18 novembro 2013

IMPRESSÕES de Frank Killer: Alemão


Alemão

O primeiro ganhador masculino dessa série de enquetes nossas sobre BBBs passados ganhou com sobras a pesquisa e mostrou que havia merecido ganhar o RS. O Diego tem um semblante meio moleque mas de aparência sincera, que conquista instantaneamente a mulherada. Provavelmente deve fazer muito sucesso com elas, apesar de não durar muito os relacionamentos. Sua fama o levou a apresentar entrevistas no canal pago Multishow com os eliminados em cada semana no Big Brother.

Quem não tem TV a cabo não sabe que o FOL da Fazenda inspira-se nele (canal Multishow) para entrevistar os eliminados dos Realities deles, e nos "chats online" da Globo, e de um programa extra durante o BBB7, de madrugada, com os ex-concursantes e suas passagens pela casa, imediatamente após as suas respectivas eliminações. Os programas HD e da Tarde também copiam a Globo nesta questão. Como dizia o "Chacrinha", "na TV nada se cria e tudo se copia". LOL.

O grande problema é que apresentam o FOL no lugar da cobertura ao vivo dos Realities, sem nenhuma opção para esta. Mesmo as cenas não mostradas ao vivo, jamais chegam a ser exibidas em vídeos e algumas são importantes para a compreensão do RS e dos concursantes. Chegam ao desplante de algumas vezes ficarem repetindo o FOL o dia inteiro sem apresentarem nenhuma cena ao vivo e depois ficam mostrando ao vivo os concursantes dormindo de madrugada. Parecem estar provocando propositalmente o internauta. Pelo menos para mim é o que parece.

Sobre o Alemão não há muito o que falar a não ser das suas aventuras e trânsito na mídia, geralmente envolvendo mulheres. No Reality envolveu-se com as maiores beldades de uma maneira um tanto atabalhoada e acabou não fixando nenhum relacionamento sério no confinamento. Parecia querer todas ao mesmo tempo e isso fez a sua glória, principalmente depois que ensaiou uma espécie de "Seu flor e suas duas mulheres" no confinamento! LOL. Não compreendo algumas mulheres que gostam de homem safado ou que pareça isso e elas parecem ser um contingente bem considerável. LOL. Depois dizem que homem é tudo igual, quando elas é que nos fazem assim.

Alemão ficou com a Siri depois do Reality, mas parece ter havido incompatibilidade de gênios ou impedimentos profissionais e de vida. De qualquer maneira o relacionamento não durou muito e não duraria mesmo também por causa do assédio das fãs, que ainda é notório atualmente. Se fosse amigo pessoal dele lhe diria: "Aí, parceiro, tá na hora de sossegar o facho! Mantenha a vida calma que parece estar querendo agora. A idade está chegando!" LOL.




O resumo abaixo, copiado do blog/site bigbrother.blog.br/2012/04/big-brother-brasil-7-bbb-7.html explica sucintamente como se desenrolou a sétima edição:

"O Big Brother Brasil 7 estreou em 9 de Janeiro de 2007, sendo exibida até 3 de Abril do mesmo ano, e terminou com a vitória de Diego Gasques, o "Alemão". O prêmio era um milhão de reais com desconto de impostos.

A sétima temporada não atingiu os altos índices de audiência iniciais das versões anteriores. A situação se reverteu no decorrer da disputa, com a formação do triângulo amoroso entre os participantes Íris, Alemão e Fani. Alemão se interessou por Íris no início do jogo, mas em uma festa, "ficou" com Fani.

Os três, ao invés de inimigos, tornaram-se então amigos, parceiros e aliados no jogo, o que gerou reação contrária em alguns participantes, como Alberto, Felipe e Airton, pois competindo como um trio eles protegiam-se entre si e votavam em conjunto nas eliminações. Acabou terminando com a segunda maior audiência de uma final de Big Brother Brasil, perdendo apenas para a quinta.

A guerra foi declarada quando Diego indicou Felipe para o paredão. Felipe foi eliminado com 93% dos votos, deixando a casa dividida em dois grupos: o "triângulo" formado por Diego, Fani, Íris e Flávia e o "Pentágono" formado por Alberto, Airton, Analy, Fernando e Carollini, embora Flávia haja funcionado como uma espécie de "posto avançado" do triângulo, não tendo chegado a entrar para o mesmo.

O participante Bruno era neutro, ao lado de Bruna, que posteriormente passou a votar em Diego e a namorar Alberto na casa, substituindo Fernando nos Pentágono. O grupo fazia de tudo para acabar com o triângulo, como ocorreu na formação do paredão "Íris × Diego", que foi possível com a indicação de Íris por Alberto, além do veto de Analy ao anjo de Íris a Diego. Semana em que Fani brigou com Íris ao pedir o anjo e "traiu" o "triângulo", causando a ira do público. Íris foi eliminada, seguida de Flávia e Fani.

Após restar apenas um participante do grupo triângulo, os outros participantes passaram a se desentender, pois ninguém queria ir para o paredão com Diego. Carol, então, votou em Alberto quando líder, ganhando certa popularidade e indo para a final ao lado de Diego, o vencedor do programa.

Esta temporada contou com um programa à parte exibido de janeiro a março de 2007 nas madrugadas na Rede Globo chamado BBB Só Para Maiores.

Este programa mostrava e comentava cenas ousadas ou inusitadas que não foram exibidas no compacto do reality show."

Depois da eliminação de Siri (Íris), Flávia e Fani, Alemão foi quem restou do grupo "Triângulo", ficou sozinho contra a turma do "Pentágono" e ficou fortíssimo, sendo impossível eliminá-lo, em minha opinião. Ele capitalizou bem a covardia cometida contra seu grupo e acabou vencendo na Final com folgada margem. Uma semana antes da Final a Analy tinha sido indicada pelo Líder Diego e foi eliminada pela Carol. Dois dias antes da Final, o Diego havia conquistado o direito de disputar a Final e a Bruna foi eliminada também pela Carol, conquistando esta assim o direito de disputar a Final contra o Diego "Alemão".

A sétima edição do BBB foi ao ar entre os dias 9 de janeiro e 3 de abril de 2007 e agraciou o vencedor com um milhão de reais com o desconto dos impostos. O segundo lugar da Carol lhe rendeu R$ 50.000,00.

Twitter - twitter.com/diegogasques

Facebook - www.facebook.com/diego.gasques

Facebook (Fan Page) - facebook.com/pages/Diego-Alem%C3%A3o/155269974496331

Tel. Comercial: +55 (21) 24337520

Troféu

A exemplo de outros realizadores em outros países (suponho que com autorização dos autores do formato), foi apresentado de janeiro a março nas madrugadas da Globo, após o horário dos seriados e durante o BBB7, um programa denominado "BBB Só Para Maiores". Apesar do nome, não exibia conteúdo impróprio para menores ou apelativo, e não tinha restrições etárias.

Mostrava sim cenas mais fortes ou pitorescas ou mais extravagantes e curiosas que não eram aproveitadas no Reality Show normal. Entrevistava o concursante eliminado na semana e dava um troféu com base nas opiniões dos telespectadores. Quando a participação do concursante no BBB agradava ao público ele recebia um troféu chamado "Eu Participei" e quando não, recebia o troféu "Saco da Vergonha".

Alguns quadros de alguns programas da Record como o HD, o Programa da tarde e Os Legendários, quando apresentam cenas dos Realities deles e comentam ou distribuem troféus e distintivos aos ex-concursantes, inspiram-se também nessa idéia da Globo, que é considerada um formato de Reality Show.

Não foram todos os ex-concursantes do BBB que participaram do programa ou que concorreram ao troféu. O último foi o Alberto Cowboy, cerca de duas semanas antes da Final do BBB7. Não participaram os seguintes concursantes, pela ordem de eliminação ou saída do confinamento do BBB7: Airton e Juliana (eliminados juntos na primeira semana - 56%), Analy (69%), Bruna (67%), Carol e Alemão. Estes dois últimos, Carol e Alemão, disputaram a Final vencida por ele com 91% contra nove da morena. Airton foi eliminado na primeira semana, no segundo dia, mas voltou ao programa e já participando da votação na segunda semana. A brasiliense e tradutora Juliana foi então definitivamente eliminada sem que pudéssemos conhecê-la direito, o que foi injusto a meu ver, pois merecia voltar mais que o Airton, como se verificou depois. Foi uma vitória incontestável do Diego e lhe valeu a fama de maior campeão do BBB entre todas as edições até então.

BBB Só Para Maiores
Ficha Técnica

Tipo de Formato: Reality show.
Autor: John de Mol.
País: Brasil.
Emissora de TV: Rede Globo.
Período de Transmissão: 17 de janeiro a 21 de março de 2007.
Nº de apresentações: 10.
Apresentador: Vinícius Valverde.
Diretor: José Bonifácio Brasil de Oliveira (Boninho).
Produtor: Endemol Globo.

Seis ex-concursantes ganharam o troféu "Eu Participei" contra quatro que receberam o "Saco da Vergonha". Na lista abaixo os percentuais apresentados são respectivamente os de eliminação no RS e para ganharem os troféus:

72% 51% Daniel.
66% 69% Alan Pierre.
78% 64% Fernando.
72% 75% Bruno.
57% 76% Siri.
77% 87% Flávia.

Quatro participantes ganharam o "Saco da Vergonha" e Beto Cowboy, Fani e Felipe tiveram índices altos de rejeição, mas em minha opinião o percentual de eliminação da Fani só não foi injusto porque foi contra o Diego. Mais madura e experiente, ela se apresentou bem no BBB13 e deve ter anulado parcialmente a má impressão que causou no BBB7 e ela própria admitiu que não foi bem na ocasião. Gostaria muito de saber qual foi sua reação quando (e se) reencontrou o argentino depois da edição, que conheceu durante o BBB13, e quando soube em detalhes qual era a "missão" dele. A pergunta no "BBB Só para Maiores" era se mereciam troféus positivos e, os percentuais apresentados abaixo foram os das respectivas eliminações da casa e respostas negativas para o troféu. Foram eles os seguintes:

74% 56% Liane.
93% 90% Felipe.
89% 78% Fani.    
85% 85% Alberto (Beto Cowboy).

Aírton e Daniel


Aírton "achou" que batendo de frente contra o Alemão iria se dar bem ou fazê-lo perder a cabeça, mas acabou afundando mais no conceito da audiência e ficou famoso por seu discurso a respeito de "sunga branca" e foi eliminado com o alto percentual de 91% (contra o Alemão) e foi indicado pela Líder Carol (Carolini). Ela sabia que o indicado pela casa seria o Diego.

Twitter - twitter.com/airton_cabral

Facebook - facebook.com/airtonsamurai

Daniel era técnico do Palmeiras e ganhou uma medalha de bronze no Pan de 1999 pela seleção brasileira. Foi o terceiro eliminado na primeira semana do Reality. Os dois primeiros eliminados foram o Aírton e a Juliana e o Aírton logrou retornar pela vontade do público e permaneceu no confinamento até a penúltima semana quando foi indicado pela Líder Carol e eliminado pelo Diego. Ele não tinha como se safar de enfrentar o Alemão, porque o Diego só poderia votar na Bruna ou Analy e seria voto vencido. Diego, então como Líder, indicou em seguida a Analy, que foi eliminada dois dias depois pela Carol.

Facebook - facebook.com/daniel.bellangero

Twitter - twitter.com/eubellan

Notas:

1 - Peço desculpas aos leitores pelo tamanho do texto, mas esta edição tinha muita coisa a dizer, como por exemplo as impagáveis tentativas do Diego em "enrolar" o "hermano" que participou como visitante o RS e as peripécias da Siri no Gran Hermano argentino. LOL. Falarei talvez sobre estas coisas em outras oportunidades. Teve também muitas curiosidades a respeito dos concursantes e cortei várias que considero interessantes. Se quiserem podem falar a respeito em comentários ao post. Darei cobertura e destaque se houver algum! LOL.

2 - Em meu twitter há uma lista dos twitter de ex-BBBs até a edição 7 (os que consegui descobrir), caso estejam interessados. Para as edições seguintes ainda estou pesquisando e já encontrei alguns, incluindo também os da Fazenda. É um pouco complicado porque existem muitos "accounts faked" ou clones. Não sei porquê tem gente que gosta de se passar por famosos e registrar-se ou inscrever-se no site com os nomes deles. Deve ser por causa de uma falta total de personalidade e "self" aniquilação do Ego desse pessoal. Só encontro esta explicação! LOL.



"Pedro Fernando 16 de novembro de 2013 12:44
Super concordo com tudo, você fez uma bela análise sobre isso, o que eu quis dizer sobre a trajetória e a verdade é que realmente eu torço por pessoas totalmente diferentes em perfis a cada ano, já torci pro vilão, já torci pela mocinha, já torci pela pessoa considerada ''planta'', e etc...
Mas eu fico feliz de torcer assim, porque muitos pegam na primeira semana tipo: ''achei esse o mais lindo, vou torcer por ele'', ou sempre torcer pra um casal, daí a pessoa pode fazer o que for que não mudam de opinião."

LOL, Pedro. RS é entretenimento, apesar de especial. Mas se fosse torcedor não me divertiria torcendo por quem acho ser vilão ou "planta". "Mocinha", tudo bem! Sei o que quer dizer sobre a primeira impressão ou a opinião apressada. Infelizmente as pessoas querem sempre ter razão e desenvolvem argumentos para convencerem até a si próprias. Ou seja, mentem para si mesmas. Cada um diverte-se como prefere, mas me divirto mais escolhendo com calma quem mais merece ganhar o RS ou explicando porque merece a meu ver. Afinal esse é o meu "métier"! Por isso não gosto de eliminações na primeira semana.

Odiei ter que escolher alguém em dois dias e fiquei mais bravo ainda com a injustiça cometida contra a Juliana no BBB7. Não havia tido nem tempo para memorizar os nomes de todos os participantes e a escolha da maioria foi por bairrismo, talvez. Seu posicionamento de torcedor está correto e não tenho nenhum reparo a fazer. No BBB8 também ocorreu bairrismo e ninguém me convence que aquela queda do site oficial foi acidental. Aquilo foi "lorota" na minha opinião.

Sobre torcer para casais é um vício do brasileiro adquirido das telenovelas. Aliás ele (brasileiro) pensa e é realmente verdade que um RS de confinamento é uma novela da vida real. Os realizadores é que tentam separar isso, isto é, RS e novelas, porque eles querem incutir uma opção de entretenimento diferente, um jogo por exemplo, mas não há jeito.

Um certo canal, que todos sabem qual é, até tenta apresentar um RS de confinamento como se ele não fosse novela da vida real, ou apresenta os capítulos editados como uma novela fictícia, ao mesmo tempo em que negam as cenas reais ao vivo ao telespectador e internauta.

Infelizmente tentam moldar a opinião pública ao invés de segui-la, ou "catequizá-la" segundo seus talantes. Paradoxalmente incluem vilões e tipos bizarros no "casting" propositalmente, como nas telenovelas, e não seguem a devida propocionalidade existente na sociedade. Ou então é a proporcionalidade que eles pensam existir. LOL. De vez em quando dou umas alfinetadas para ver se aprendem. LOL.


1 - Carol esteve a ponto de iniciar um romance com o Bruno no confinamento, e rezam os boatos que eles chegaram a namorar depois que saíram da casa.

2 - Bruna se tornou pastora evangélica depois do RS.

3 - A paranaense Analy é uma DJ competente. Teve um romance dentro da casa com o Alan Pierre, casaram-se depois e tiveram o primeiro filho de um casal formado no Big Brother.

4 - Beto Cowboy viveu um romance com a Bruna dentro da casa, e namoraram mais de um ano depois do RS.

5 - Flávia era a minha musa, juntamente com a Siri (e a Carol no final), e casou-se com o Fernando depois do BBB.

6 - Em minha opinião esta foi a edição que teve as mais guapas e bonitas mulheres no conjunto. Os selecionadores do "casting" capricharam e não havia nenhuma mulher feia. Todas eram de primeira linha. Somente entre os homens havia alguns abaixo da crítica, por dentro e por fora. Em minha opinião, claro!

7 - Felipe foi eliminado com a alta rejeição de 93%, foi muito criticado por ter feito "Pacto de Sangue" com o Beto Cowboy no confinamento e por causa de posicionamentos homofóbicos.



Um comentário:

  1. Muito bom ler todas essas curiosidades, lembro que todo ano entre janeiro e abril minha mãe comenta que ainda não teve um BBB melhor que a edição 7, foi marcante.
    Podiam pegar o elenco todo da edição 7 e colocar em um novo BBB, queria ver como iam agir na segunda tentativa. haha

    ResponderExcluir

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html