isso é um erro porque esvazia a audiência na Final e o remanescente do casal quase sempre vence com facilidade, sem precisar de muitos votos de seus fãs. Para ele ou ela é mais fácil vencer sem a presença de sua parceira ou do parceiro.

Um diretor de RS sempre aproveita qualquer chance de aumentar a audiência e confia demasiado em sua capacidade para inventar eventos que alavanquem a audiência, mas geralmente é  de uma forma insensata e sem equilíbrio. Improvisam e acabam fazendo besteiras que comprometem sua credibilidade e a da modalidade RS, quando já não parte de uma estratégia de direção equivocada. São efeitos negativos a longo prazo, para os quais ele "não está nem aí".

Muitas vezes as torcidas são levadas a erro pelas demais, principalmente quando são fãs de perdedores. Os fãs de quem não está emparedado, quando votam, votam no interesse de seus preferidos. É ai que "a porca torce o rabo", porque isso de nada adianta e só faz tornar conhecidos os reais preferidos. LOL. Esse é o maior erro de quem gosta de burlar enquetes! Eles não sabem quem o mais preferido e facilitam a vitória dele e, "enterram" seus preferidos.

Você provavelmente deseja saber quem é o maior preferido, para talvez ir contra ele ou por outros motivos, caso não seja o seu preferido. Isso são suposições apenas, baseadas em seu estado momentâneo confessado de pouca capacidade consciente. Não se preocupe com isso e focalize somente o seu preferido sem cuidar dos demais. Não seja curiosa a esse respeito, a não ser por curiosidade informativa.

Esse conselho vale para todos os fãs. Se seus preferidos não ganharem, pelo menos estarão com as consciências tranquilas e que fizeram tudo o que seria honesto fazer. Desse modo não seriam perdedores se seus candidatos não ganharem. Seria exigir demais? Talvez, mas me reservo o direito de ser honesto comigo mesmo e com os demais. Se todos agissem assim este país iria para a frente. E os RSs, consequentemente, também. O Amor Platônica se aplica em alguns casos a alguns fãs em relação a seus ídolos ou a concursantes em um RS.

"ana paula 28 de janeiro de 2014 21:56
Acho que Fran e Diego, antes de serem o casal FranGo, são companheiros que se respeitam e se apoiam. Cada um precisa ter sua dose de carinho, de atenção e isso que 1 representa para o outro. Eles podem se abrir, confiar, e não tem nenhuma outra pessoa lá que faria esse papel..."

Concordo com essa parte de seu discurso. O restante comprova parte do que explanei no outro comentário. Outros comentários de outros leitores também denotam e embasam minhas observações e opiniões.

"ana paula 28 de janeiro de 2014 13:53
Como estou feliz por este ano estarmos concordando em tudo Frank. Seu texto foi i m p e c á v e l! Tudo em Roni me incomoda, o olhar sarcástico, sempre analisando tudo e maquinando uma estratégia para tirar proveito."

Não estamos concordando em tudo, Ana Paula. Há divergências e é natural em duas cabeças diferentes. Concordar em tudo é força de expressão e isso não existe com ninguém em todos os assuntos ou mesmo sobre um mesmo tema! Limito-me a respeitar suas opiniões (e de qualquer outra pessoa), que é meu dever e modo de ser, e tem o direito a isso. Pense nisso: quando um texto vem de encontro aos nossos interesses ele é "impecável" e quando não, ele é horrível ou indiferente. LOL.

"Paola Marcondes 27 de janeiro de 2014 21:57
...Quanto aos votos pra Fran, achei covardia, os 3 que foram excluídos da prova era bem provável o voto, mas as outras pra mim ficou parecendo que votaram na maldade mesmo, se é por inveja não sei, ou se para dividir o casal, ou por estarem com raiva do Diego e atacarem a Fran pra atingi-lo... sei la..."

Podem ser os quatro motivos, Paola. Foi covardia em minha opinião também. Quando ela voltou de seu segundo paredão deixou de ser "grossa" e passou a ser a "queridinha" da casa, e passaram a olhá-la com outros olhos. Até o Diego ficou mais carinhoso e paciente com ela. Ele está se refreando para não "pegá-la" sob os edredons. Até quando vai resistir? Agora já anda contando para ela como vive e como são seus parentes. Está sendo "domesticado". Daqui a pouco vai estar arrastando um bonde por ela.! LOL.


Angela sobre Diego: "Eu não consigo ficar no mesmo lugar que ele, não consigo ouvir a voz, nada".

Essa declaração é totalmente contraditória com sua justificativa de voto na Fran para o quinto paredão. Ela disse que a Fran não queria trocar de lugar com ela durante a realização da Prova do Líder vencida pela Letícia. Nessa troca ela ficaria sentada ao lado do Diego no banco da frente do carro. O engraçado é que ela tinha o banco traseiro inteiro para ela e poderia até deitar.

Neste sexto paredão quem cravou o resultado foi a enquete do site do Jornal Extra com exatos 50% para a eliminação do Vagner.

Já que o Bial não respondeu ou não esclareceu, Amor platônico é um amor idealizado de impossível realização na prática e não "Amor Patônico". Em psicanálise também se enquadra num conceito mais amplo conhecido como "Transferência" (de afetos). Leia significados.com.br/amor-platonico/

"Amor Patônico" foi um tropeço verbal da Polly e nada significaria, a não ser talvez um amor entre patos. LOL. Um debate entre Fran e Diego deixou dúvidas sobre o que seriam um coador e uma peneira. A palavro "coador" se aplica em cozinha a qualquer utensílio destinado a escoar líquidos, geralmente agua, em alimentos ou no preparo deles e, em alguns casos recebe nomes especiais, como escorredor, espumadeira ou escumadeira, etc. (lexico.pt/coador/)

Peneira é mais aplicável para selecionar ou separar grãos de qualquer coisa, inclusive em cozinha, em conjuntos de tamanhos maiores e menores. É mais usado em atividades extra-culinárias, como peneirar terra e areia, por exemplo. O fato de possuir ou não cabo nada tem a ver. Peneira e coador nada tem a ver com o formato ou com o material de que são feitos. Eles são identificados por suas aplicações. (dicio.com.br/peneira/)
Bateia, por exemplo, é um utensílio similar, geralmente sem furos, utilizado em mineração e quando não tem fundo vedado ainda é bateia, por causa da aplicação e não como peneira ou coador. Por semelhança em atividades arqueológicas alguns dizem que é peneira, mas é errado. Vamos parar as definições por aqui porque isso vai longe. LOL.


5 comentários:

  1. A flor artificial é a Angela com certeza

    ResponderExcluir
  2. O Dourado sabia sim cozinhar só não fazia questão de fazer, nas poucas vezes que ele vez a comida até o dicésar elegiou kkkkk

    ResponderExcluir
  3. Querido Frank, me sinto meio íntima, já que não passo um dia sem vir ao blog dar uma lida nas novidades e nos teus textos, sempre muito apropriados, pertinentes e muito bem escritos. E é por causa dessa intimidade de quem sempre está por aqui que me permito te dizer que "vem de encontro a" é diferente de "vem ao encontro de", são conjunções antagônicas, portanto, no texto acima: "quando um texto vem de encontro aos nossos interesses ele é "impecável" e quando não, ele é horrível ou indiferente", o correto seria usar "vem ao encontro dos nossos...", que traduz concordância. Um abraço. Espero que não te aborreças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkk. Vixe! será? (??????????????????????) vem de encontro a ou vem de encontro a? Entendo melhor o texto lendo: " ..quando um texto vem DE encontro aos nossos interesses..." kkkkkkkkkkkkkk aff!!!!!!!!!!!!!!!!!!
      Maria Clara

      Excluir
  4. Olá Votalhada, Olá Frank.
    Estou de volta, e, sem intimidade, achei o seu texto perfeito viu?
    Ainda observando a galera do BBB 14, quando a direção permite porque a transmissão vai de mal a pior: falta som, imagem congela,etc...
    Bem não começou e já não aguento mais a Letícia que se acha! jogando charme para não ser votada, fofocando aqui e ali, cochichando...
    A Angela é insuportável, uma verdadeira cobra rs.
    A Francielle é problemática (parece bipolar), grosseira ao extremo. Verdadeira aranha caranguejeira: fica com o Diego e sai queimando o cara, vai acasalar e depois matar?
    A Aline uma porca: Não toma banho, vive cheirando o sovaco, lambe a comida dos outros. Fala com nobreza e se alimenta como se fosse Etíope. Egoísta.
    A Clara envenena sutilmente a galera, não considera ninguém. O relacionamento homossexual com a Vanessa é forçado, apelativo.
    A Vanessa se faz de coitada, protetora dos animais e para ganhar o prêmio está se submetendo ao lesbianismo e protagonizando cenas deprimentes nas festas.
    O Cassio é hetero ou homo? segundo suas declarações o irmão e irmãs, tios etc são homo e por isso defende a classe. É um chato verdadeiro, tem até crise de sincericídio rs.
    O Valter um dissimulado. uma planta!
    O Marcelo estava bem até se apaixonar por Letícia e pagar mico. Gosto dele.
    O Junior um verdadeiro oportunista, lambe o chão de todos para não ser votado, uma cobra pronta para o golpe.
    A Amanda aff! Inteligente, mas é fofoqueira,falsa e chata. Quando acordada rs tenta fazer panelinha a seu favor.
    O Diego um ogro metido a espertalhão. Tem boa visão do jogo.
    O Roni è ou não? rsrsrs. Falso como moeda de R$3,00. Insuportável
    A Tatielli é bem espertinha, se faz de boba, burra e vai levando rsrs.
    Sinceramente não tenho preferência por nenhum. Sei que não gosto mesmo de: Valter, Letícia, Angela, Aline, Amanda, Roni, Francielli, Clara e Vanessa (sem ordem de rejeição rsrsrs).

    ResponderExcluir

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html