17 dezembro 2013

Do Cantinho da Shadow:
Vai Aprendiz O Retorno, Vem Aprendiz Celebridades



Vai Aprendiz O Retorno,
Vem Aprendiz Celebridades


Foi com orgulho que vimos ao vivo Renata Tolentino vencer o último Aprendiz, a mineirinha faturou assim o prêmio de R$ 1 milhão e um contrato de um ano com salário de R$ 20 mil na agência Grey presidida por Walter Longo. Uhauhauhau... Mais que merecido! Se qualquer dúvida pudesse haver, a falta de esportividade e de saber competir de sua adversária, Melina Konstadinidis, deu essa certeza a todos, até a um Walter Longo que, surpreendentemente, optara por ela, por achá-la pronta. Pronta para quê? Walter, acorde!!! Em três tempos ela acabaria com a tua equipe e com você, porque a Melina não sabe ser agradável com ninguém e nem trabalhar em grupo. Agradeça ao Roberto Justus por tê-lo livrado dessa fria ao optar entre uma profissional mais preparada e outra com grande potencial, pelo fu-turo!!!

Aliás, a Melina não sabe sequer ser agradecida, porque a cara desagradável que fez quando o Justus anunciou que ela havia ganhado um carro (não vou dizer a marca, pra não depreciá-lo mais), foi para qualquer patrocinador pegar o carro de volta na hora e sorteá-lo entre os demais participantes. Quem não sabe perder, não deve descer pro play! Simples assim.

Como é que uma pessoa com esse perfil pode pretender um cargo de liderança numa empresa se não tem jogo de cintura ou o mínimo de diplomacia? Sequer cumprimentou a Renata! Tudo bem, ninguém esperaria que ela saísse festejando e soltando confetes, mas o mínimo de educação e de espírito esportivo, sim. Prepotente demais a moça, cansei de falar isso aqui.

Renata Tolentino por outro lado, mais uma vez fez uma liderança leve, agradável e vitoriosa. Soube interpretar o briefing e liderar sua equipe, muito bem formada por sinal. Teve feeling ao escolher o Guilherme e não o Solano, o terceiro colocado. Ela estava na sala de reunião quando o Guilherme deu de goleada na Melina e a venceu na prova do SEBRAE (prova que ele realizou lindamente, por sinal). Apostou certo. Sinal que estava antena e observando tudo e todos. O resultado não poderia ser outro. Um belo trabalho de divulgação de seu evento e da dupla sertaneja Roni&Rodrigo nos meios de comunicação disponíveis, que sacudiram a cidade de Taubaté. Parabéns Renata pela sua performance e de sua equipe, Guilherme e Braga, desejo o melhor pra vocês. Muito sucesso!!!

Roberto Justus brilhou mais uma vez no comando do Aprendiz, em especial, no ao vivo. Mostrou que ele e sua equipe sabem fazer televisão, e que os dois anos de João Dória foram apenas um hiato, para que o dono da atração voltasse com tudo ao lado de seu fiel e sagaz escudeiro Walter Longo. Dupla fantástica os dois.

Foi uma pena a baixa audiência porque o formato de um programa como esse não se esgota tão rápido assim. A que atribuir isso? Sei lá! O povo está saturado de realities? O horário não ajuda? O grupo de “ex aprendizes” era fraco? Sucedia uma novela com baixos índices no ibope?... Somatória disso tudo?

É bem possível que seja um pouco de cada coisa. Eu por exemplo acompanhei muitos episódios no dia seguinte pelo youtube, em razão do horário. A final terminou pra lá da uma da manhã de uma terça-feira, por exemplo. Quanto ao grupo, não sei se o termo correto seria fraco, mas não soube se entregar às tarefas e sair da zona de conforto. Creio que quando se é universitário, se é meio kamikaze, mais atirado, até por não se ter muito a perder, só a aprender. Quando se tem um diploma nas mãos e alguns anos de experiência, talvez a imagem profissional pese mais e o medo de arriscar seja maior. Foi o que faltou a cada um do grupo: arriscar.

No ano que vem, conforme eu havia comentado aqui e já confirmado pelo Justus, irá ao ar o Aprendiz Celebridades. Pelamor!!!!! Agora quem resolveu arriscar é o Justus! Vai enlouquecer! O que eles denominam de celebridades, certamente serão os refugos de A Fazenda, que ficarão num ir e vir entre um reality e outro em busca da fama e de uns trocados a mais na poupança. Afffff.... Se essa mudança é por conta da audiência, melhor seria ter colocado um ponto final ou voltado ao Aprendiz Universitário, abrindo a possibilidade para a descoberta de novos e verdadeiros talentos. Vai por mim Roberto, pelo bem da sua saúde, reveja essa decisão insana!

Nem o Celebrity Apprentice do Donald Trump deu muito certo. Perdeu a graça porque um dos pontos altos da atração é a sala de reunião, as críticas feitas pelos conselheiros e pelo patrão, por vezes com um toque de ironia e sarcasmo, em meio a clichês corporativos que é o que fazem o programa acontecer. Diante de uma pessoa “pública” isso tudo é mais velado e cheio de cuidados para não ferir “ego inflado” dos que se prontificam a participar e pagar mico em rede nacional. E olhe que lá, pelo menos as celebridades participam por uma causa: doar o prêmio a instituições de caridade. Aqui, podemos prever que nossas celebridades serão a sua própria causa, brigando entre si. Vide a baixaria protagonizada por Barbara e Monique Evans, se engalfinhando até agora pelo prêmio de A Fazenda, enquanto o dinheiro escoa pelo ralo.


Ao menos a gente tem a certeza que uma pessoa irá deitar e rolar na sala de reunião: um inspiradíssimo Walter Longo. Roberto Justus, não se separe dele, continue com ele ao seu lado, para fazer a nossa alegria.

Aguardemos o que virá por aí.... Fico com o coração apertado só de pensar no que o reality poderá se transformar... enfim...

Vou ficando por aqui. Votalhada, Helder, Bruna, Frank, comentaristas, leitores... desejo a todos Boas Festas e um belíssimo início de ano!!! Abraço carinhoso em cada um!!!

Shadow
cantinhodashadow.blogspot.com.br
@ Shadowtweetando


Um comentário:

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html