10 agosto 2013

IMPRESSÕES de Frank Killer: Privacidade


Privacidade

Hoje (10, sábado) tem votação e o Paulo está pensando em ir para a roça, para ver se ganha a Prova do Fazendeiro. Só que ele está tentando escolher os adversários. Ele pode cair do cavalo e seguir na mesma trilha do Ivo. Não parece ter vocação para ser o suporte da subida da Denise ou da Bárbara nas preferências do público, a exemplo do que aconteceu com seu colega, ou com alguns concursantes em edições anteriores, para a subida da Viviane, Angelis e outros. De qualquer modo ainda tem o Yudi que desempenharia melhor essa função. A produção pode querer mantê-lo, mais que o Paulo.

Vocábulos e frases da minha lavra que não estão entre aspas não são citações de ninguém e quando aplicáveis ou endereçadas a alguém específico não mando recado ou passo indiretas. Falo francamente, mas educadamente, assinalando ou nominando a quem de direito, caso não sejam genéricos ou de caráter indeterminado. Ler com atenção é mais importante do que escrever cuidadosamente, mas escrever ainda é importante e devemos dispensar atenção a isso. Esta é a razão deste post.

Devemos evitar arrolar terceiros como potencializador de argumentação o máximo possível e só usar em casos de exemplos requeridos para clarear pontos de vista (sem referenciar detalhes pessoais ou privados de juízos de valor), cuidando para que não vire uma bola de neve ou uma corrente de disse-me-disse. O espaço aqui já é mais do que suficiente para cobrir o RS atual e não vale a pena rediscutir RSs já terminados. Seriam assuntos bons talvez para os períodos de entressafra, quando não há nenhum RS ativo.

Normalmente ou instintivamente me posiciono contra quem, para defender seus preferidos, superdimensiona seus atributos ou menoscaba, ataca e achincalha outros concursantes gratuitamente ou com base em informações maldosas ou inidôneas. Acho que não há necessidade disso. Você não precisa apagar a velinha de outros para que a sua tocha (ou a de seus preferidos) brilhe mais intensamente. As bases opinativas sempre têm que ser as observadas diretamente nos ambientes de confinamento, sem as chamadas interferências ou influências externas, sejam os concursantes celebridades ou não, pois o que estamos julgando é a personalidade e o caráter de cada um através do que estão mostrando, não o que fizeram ou deixaram de fazer em outras épocas e lugares ou relatados e referidos por terceiros.

Concordemos que em um RS devemos nos ater aos "autos do processo", isto é, nos restringirmos ao que os concursantes fazem ou dizem enquanto estão confinados, desde que os realizadores permitam e não filtrem. Para o que fizeram no passado, inclusive em RSs, ou fazem fora do ambiente de confinamento, eles e seus parentes e amigos, estão resguardados no campo da privacidade e é preciso cautela para tratar disso. Não concordo com explorações desse tipo em público, ou pela internet ou pela TV. Apesar de que e se bem que, agora, nem os emails têm a privacidade garantida, de acordo com as notícias recentes de espionagem via internet que estão sendo divulgadas.

O cidadão comum agora (você) tem que se preocupar em preservar sua privacidade para não ser manobrado por quem oficialmente devassa sua intimidade e seus dados pessoais sem ou com o seu consentimento sob a desculpa de estar cuidando do seu bem estar, proteção e segurança, aproveitando para coletar informações para lhe impingir produtos e induções descabidas, modificar sua fé ou opinião política, preferências em geral, vender indulgências, perdão, salvação da alma ou proteção ou segurança, etc, e conquistar sua audiência à força ou subjugar e controlar você pelo cansaço, através da repetitividade ou propaganda massiva e abusiva.

O Grande Irmão (Big Brother) está se tornando realidade (Reality) e, na TV, com os Reality Shows, estamos exercitando esse poder novo a nível popular, enquanto os governos já estão passos adiante já faz algum tempo. Os sinais na fronte, no corpo e nas mãos referidos pelas Escrituras são as características físicas, biogenéticas, genoma e impressões digitais, únicos em cada exemplar humano. Estamos caminhando céleres para perder a nossa individualidade em prol dos estados (governos) e suas gigantescas máquinas burocráticas.

Prognóstico

Penso que a Bárbara tem mais chances de vencer o RS, porque ela vem mantendo a dianteira na aceitação popular, apesar da forte rejeição movida pelas torcidas da Denise e da Scheila. O fiel da balança é o Mateus. Se ele for eliminado pela Bárbara ou pela Scheila, a Bárbara deslancha na preferência, mas o risco de uma roça dessas é muito grande e não acredito que a produção vai querer isso, ou uma roça entre a Bárbara e a Scheila. Se uma eliminar a outra o programa perderá uma enorme audiência. Essa roça só deveria acontecer, se for o caso, nas 3 semanas finais ou na penúltima.




Errata
"LI essa expressão "Seiva Lodosa" pela primeira vez em uma poesia intitulada "Passado, Presente, Futuro" de Guto Lobato..."

Errei o título da poesia do Guto Lobato e peço desculpas. O título correto é "Presente, Passado, Futuro". Fui traído pelo fato de ser um louco novato e coloquei os tempos na ordem correta! LOL!

"Marli 7 de agosto de 2013 15:43"
...Se meu comentário continha "respingos e a seiva lodosa de fora", o que seria então? "conheço ele de perto e adora prejudicar as pessoas que ele não vai c/ a cara. É quizumbeiro mesmo." E o que pensar de quem baseia seus argumentos de defesa em fatos externos?..."

Marli, Não falei que os "respingos e a seiva lodosa" são direta ou indiretamente seus ou por causa de seus pensamentos, mas continuo reafirmando que devem ser deixados de fora do confinamento, sejam os confinados celebridades ou não. Perdão se lhe pareceu tal. Argumentar em contrário não é puxar a arelha de ninguém. Você perguntou e tenho me esforçado para responder.

A primeira pergunta já foi respondida em um post só para isso e por você mesma, tendo em vista como argumenta. A primeira citação que faz não é minha, mas de uma leitora nossa, mas você fala como se fosse minha. Não baseio minhas conclusões em fatos externos. Eu as desenvolvo por observação direta dos concursantes, e outros fãs de RSs também, e concordar ou não com elas é uma consequência dessas observações. Vc se equivoca quando pensa que baseio minhas "defesas" assim, se é que fala de minhas defesas (sic).

Nenhuma de suas citações são de minha lavra e delas não penso nada, pois não sei de onde as tirou, exceto a primeira. Ignoro quem as falou ou porquê e onde. Se você quiser discussões sobre elas aduza mais detalhes e nomine quem as emitiu e não faça parecer que são citações de minha autoria. Sobre a citação que reconheci ser de uma leitora, já comentei o que penso no lugar adequado.

Ignoro de quem seja a citação "...traficante sim..." e em que contexto falou isso. Da mesma forma "...ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória...". Parece ser algo relacionado com alguém acusado de tráfico, mas ignoro quem seja ou traficante de quê. Se você quiser ter a gentileza de ser mais específica seria bom, mas se for algo não relacionado a RSs, sugiro escrever-me um email.

"...lista de rejeições..."
Todo mundo tem uma lista de rejeições, assim como uma de top friends e não vejo nada grave falar da sua. As rejeições do Votalhada não são "do Votalhada". O maior número de votos na enquete de rejeições não é pelos motivos que sugeriu ou insinuou, mas poderia ser em outras circunstâncias, e são votos de nossos visitantes, não nossos do Votalhada. 

"Agradeço o espaço sempre democrático e principalmente o respeito as opiniões divergentes. Sucesso ao Blog!"

Obrigado, mas aduzo que as nossas opiniões (do Votalhada), bem como as de todos, devem também ser respeitadas quando divergentes ou não. Para ser respeitado necessário se faz respeitar. "Não devemos (nós do Votalhada e nossos visitantes) deixar os respingos e a seiva lodosa de fora "sujar" nossos pupilos e as nossas empatias". Isso não quer dizer que outros, inclusive nós do Votalhada, devam ou possam ou podem ser depreciados ou caluniados ou difamados (esse é o sentido de "sujar" na frase, ou "queimar o filme" de alguém, não importa quem, com a tal "seiva lodosa" existente na mídia, e na internet em especial, em fofocas nas redes sociais, sites, blogs e microblogs). 

"Lia barrqueira 8 de agosto de 2013 13:17
"Ninguém deve ganhar um RS por ser jogador". É uma pena que no Brasil as coisas sejam assim. Por isso prefiro muito mais o Big Brother USA. Jogadores de verdade que estão lá para vencer e não para aparecer."

Também gosto de jogos e por isso jogo alguns em meu computador e através da internet, ou em videogames. Infelizmente não posso jogar em cassinos porque não tenho dinheiro para desperdiçar nesse tipo de lazer. Quando quero ver gente que gosta de aparecer vejo programas, sites ou leio revistas de fofocas. Quando quero ver como são as pessoas, vejo alguns tipos de Realities, inclusive estrangeiros, mas adoro competições ESPORTIVAS também. Cada um tem seus gostos. O que seria do amarelo se todos gostassem do vermelho?

"Livia Fernandes 9 de agosto de 2013 14:22
Boa tarde!"

Ah bão! Fique nas proximidades. Exigimos isso!


0 comentários:

Postar um comentário

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html