28 dezembro 2012

IMPRESSÕES de Frank Killer: Trabalhadores


Trabalhadores

"Anônimo 26 de dezembro de 2012 19:26
HARD-KILL26 de dezembro de 2012 14:37
"...BBB nunca fez campeão uma pessoa como a Angelis, sempre preferiu o Trabalhador ao vagabundo,..."
Como não? E o Max (BBB9)fez o que a não ser ficar dormindo, comendo e bebendo, sempre dando ordens à sua "amada" Francine, tratada por ele como sua escrava?
Viu como ninguém está isento de julgamentos? Quando quiser debater algum assunto, procure argumentos que não o traiam e o façam se tornar igual ou pior aquele a quem queira desestruturar.
Lívia"

A propósito de ganhadores do BBB, Você está com a razão, Lívia. O parâmetro para vencer o BBB nunca foi o de ser trabalhador. Geralmente quem escolhe o trabalho em um RS para aparecer é porque não tem outros atributos suficientes para vencer. Uma parte do público que não sabe avaliar pessoas ou não tem tempo para ficar examinando os concursantes, escolhe esse critério porque é o mais fácil de perceber. Diego "Alemão" é o maior exemplo de ganhador por méritos totalmente diversos do de ser trabalhador e, é reconhecido como um dos maiores ganhadores do BBB.

Existem muitos ex concursantes que deram o sangue no trabalho e, com isso, esqueceram-se de mostrar quem eram de verdade ou nada tinham para mostrar. Carlão do BBB8 foi um caso clássico.


Em minha opinião as duas melhores concursantes em RSs no Brasil foram a ganhadora Maria (BBB11) e Gyselle (BBB8). Maria "mariou" o tempo todo e não estava nem aí para jogo. Gyselle era tão escrupulosa em relação a jogo que, quando tinha alguma reação ou atitude que poderia ser interpretado como jogo, escondia-se no banheiro ou debaixo dos edredons, para ninguém vê-la. Perdeu para o Rafinha por escassa margem e teve que lutar contra todo o esquema Globo, onde até emissários foram enviados para dentro da casa para tentarem desestabilizá-la. Ninguém jamais aceitou que ela fosse uma menina tão quieta e comportada e, ao mesmo tempo, uma dançarina tão exuberante. Interpretaram isso equivocadamente como dupla personalidade, por pura inveja. O Marcelo Arantes (BBB8) que o diga, se psicólogo é.

Alguns aliam a beleza física com a disposição para o trabalho e deixam de mostrar quem são de verdade ou deixam de prestar atenção no jogo, preferindo exibir o corpo enquanto trabalham. Isso é apenas uma estratégia para durar no jogo e, não para vencer. Caso exemplar sobre isso é o da Nicole e muitas outras, como a Kellinha do BBB12.


Outros utilizam a estratégia de ser "amiguinhos" de todos, que pode levar à Final, mas dificilmente para vencer. Casos do Kadu Parga, Léo Áquila e muitos outros.  Alguns não conseguem convencer "logo de cara" e vazam cedo. Portanto é uma estratégia perigosa. Em suma, estratégias pré-estabelecidas quase nunca funcionam. O melhor é atuar com respeito, humanidade, sinceridade e firmeza de caráter. Não ser falso com ninguém e ficar tranquilo em face da falsidade contra si, porque o olho que tudo vê, o do povo, o protegerá. Infelizmente a Record deseja ser esse olho e esse é o maior erro deles. Eles se julgam os mais capacitados a conhecer os concursantes e isso é regra geral entre os produtores de RSs. Se fosse assim eles teriam simpatia pelos concursantes e não fariam malvadezas com eles.

Quando me refiro a jogo quero salientar que falo das votações e da necessidade de se defender. Nada mais. Quem faz intrigas, fofocas, usa estratégias ou embarca nas armadilhas da produção com o intuito de jogar, joga sujo. Todas as equipes de produção em RSs instigam o jogo. Isso é um meio cômodo de fazer o concursante mostrar quem ele é. Na verdade evidencia a incompetência para utilizar outros meios mais civilizados e mais apreciados pela audiência. O BBB avançou muito nessa direção, mais ainda está muito aquém do ideal. Pode-se dizer que a Record está ainda engatinhando nessa matéria. Exemplo claro disso é o Rodrigo Faro dizer à moda Bial: "Prestem atenção no jogo"!

Para ficar bem claro. é preciso distinguir o jogo do jogador. Você deve julgar o jogador e não o jogo dele. Ninguém deve vencer um RS por ser o maior jogador. O que sucede é que quando todos jogam o que joga menos desonestamente é quem deve vencer. Só isso! Isso não quer dizer que venceria o maior jogador em termos quantitativos, mas em termos qualitativos. Esse foi o caso do Max (BBB9), a meu ver, sem levar em conta sua sagacidade, ou entrar em considerações desabonadoras.

Ora, nessa FV ninguém está descuidando-se do jogo já há tempos. O caso é que estão jogando errado, porém seria impossível jogar direito com tanta interferência, falta de transparência e "jogadas" da própria produção para buscar audiência ou discriminar/beneficiar concursantes. Se a produção discrimina os preferidos do público, o público discrimina a produção. Se protege a quem para este é indiferente, este o expulsa. Isso é lógico. Às vezes eles enganam o público sobre quem está sendo realmente protegido e alguém é prejudicado (caso da Claudinha), mas isso é péssimo para a produção, porque a tramóia é logo descoberta. Nessas condições, ninguém consegue jogar direito, já que a ordem é jogar pelo simples ato de jogar, sem importar sentimentos ou quem seja o ganhador ou o prejudicado.

O conselho que eu daria para a produção é: sejam imparciais, justos, transparentes, mostrem tudo e não interfiram. Talvez assim o público volte a confiar no trabalho de vocês. Quando a confiança se estabelece, não são mais necessários estratagemas, golpes sensacionalistas, jogadas com o público e "segredinhos" para espicaçar a curiosidade da audiência. Só assim terão condições de disputar com a Globo. Não é a audiência que precisa aumentar e confiar na emissora para que o RS melhore. É o RS que precisa melhorar para que o público volte.

Outra coisa: façam um bom RS em período não coincidente com a concorrência e depois entrem na arena juntos com algo reconhecidamente apto para disputar de verdade e, não apenas para "constar". Em outras palavras: subam primeiro no ranking para depois disputarem com o campeão! Ninguém gosta de ver um "sparring" sendo massacrado em um ring. É deprimente! Tudo isso são obviedades, mas parece que não estão enxergando.




7 comentários:

  1. Oi Frank, sou apaixonada por reality e assisti todos desde a Casa dos Artistas. Escolhi meus preferidos, torci e defendi com unhas e dentes até o fim, digo até o fim pq tenho dedo bom pra torcer para os ganhadores.rssssss Não concordo com a Lívia em relação ao Max. Francine era um amor, mas era insuportável com o Max, acompanhei esse casal o BBB todo, e vi muitas vezes o Max que nem cachorrinho atrás dela, e ela pisando nele chamando ele de feio e mandando recadinho todos os dias para o tal DJ afffff não gosto nem de lembrar. Qto à diferença entre Fazenda e BBB, os dois realitys tem seus encantos. Acho que a direção do BBB também interfere no jogo, Bial às vezes fala demais, é nitido pra quem ele torce, e quem ele detesta. Aja visto a maneira que ele conversava com Monique e Renatchinha Safadinha e a maneira grotesca qdo falava com Fabiana e Kelly. Ele chegava a ser mal educado, até me constrangia . Na Fazenda falta talvez, aquele ar de novela da Globo que o BBB tem. Rssss E lógico, o padrão Globo de qualidade. Feliz Ano Novo! Abração. Sandra

    ResponderExcluir
  2. Ontem apareceu o 1º beijo entre Angelis e MAnu, acho q fiquei meio chocada ... kkkk num esperava mais, afinal a record insiste em manipular as edições, na chamada de ontem o locutor com malicia na voz disse: Angelis fez mais uma VITIMA... Como assim, se o publico q vota ? Volto a reforçar q a Angelis é a menos medíocre e a mais autêntica e verdadeira, ela foi julgada, agredida, cuspida e disso ninguém fala, a Karine não conversa nem discute, afinal só ouvimos PIIIIIII de tanto palavrão, Angelis esta errada ao se defender dos julgamentos dos demais participantes ? tem um vídeo no you tube da Karine chorando pela saída da Nathalia, ri muito, ela força o choro e no final olha duas vezes para a câmera, isso e amizade ou pretexto desesperado de aparecer ? Ela (Karine) fez duras acusações preconceituosas, e logo ela q ficou indignada no episodio do GAY da casa, se soubesse o quanto estamos lutando aki fora para ver as imagens do casal lesbico ela não se atreveria a falar do que não sabe, alias das poucas coisas q ela fala, que são palavrões,9 entre 10 palavras e fofocas, ela realmente num sabe de nada.

    ResponderExcluir
  3. Oi...
    Vim aqui nesse espaço para propagar meu Blog que também comentará sobre Realitys.
    Espero todos lá...

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Acho que esqueci de colocar o link
    Rs.
    http://pitacoserepasses.tumblr.com/

    ResponderExcluir
  5. vim a aqui só para expressar minha opnião a respeito desse reality nao tem participante forte ou fraco apenas aqueles que se destacam mais outros menos .todos ali estão jogando de uma forma ou de outra {angelis} joga com o psicologico das pessoas por isso quiz saber da hitoria de cada1 pra atacar na hora certa.{ karine} se exibe demais e te opnião propria{ isis} brinca demais as veses essas duas esquecem que estão no jogo ea angelis as lembra,{flavia} se perdeu completamente faz muito leva e traz e é muito falsa{ manu} não fede nem cheira é uma planta{ vitor] éo bôbão que não sabe o que diz{ dan} bonito e inteligente mais não sabe jogar{ thiago }perfeito bobalhão quando se interossou na flavia.merecem chegar na final .angelis ises e carine por terem se destacado mais obs nao tenho favorita pois não é o brasil que escolhe e sim os fanáticos.

    ResponderExcluir
  6. brilhante seu comentário. concordo plenamente, nenhum apreciador de um bom RS,acompanha o programa para assistir quem é o mais trabalhador. O que nos prende de fato, é a dinãmica,a visão do jogo, ter a coragem de admitir que está alí para jogar, sem ter receio de deixar vir a tona seus defeitos, suas fraquezas e seus medos. Esse é o diferencial de Angelis na Fazenda de verão. É uma jogadora corajosa, que se se arrisca, e que principalmente mostrou-se uma verdadeira rocha, ao ter que enfrentar uma casa inteira contra ela. não se rendeu, manteve-se firme, foi para todas as roças, e ainda assim, continua firme diante da burrice de seus companheiros que insistem em persegui-la, indicando-a toda semana. Valorizo ainda mais essa virtude de angelis mesmo tendo a produção contra ela, ainda assim, conseguir jogar tendo tantos falsos, fofoqueiros e burros a sua volta. silviacm

    ResponderExcluir
  7. Quando eu falei que o BBB nunca fez campeão uma pessoa como a Angelis, sempre preferiu o Trabalhador ao vagabundo, eu estava me referindo ao trabalho fora da casa, antes de entrar no reality, sim, todos os campeões eram BATALHADORES:

    Kleber Bambam, dançarino e vendedor de coco.

    Rodrigo Leonel, Domador de cavalos.

    Dhomini, assessor parlamentar.

    Cida, era babá.

    Jean Willis, Professor, e hoje deputado federal.

    Mara, Enfermeira.

    Diego Alemão, Web designer, e pesou também o fato de a Siri ser sacoleira e fazer par romântico com ele.

    Rafinha, musico, e vendia verdura na feira pra ajudar a mãe dele.

    Max, artista plástico.

    Dourado, lutador e professor de artes marciais.

    Maria, modelo e dançarina,

    Fael, veterinário, e quem conhece um pouco da vida dele sabe que o cara cortava estrada de terra pra atender os clientes nas fazendas do Matogrosso, não era uma vida muito fácil não.

    ou seja, não conheço nenhum campeão do BBB vagabundo, já a Angelis se declara isso em rede nacional, diz que nunca gostou de trabalhar na vida, eu li que ela é assessora de imprensa, mas vai assessorar quem acordando na hora do almoço, e também sobre o BBB, vale lembrar que lá não existe a necessidade de trabalhar duro como na Fazenda, o produção se encarrega de fazer a limpeza mais pesada, restando aos Brothers fazer a limpeza cotidiana, não adianta tentar se enganar, realmente o publico do BBB sempre vai preferir Trabalhador ao vagabundo.

    ResponderExcluir

Regras para comentários: http://votalhada.blogspot.com.br/p/comentarios-regras.html