25 julho 2013

Do Cantinho da Shadow:
Por trás das porteiras da Fazenda



POR TRÁS DAS PORTEIRAS DA FAZENDA

É difícil entender os peões de A Fazenda. Geralmente, a esta altura do jogo, simpatias e antipatias já se formaram e o público começa a identificar momentos de definição daqueles que podem chegar à final. Porém este ano, ao vê-los em ação por mais que a gente tente, não consegue. Talvez por isso seja difícil apaixonar-se por alguém. Curioso esse grupo. Nada é o que parece. Ninguém é o que aparenta ser. Essa é a impressão, tudo parece estar nas entrelinhas.

Terça-feira aconteceu mais uma eliminação, a da Rita. Não convenceu no papel de mãe de todos e coitadinha, tivesse sido mais ela, teria dado de lavada em quem ficou: o Gominho. Este a única coisa que possui é um grupo de celebridades dispostas a salvá-lo das roças, confesso que não consigo entender esse apoio, talvez seja por receio de cair, futuramente, na língua ferina da pessoa.

Mas analisando melhor, sua volta talvez não tenha sido assim tão aleatória e sem sentido. Ele não deixa de ser a síntese de como as coisas funcionam lá dentro. Basta vê-lo em dia de votação.

Sim. Em dia de votação é que todos ali têm mostrado a que vieram ou a que não vieram.

Devo admitir que a última votação me surpreendeu sobremaneira. Depois de uma semana de baldes desaparecidos, brigas, troca na quantidade e ração dos animais, armações, grupo azul de novo no celeiro, ofensas, bate-boca sobre se um bumbum é vice ou não, ameaças de processo, punições dadas pela produção por descuido de alguns... e de véspera... um ferra peão tenso, que quase terminou em morte para alguns... O que seria de se esperar????

Ora, confesso que o esperado seria algo inédito dentre tudo que já viu em matéria de votação num reality, aqui e no mundo. Como o próprio Brito incansavelmente cansou de repetir: “A chaleira vai ferver”; “O bicho vai pegar”, é dia de votação!

E o que se viu?? Um show de patinação no gelo, escorrega daqui e dali.

Gominho, esse que agora voltou para o habitat, e que em meio a caras e bocas parece surpreso a cada votação por ter que indicar alguém, com um sorriso e uma piscadela indicou o Yudi, que - pasmem! - lhe retribuiu com outro sorriso. Fofo não? Dá pra entender tamanha cumplicidade?!?  Yudi, por sua vez, para não ficar atrás, resolveu votar na Denise dizendo que ela havia melhorando e muito. Ahaha... o prêmio para o fato da pessoa relacionar-se melhor com o grupo é ser mandada pra roça... ahahaha... 

Paulo Nunes, o fazendeiro, o articulador, o estrategista, aquele que num tabuleiro imaginário fica imaginando quais serão os próximos lances... contrariando todas as apostas e probabilidades, que colocavam Bárbara sentada no banquinho, indicou o Gominho. Ok, deve ter vislumbrado alguma estratégia por trás disso, que está além da minha capacidade de compreensão, só que não deu certo, o seu indicado voltou.

Oliver votou no Ivo. Até aí tudo bem, foi coerente. Afinal, depois do ferra peão onde este levou oito ferradas, era o que todos do sofá esperavam: Ivo indicado por quase unanimidade dos votos. Mas a justificativa do imunizado finalista foi de lascar. Disse que após ter rezado trocentas vezes para a pessoa ou junto com ela, nem sei mais, no tal do ferra peão, o herege teria lhe rogado uma praga dizendo que Deus o castigaria. Nem vou me estender no assunto, porque não entendo de metafísica.

Bárbara, por sua vez, aquela que peitou e prometeu se vingar do Ivo, na hora H, por “não seguir seu coração” votou em quem? Na Rita, mordendo a mão que a alimentou.

Aliás, os fortões e parceiros da moça também não deixaram por menos, seguiram a mesma linha esquiva: Beto votou na Yani, para que Gominho tivesse a chance de voltar fazendeiro, deixando claro não acreditar que a moçoila tenha condições de vencer uma prova de inteligência ou resistência nem mesmo com o Gominho. Ó dó!! Bom até que ele teve um pouco de razão em sua avaliação. Quando foi a vez de Yani votar, devolveu o voto no Beto, dizendo que era apenas para jogar seu voto fora. Oiiiii??? Aí o Mateus fez uma curva para esquerda, tirou o Ivo de foco e mirou na Denise, não porque esta o irrite ou canse com a sua prolixidade ou por ter batido de frente com sua amada, mas porque eles não conversam.  Ah tá!!!

Andressa, a valentona do pedaço, lamentou quase aos prantos ter que votar na Rita, indicando-a apenas tão somente porque se sentia sofrendo bullying por conta de suas roupas justinhas e decotadas, e que ela quer ser gente como a gente e não apenas um bumbum andante. Sem palavras. 

Sheila saiu da zona de conforto e partiu para o ataque. Como já havia dito no ferra peão não engoliu aquela história de D. Bárbara lamentar o grupo azul estar no celeiro e por outro lado ter tentado armar para que o destino do grupo fosse exatamente esse. Segundo sua justificativa era “um carinho de mãe” para a Bárbara. Bom, confesso, carinhos como esse eu dispenso.

Rita permaneceu calada, pois assim determinou Mateus que tinha o poder de indicar um peão para que não participasse da votação. Tem semanas que a gente está sem sorte. Esta foi a da Rita.

Denise foi Denise. Garanto que quando esta pessoa começou a arrastar a fala e a justificar seu voto, Brito Jr. deve ter lamentado que o Mateus ao invés de vetar a Rita não a tivesse vetado!, eu ao menos pensei isso. Foi um tal de tico e teco dando cabeçada sem falar coisa com coisa, numa indicação sem pé nem cabeça... para a final mandar a Rita ou  a Rita se mandar levantando angustiada e dizendo “é pra mim”. 

Mas, como castigo às vezes pode virar tortura, veio o “resta um” para formar a roça. E eis que o voto de minerva sobrou para Denise. Consigo até imaginar o Carelli arrancando os cabelos e gritando no ponto do Brito Jr. corta, não deixa ela falar mais, cortaaaa!! Não teve jeito. Foram minutos intermináveis de sofrimento, indecisão, pitacos... até que Sheila aflita, com receio de ficar a noite inteira lá, deu a dica: manda eu.

Esse é o grupo que lá está. Para justificar o enredo agora eles inovaram dizendo que os mais fracos devem ser indicados primeiro e os mais fortes depois. Agora eu pergunto: Como é que eles podem saber quem é forte ou fraco? Ok. Eles acompanharam a reação do público quando o nome de alguns vazou na imprensa. Mas, será que eles não percebem que tudo pode mudar a partir da dinâmica e história que cada um vai construindo lá dentro?

E é a coerência dessa dinâmica e história com as atividades e votações que a gente sente falta. Quando as brigas, discussões, pitacos, choros, lamúrias não se refletem nas votações a impressão que dá é que tudo não passa de teatrinho para aparecer na edição.

Como já disse anteriormente, tem algo ali que não convence. E não convence nem quem está no comando, ainda estou tentando entender a fala do Brito Jr. ao encerrar a votação dizendo que a prova do fazendeiro seria com três mulheres. Juro que nessa hora, eu que estava meio adormecida até pulei. O que foi que eu perdi? Mas ato contínuo confirmei que a prova seria com Sheila, Rita e... Gominho. Ora, ou o apresentador foi muito sacana e quis acordar que havia dormido com o zzzzzzzz da Denise ou ele errou feio como apresentador ou tem alguma coisa na água de Itu que anda causando alterações no comportamento das pessoas.

Aguardemos.

Shadow
@Shadowtweetando




0 comentários:

Postar um comentário

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html